Atualidades

16 de julho de 2011
O Globo

Manchete: Dilma afasta outro diretor do Dnit e fará faxina ampla
Substituto de Pagot perde o cargo por denúncias envolvendo sua mulher

Uma nova denúncia provocou a queda de mais um indicado do PR no Ministério dos Transportes e levou a presidente Dilma a determinar uma mudança geral nos cargos da pasta e de estatais ligadas a ela. Ontem, foi afastado temporariamente José Henrique Sadok de Sá dos cargos de diretor-executivo e diretor-geral interino, após a acusação de que a construtora da mulher dele tinha contratos de R$ 18 milhões com o Dnit. A faxina que a presidente Dilma vai fazer no ministério - e que incluirá também a Valec, que cuida de ferrovias - será gradual, para evitar o agravamento da crise. O diretor-geral afastado do Dnit, Luiz Antônio Pagot, não vai ficar no cargo quando voltar das férias. (Págs. 1, 3 e 4)
Lula nas asas de dirigente do PR
Enquanto a presidente Dilma enfrenta o PR por causa dos escândalos nos Transportes, o ex-presidente Lula voou de Goiânia - onde participou do congresso da UNE - para SP num jato do presidente do PR em Goiás, Sandro Mabel. (Págs. 1 e 5)
Migrantes voltam para casa
IBGE mostra que Rio e São Paulo já não atraem tanto

O movimento de migração de nordestinos e de moradores de outras regiões para o Sudeste já quase não existe mais, segundo relatório sobre o deslocamento populacional no Brasil feito pelo IBGE. A queda de migração para o Rio e São Paulo ultrapassa os 50%. O brasileiro prefere percorrer agora trajetos mais curtos, dentro da mesma região, ou retornar ao lugar de origem, como estão fazendo gaúchos e pernambucanos. (Págs. 1 e 10)
O primeiro teste para Olimpíadas do Rio
Com a participação de cerca de seis mil atletas de 112 países, os Jogos Mundiais Militares serão abertos hoje, no Engenhão, dando início aos testes esportivos e de organização para as Olimpíadas de 2016, no Rio. (Págs. 1 e Caderno Esportes)
Obras de 2016 nas mãos da Justiça
Ação do MP pede a anulação de projeto urbanístico de Vargem Grande, o que pode afetar obras olímpicas. (Págs. 1 e 22)
Minczuk deixa também direção artística da OSB (Págs. 1 e 19)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: Novas suspeitas derrubam mais 2 dos Transportes
Diretor-executivo do Dnit e indicado de Valdemar Costa Neto caíram; governo prevê outros cortes nos Estados

Novas suspeitas de corrupção derrubaram o diretor-executivo do Dnit (que cuida de obras em rodovias) e um apadrinhado do deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) que atuava na direção-geral sem nomeação.

Até agora, são seis os afastados nos Transportes. (Págs. 1 e Poder A4)
Governo decide assumir riscos no trem-bala
Após o fracasso do leilão do trem-bala, o governo decidiu mudar a licitação e assumir o risco na demanda do serviço, relatam Valdo Cruz e Dimmi Amara. Se a operação der prejuízo, a União pagará a conta. (Págs. 1 e Mercado B1)

Na nova licitação, uma empresa fará as linhas e outra irá operá-las. (Págs. 1 e Mercado B1)
Cadeias paulistas recebem 37 novos presos por dia
Dados do governo mostram que, a cada dia, as cadeias de SP têm saldo de 37 mil presos. A cada 100 que saem, 137 entram. No "cadeião" de Pinheiros, 5.200 presos ocupam 2.056 vagas.

Para secretário, o aumento da população carcerária é reflexo de combate eficaz aos criminosos. (Págs. 1 e Cotidiano C1)
Juiz aceita denúncia contra TAM e Anac por acidente (Págs. 1 e Cotidiano C6)

Desvio de R$ 150 mi pagou até silicone no Piauí, diz PF (Págs. 1 e Poder A9)

Oposição a Obama nos EUA ameaça retaliação
Congressistas republicanos responderam com uma ameaça ao ultimato de anteontem do presidente americano, Barack Obama.

Pretendem aprovar na Câmara, onde têm maioria, corte de despesas de US$ 2,4 trilhões em dez anos, sem aumentar impostos, como querem os democratas. (Págs. 1 e Mundo A10)

Oito bancos europeus foram reprovados em teste de estresse. Analistas dizem que processo não foi rígido. (Págs. 1 e A11)
Paul Krugman
Republicanos endoidaram, e isso é resultado do que vem de décadas

Os republicanos endoidaram. Essa insensatez não é algo que tenha acontecido a partir do nada. É o ponto culminante de um processo que se desenrola há décadas.

Quem se espanta com a irresponsabilidade é o extremismo exibidos agora não vem prestando atenção ou vem fazendo vista grossa de propósito. (Págs. 1 e Mundo A11)

Chávez tratará câncer em Cuba, não no Brasil (Págs. 1 e Mundo A14)

EUA dão status de governo para rebeldes líbios (Págs. 1 e Mundo A14)

Editoriais
Leia "Estado da desunião", sobre o impasse político nos Estados Unidos, e "Vigilância na fronteira", acerca da legalização de carros na Bolívia. (Págs. 1 e Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Dilma afasta diretor executivo do Dnit após novas denúncias
'Estado' revelou que a mulher de José Sadok teve R$ 18 mi em contratos em obras

O diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), José Henrique Sadok de Sá, foi afastado do cargo por ordem da presidente Dilma Rousseff. Ele responderá a processo administrativo disciplinar, que pode resultar em demissão. A decisão foi tomada após o Estado ter revelado que a Construtora Araújo Ltda., de Ana Paula Batista Araújo, mulher dele, ganhou contratos no valor de pelo menos R$ 18 milhões para tocar obras em rodovias federais. Sadok vinha respondendo interinamente pela direção-geral do órgão e é o sexto dirigente varrido pela crise no setor. (Págs. 1 e Nacional A4)

Licitações liberadas

Depois de suspender as licitações para obras em estradas por 30 dias, o governo decidiu liberá-las à medida que os processos forem sendo avaliados. (págs. 1 e Nacional A6)

Para Lula, Haddad é 'adequado'
O ex-presidente tornou público seu apoio à candidatura do ministro Fernando Haddad (Educação) para a Prefeitura de São Paulo. "Acho que o companheiro Haddad é adequado", afirmou. Depois, minimizou: "Acho que ele está na disputa. Agora, quem vai decidir são os delegados do PT". (Págs. 1 e Nacional A7)
Sob pressão, Obama dá ultimato ao Congresso
Pressionado pela China e pelas agências de classificação de risco, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu ao Congresso prazo de 36 horas para um acordo sobre a elevação do teto da dívida pública e a redução de quase um terço de seu valor em dez anos. (Págs. 1 e Economia B1, B3 e B4)
Cai migração entre regiões do Brasil, aponta IBGE
Entre 2000 e 2009, houve queda de 37,5% no número de pessoas que migraram de um Estado para outro, segundo o IBGE. Rio e São Paulo deixaram de ser "importadores" e passaram a "exportar" moradores. Já o Espírito Santo despontou como foco de atração de novos habitantes. (Págs. 1 e Nacional A8)
Favelas mudam o cenário de Maresias
Num dos mais belos pontos do litoral norte de São Paulo, ocupação clandestina de terrenos cresce rapidamente e avança pelo Parque Estadual da Serra do Mar. (Págs. 1 e Cidades C1)
Juiz abre processo contra 3 no caso TAM (Págs. 1 e Cidades C6)

David Rothkopf
Nova relação

Os Estados Unidos precisam reconhecer que o Brasil já é uma potência global. (Págs. 1 e Visão Global A18)
Notas & Informações
Murdoch sentiu o golpe

O escândalo britânico mostra que se deve, de fato, punir os delitos da imprensa de esgoto. (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: Só falta Pagot
Novas denúncias derrubam diretor interino e até 'boy' do DNIT

A carreira do office-boy mais poderoso da República chegou ao fim. Chamava-se Frederico Dias. Servidor terceirizado apadrinhado por Valdemar Costa Neto, cacique do PR, Fred recebia autoridades, participava da assinatura de contratos e tinha até gabinete ao lado da Diretoria-Geral do Dnit. Mesmo sem ter status para isso, conforme denunciou o Correio. Também foi mandado embora o diretor interino do órgão, José Sadok de Sá. A mulher dele é dona de uma empreiteira com contratos de R$ 18 milhões com o Dnit. Enquanto isso, Luiz Antonio Pagot segue na corda bamba. Acusado de corrupção, ele já teria sido demitido, mas esticou as férias e insiste que continua diretor-geral do instituto, mesmo contra a vontade da presidente Dilma. (Págs. 1, 2, 4 e 5)

Na pressão
Obama corre contra o tempo para evitar que os EUA deem calote. (Págs. 1 e 22)
Foto legenda: Entorno sem lei
Os inquéritos acumulados nas mesas da delegacia do Jardim Ingá (GO) são o retrato da situação caótica da segurança pública e da Justiça nos municípios vizinhos ao DF. Por toda a região, mais de 10 mil processos - metade deles sobre assassinatos- estão parados. A impunidade aumenta a violência. "São 5 mil homicídios e muita gente sem ser presa", desabafa o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Goiás, Silveira Moura. (Págs. 1 e 33)
CEB agride patrimônio da 308 Sul
No dia em que as obras do artista foram tombadas pelo GDF, moradores denunciam que os azulejos da casa de força da quadra foram pintados pela empresa. O Iphan ameaça ir à Justiça e exige a restauração do prédio. (Págs. 1 e 31)
Comprar carne no açougue sai até 77% mais barato (Págs. 1 e 16)

------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas

Manchete: Bafômetro pela metade
No primeiro dia de blitzes, 44% dos motoristas recusaram teste, mas maioria não teve CNH apreendida

Operações da Lei Seca foram tolerantes com os condutores que não quiseram soprar o bafômetro, diferentemente do rigor anunciado conforme modelo adotado no Rio de Janeiro. No início da madrugada de ontem, dos 212 motoristas abordados em quatro regiões de BH, 118 se submeteram ao equipamento, sendo cinco flagrados por consumo de álcool. Entre os 94 que se negaram, sete tiveram a carteira apreendida porque apresentaram sinais de embriaguez. Os 87 restantes foram liberados. Neste caso, o Detran alega que o Código de Trânsito Brasileiro não fala em punir a recusa, mas sim a quem aparenta estar bêbado. (Págs. 1, 19 e 20)
Incentivo: Minas lança pacote para áreas pobres
Governo do estado cria medidas de incentivo para levar empresas à Região Norte de Minas e vales do Jequitinhonha e do Mucuri. Áreas não ganharam benefícios fiscais concedidos pela União. (Págs. 1 e 6)
Transportes: Substituto no Dnit também perde o cargo
Diretor-geral interino, José Henrique Sadok deixa posto antes ocupado por Luiz Antônio Pagot, que ainda enfrenta denúncias da época à frente da Secretaria de Infraestrutura do Mato Grosso. (Págs. 1, 3 e 4)
Mineiro volta para casa
Estudo do IBGE que analisou dados da migração no Brasil mostra que Minas Gerais foi o quarto estado mais procurado por mineiros que viviam em outras unidades da federação em 2009. Seis anos antes, o estado estava na décima posição. O resultado confirma uma inversão histórica desse tipo de movimento e foi motivado em parte pela maior oferta de trabalho em cidades do interior.(Págs. 1 e 23)

Acidente: Justiça abre processos por tragédia da TAM
Denúncias do Ministério Público são aceitas e dois ex-executivos da empresa e ex-diretora da Anac vão responder pelo crime de atentado contra a segurança de transporte aéreo. (Págs. 1 e 10)
Dólar baixo estimula intercâmbio
Agências de viagens registraram aumento de 40% na procura de jovens por intercâmbio para estudar. A alta, entre o segundo trimestre deste ano e o de 2010, é atribuída à queda da moeda americana. A estudante Paloma Giffoni, ao lado da mãe, Carla, trocou a Austrália pelos EUA e reduziu os custos da viagem de um ano de US$ 20 mil para US$ 9 mil. (Págs. 1 e 13)
------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: Começam as despedidas
Foram sepultados, ontem, quatro corpos de vítimas do acidente aéreo em Boa Viagem. Cremação do piloto será hoje. (Págs. 1 e Cidades 1 a 5)
Foto legenda: Lula beija fã em São Paulo e confirma volta ao Recife (Págs. 1 e 7)

Justiça proíbe cobrança de taxa da Marinha (Págs. 1 e Economia 1)

Pernambucanos estão pegando o caminho de volta (Págs. 1 e 15)

Substituto de Pagot no Dnit também é afastado (Págs. 1, 9 e 10)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete: Imigrantes gaúchos são os que mais voltam à terra natal
Estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revela que um quarto das pessoas que se mudam para o Rio Grande do Sul é nascido no Estado. (Págs. 1, 4 e 5)
Devassa: Dilma ordena limpa nos Transportes
Mais dois executivos do ministério foram afastados ontem, chegando a sete o número de demitidos diante das suspeitas na pasta. (Págs. 1, 8 e Editoriais)
Loteamento de cargos para o TCE gera polêmica
Procurador-geral do MP de Contas abre discussão ao criticar articulação de deputados para conselho. (Págs. 1 e 14)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos