Português - Exercícios I

1 - (Técnico TRE AP/Janeiro 2006) Está correta a grafia de todas as
palavras da frase:
(A)) Só os inescrupulosos continuam a gastar água sem analisar as conseqüências.
(B) O consumo excecivo de energia pode, um dia, vir a se tornar uma contravensão.
(C) Os que menospresavam o valor da água passaram a reconhecer sua escassês.
(D) Das turbinas de uma uzina a uma lâmpada acesa, o caminho é longo e sinuozo.
(E) Se a falta de energia fosse algo imprevizível, desculparíamos o coxilo dos responsáveis.
2 – (Analista Judiciário TRT 13ª Região / Dezembro 2005) Estão corretos o emprego e a grafia de todas as palavras na frase:
(A) Há discussões que chegam a um tal estado de paradoxismo que fica improvável alguma solução que se adeque à expectativa dos contendores.
(B) Os candidatos, em suas altercalções num debate, costumam dissiminar mais injúrias um contra o outro do que esclarecimentos ao eleitorado.
(C) A democracia, por vezes, constitue uma espécie de campo de provas que poucos candidatos estão habilitados a cruzar prezervando sua dignidade.
(D) Se os eleitores fossem mais atentos à inépsia dos candidatos, não se deixariam envolver por tudo o que há de falascioso nos discursos de campanha.
(E)) Crêem muitos que há obsolescência na democracia, conquanto ninguém se arvore em profeta de algum outro regime que pudesse ser mais bem sucedido.
3 – (PROCURADOR TCE AM /Fevereiro 2006) Está clara e correta a redação da seguinte frase:
(A)) Não basta, para o economista ético, fazer uma boa análise do processo produtivo em si mesmo; interessa-lhe, sobretudo, contribuir objetivamente para o fortalecimento do sentido social desse projeto.
(B) Ao avalisar, legitimar e referendar a produção da civilização atual, com a qual não é capaz de discordar, o economista técnico contribue apenas no sentido de confirmar o que se consolida economicamente.
(C) Quanto aos três grandes desafios que se deve enfrentar, o economista ético deverá de compor algumas das contradições atuais, entre elas garantir a manutenção do emprego ao par do avanço tecnológico.
(D) Segundo a tese de que toda época histórica ressalta seus sacerdotes superiores, infere o autor de que o nosso tempo se caracteriza pelo previlegiamento da condição dos economistas.
(E) O economista técnico supõe que toda a economia é regida graças às leis de demanda e oferta, motivo porque ele se aplica tão somente em referendar o sistema globalizado vijente em nossos dias.
4 - (Analista TRT 8ª.Região / Dezembro 2004) Está correta a grafia de todas as palavras na frase:
(A) Nem situações vexatórias, nem repreensões, nem as mais diferentes sanções têm evitado que os fumantes dêem vazão ao seu vício.
(B) A admissão de que há o direito do fumante não exclui, propõe o autor, direitos outros, sem a excessão dos direitos de quem não fuma.
(C) Se é certo que há intranzigência por parte de muitos antitabagistas, também é certo que muitos fumantes não recuam em suas obcessões.
(D) A vemência dos que se insurgem contra o cigarro é às vezes tão intensa que os torna mais incômodos, onde estejam, que os próprios tabagistas.
(E) Tempos atraz, o ato de fumar não estigmatisava: emprestava ao sujeito uma aura de elegante compenetração, de nobre austeridade.

5 - (Técnico TRT 3ª.Região/Janeiro 2005). Há palavras escritas de
modo INCORRETO na frase:
(A) Para garantir a segurança dos trabalhadores e dos usuários, os
responsáveis tomaram a decisão de paralizar, por algumas horas, os
trabalhos na uzina.
(B) A intensa afluência de pessoas em áreas que possam produzir
riqueza imediata pode gerar conflitos e degradação do meio ambiente.
(C) Boas intenções, que norteiam programas assistenciais, nem
sempre são garantia de sucesso dos empreendimentos desenvolvidos.
(D) A exploração dos recursos naturais de uma determinada região e a
necessária preservação do meio ambiente mobilizam defensores, tanto
de uma quanto de outra.
(E) Embora estejam muito próximos de imensas riquezas, os
garimpeiros dificilmente têm acesso a bens de consumo, pois vivem
em extrema pobreza.
6 – (Procurador BACEN/ Janeiro 2006) Considerando-se as afirmativas
abaixo, a respeito de aspectos lingüísticos constantes do texto, julgue
os itens abaixo:
(I) incipiente tem o mesmo significado da palavra análoga
insipiente.
(II) ganhos mais vultosos – o adjetivo grifado admite a forma variante
vultuosos.
7 - (Técnico TRT 8ª. Região / Dezembro 2004) Há palavras escritas de
maneira INCORRETA na frase:
(A) Recursos científicos e tecnológicos devem oferecer possibilidade de
inserção social à população carente e desassistida das grandes
cidades.
(B) Um regime de crescente colaboração entre governo, instituições
privadas e sociedade garantirá o hesito de diversos programas
direcionados a adolecentes mais pobres.
(C) Ao atribuir excessivo valor ao consumo de bens supérfluos, a
sociedade passa a exigir que as pessoas aparentem poder econômico,
mesmo falso.
(D) Em várias regiões, o inchaço urbano, resultante do intenso êxodo
rural, é responsável pelo crescimento desmedido do número de
favelados.
(E) Extensas áreas, em todo o mundo, encontram-se ocupadas por
populações que vivem em situação de miséria, destituídas dos direitos
básicos da cidadania.
8 - (Técnico TRT 3ª. Região / Janeiro 2005) As palavras do texto que
recebem acento gráfico pela mesma razão que o justifica nas palavras
ofício e idéias, respectivamente, são
(A) único e história.
(B) salários e Níger.
(C) inteligências e notável.
(D) período e memória.
(E) agência e heróicas.
9 – (Analista TRT 23ª.Região / Outubro 2004) A mesma regra que
justifica a acentuação no vocábulo início aplica-se em
(A) técnica.
(B) idéia.
(C) possível.
(D) jurídica.
(E) vários.
10 - (Técnico TRT 3ª. Região / Janeiro 2005) Palavras do texto que
recebem acento gráfico pela mesma razão que o justifica na palavra
jacarés estão reproduzidas em:
(A) negócios e únicos.
(B) município e amazônica.
(C) mantém e tamanduás.
(D) tucunarés e santuários.
(E) ecológicos e tuiuiús.
11 – (Técnico TRT 8ª. Região / Dezembro 2004) As palavras do texto
que recebem acento pela mesma razão que o justifica em
funcionários e excluída são, respectivamente,
(A) décadas e possível.
(B) revolucionária e benefícios.
(C) países e fenômeno.
(D) mínimas e públicos.
(E) previdência e saúde.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016