Atualidades 18/08/2014

Que o esforco de hoje seja maior que o de ontem!

Resumo 
O Globo
Manchete : PSB quer que Marina atue em todos os estados
Falha do piloto é principal suspeita da FAB para queda de jatinho (Pág. 9)
A tristeza cruzou o Capiberibe
Ricardo Noblat
Frei Betto
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete : Adeus a Campos redefine eleição 
Os prejuízos com o tráfico de pessoas
Rosane de Oliveira
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete : "Saúde e educação são os temas centrais da eleição, não a economia"
Petrobras triplica duto de combustíveis
Oriente Médio - Obama tem o maior desafio internacional
Colombo é o favorito em SC 
Emoção marca o último adeus a Eduardo Campos 
Leilão será teste para apetite do setor elétrico 
Maior liquidez não aumenta o crédito 
Mosaico Político
Olhar do Planalto
Plano de negócios
Ponto Final
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Marina empata com Aécio no 1° turno e com Dilma no 2°
Multidão acompanha enterro de Campos
Maurício Rands, aliado de Eduardo Campos, fala em 'ironia da história' (Entrevista da 2a. - Pág. A20)
Os poucos que sobrevivem ao ebola são alvo de preconceito
Editoriais
------------------------------------------------------------------------------------
18 de agosto de 2014
O Globo

Manchete : PSB quer que Marina atue em todos os estados
Com enterro de Campos, partido abre consulta oficial e espera decisão da viúva para anunciar vice

Funeral reuniu 160 mil pessoas no Recife e contou com a presença de políticos de todos os partidos, entre eles Dilma, Aécio e Lula

Numa cerimônia marcada pela comoção e acompanhada por aproximadamente 160 mil pessoas, o ex-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, foi enterrado ontem no Recife ao lado do túmulo do avô, o ex-governador Miguel Arraes. Já decidido pela candidatura da ex-senadora Marina Silva, o PSB quer que ela atue politicamente em todos os estados e reveja a decisão de não deixar sua imagem aparecer em material de campanha onde a Rede rejeitava alianças feitas pelos socialistas, caso de São Paulo. Com o enterro, o PSB abriu oficialmente a consulta para indicar quem sucederá a Campos e ouvirá hoje a palavra da viúva, Renata, para saber se ela tem intenção de ser vice ou sugerir algum nome para a vaga. (Págs. 3 a 7)
Falha do piloto é principal suspeita da FAB para queda de jatinho (Pág. 9)

A tristeza cruzou o Capiberibe
Comoção no Recife

Dezenove minutos de queima de fogos, além de flores e aplausos, encerraram o funeral de Eduardo Campos, num dia em que o Recife parou. De madrugada, os três filhos mais velhos acompanharam no carro de bombeiros, por toda a cidade e com os punhos cerrados, o cortejo com os restos mortais do pai. (Pág. 8)
Ricardo Noblat
Para Eduardo não existia o talvez ou o quem sabe (Pág. 2)
Frei Betto
No Brasil, muitos vices alcançaram inesperadamente a titularidade. (Pág. 6)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete : Adeus a Campos redefine eleição 
Após a comoção no enterro do candidato Eduardo campos, com mais de 100 mil pessoas, em Recife, socialistas decidem esta semana quem será o vice de Marina Silva. (Notícias | 12 a 14)
Os prejuízos com o tráfico de pessoas
Os novos imigrantes

Para trazer estrangeiros ao Brasil, coiotes chegam a cobrar US$ 2 mil. (Notícias | 8 e 9)
Rosane de Oliveira
Uma frase para o PSB embalar a campanha (pág. 10)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete : "Saúde e educação são os temas centrais da eleição, não a economia"
O sociólogo Luiz Werneck Vianna, marxista convicto, avisou logo ao ser perguntado pelo efeito do cenário econômico na campanha presidencial: “Vou surpreender. Saúde e educação foram os temas chancelados pelas ruas, pela juventude e pela classe média”. Mas ele não crê que algum candidato sobressaia no debate destas questões. “Irão todos pelo mesmo caminho”. O professor da PUC-Rio não acredita que a perda de Eduardo Campos abale o favoritismo de Dilma. E diz que o segundo turno pode ser entre ela e Marina. (Págs. 4 a 7)
Petrobras triplica duto de combustíveis
A estatal recebeu autorização da ANP para dar início ao projeto de expansão do Oleoduto São Paulo-Brasília, responsável pelo abastecimento da região Centro-Oeste. Com novas bombas, a capacidade passará dos atuais 3,4 milhões para 11,1 milhões de metros cúbicos por ano. A empresa estima que a ampliação vai substituir 40 mil viagens de caminhão por ano. (Pág. 8)
Oriente Médio - Obama tem o maior desafio internacional
O presidente dos EUA enfrenta onda de críticas a sua política externa, em meio ao caos que tomou a região. Ele é o quarto presidente americano seguido a bombardear o Iraque. (Pág. 26)
Colombo é o favorito em SC 
Mesmo perdendo aliados políticos durante consolidação de sua candidatura à reeleição, governador do estado é o líder das intenções de voto e tem chances de repetir desempenho de 2010, quando venceu no primeiro turno. (Pág. 3)
Emoção marca o último adeus a Eduardo Campos 
Velório, missa e enterro do candidato à Presidência em Recife (PE) reuniu diversas lideranças políticas. (Pág. 3)
Leilão será teste para apetite do setor elétrico 
Governo espera reverter desconfiança do investidor para concorrência de concessão de linhas de transmissão em outubro. (Pág. 10)
Maior liquidez não aumenta o crédito 
Estudo de pesquisadores do Banco Central mostra que a cada 1% de depósito perdido, os bancos cortam de 0,4% a 0,8% do crédito, mas o inverso não é verdadeiro. (Pág. 20)
Mosaico Político
Gilberto Nascimento

AÉCIO PERDE PRIMEIRO

O PSB informou que não discutiria a substituição do nome de Eduardo Campos enquanto o corpo do líder do partido não fosse enterrado. Mas não perdeu tempo. Os cinco partidos da coligação, a viúva, Renata, e o irmão do presidenciável, Antonio Campos, indicaram Marina Silva para substituí-lo. (Pág. 2)
Olhar do Planalto
Sonia Filgueiras

A OCUPAÇÃO DOS IMPORTADOS

Nos últimos dez anos, o consumo cresceu quatro vezes mais que a produção industrial. De 2004 a 2013, a produção física da indústria, medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), expandiu-se apenas 18%. Em contrapartida, o consumo medido pelas vendas reais do comércio cresceu, no mesmo período, 97%. (Pág. 9)
Plano de negócios
Erica Ribeiro

FOCO NO PEQUENO PRODUTOR

O Sebrae e a Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais (Apro), se fixaram em um mesmo foco, que é a capacitação de pequenos produtores independentes de audiovisual no país. (Pág. 19)
Ponto Final
Octávio Costa

AS URNAS E A ECONOMIA

Na entrevista da capa desta edição, o sociólogo Luiz Werneck Vianna afirma que o desempenho da economia não terá grande influência no resultado da corrida sucessória. Tal afirmação, vinda de um intelectual que foi filiado ao Partido Comunista Brasileiro e ainda hoje traz na parede do gabinete um retrato de Karl Marx, é motivo de surpresa. (Pág. 32)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Marina empata com Aécio no 1° turno e com Dilma no 2°
Pesquisa Datafolha foi feita após morte de Eduardo Campos; avaliação do governo federal melhorou

Na primeira pesquisa após a morte de Eduardo Campos (PSB), Marina Silva (PSB) entra na disputa pela Presidência com 21% das intenções de voto. Ela deve ser confirmada na quarta-feira como substituta do ex-governador de Pernambuco. Segundo o Datafolha, Marina está tecnicamente empatada com o senador Aécio Neves (PSDB) que tem 20%. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A presidente Dilma Rousseff (PT) mantém a liderança, com 36% das preferências. Com a ex-ministra do Meio Ambiente no páreo, a eleição seria decidida só no segundo turno. Na simulação que enfrenta Dilma, Marina tem 47% dos votos, contra 43% da presidente, situação de empate no limite da margem de erro. (Poder A4)

Análise

Mauro Paulino e Alessandro Janoni

Com ex-senadora, fica mais claro lugar na chamada "terceira via". (Poder A7)
Multidão acompanha enterro de Campos
Cerca de 130 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, acompanharam o cortejo com o corpo de Eduardo Campos no Recife, após o velório no Palácio do Campo das Princesas. Morto em acidente aéreo em Santos (SP) na quarta-feira (13), o ex-governador de PE foi enterrado sob gritos de "Eduardo, guerreiro do povo brasileiro", aplausos e fogos de artifício. No velório, Dilma Rousseff (PT) e o ex-presidente Lula receberam vaias da multidão, depois abafadas por aplausos. O senador mineiro Aécio Neves (PSDB) também foi à cerimônia. (Poder A8)

Valdo Cruz

Marina vê o destino lhe devolver seu projeto. (Opinião A2)
Maurício Rands, aliado de Eduardo Campos, fala em 'ironia da história' (Entrevista da 2a. - Pág. A20)

Os poucos que sobrevivem ao ebola são alvo de preconceito
Sobreviver ao ebola significa enfrentar estigma e isolamento, informam Patrícia Campos Mello e Avener Prado, enviados especiais a Serra Leoa. (Mundo A16)

Editoriais
Leia "O retorno de Marina", a respeito de novo cenário presidencial na pesquisa Datafolha, e "Saúde complicada", sobre falhas de planos privados. (Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016