Atualidades 06/10/2014

Um homem só é nobre quando consegue sentir piedade por todas as criaturas - Buda



O Globo
Manchete : Aécio enfrentará Dilma; Marina sinaliza apoio ao tucano
Rio terá Pezão e Crivella; Garotinho fica de fora
Em 13 estados, governadores já foram eleitos; quatro são do PMDB (Pág. 18)
Alckmin vence, e PSDB completará 24 anos no poder em SP (Pág. 22)
Pimentel (PT) é eleito e impõe derrota a Aécio em Minas (Pág. 23)
Sartori (PMDB) vira e chega na frente de Tarso (PT) no RS (Pág. 25)
Serra tira Suplicy do Senado; Álvaro Dias é campeão de votos (Págs. 31 e 32)
Bolsonaro e Freixo são os mais votados para deputado no Rio (Págs. 33 a 36)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Liderança do candidato do PMDB foi a grande surpresa das urnas
PT e PSDB partem para o sexto duelo pela Presidência da República
As opções das derrotadas
Dois campeões das urnas
O panorama nos Estados
Senador - Vitória de um estreante
Rosane de Oliveira
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete : PT e PSDB disputam a Presidência pela 6ª vez consecutiva
PSB decide seu voto no segundo turno até quarta-feira
Alckmin é reeleito com 57,3%
Crivella surpreende e vai ao 2º turno com Pezão
No primeiro turno, PT vence em MG pela primeira vez
Rollemberg e Frejat vão a 2º turno no DF
No PR, PSDB ganha para o governo e para o Senado
Rui Costa derrota pesquisa e vence de surpresa na BA
Mosaico Político - DILMA SUBIU COM APROVAÇÃO
Olhar do Planalto - GASTO PRÉ E APERTO PÓS-ELEITORAL
Ponto Final - A FAVORITA E O AZARÃO
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Dilma lidera e enfrenta Aécio, que arranca com votos de SP
PT ganha no 1º turno em MG e BA
Alckmin estende ciclo tucano em SP
Foto-legenda : #selfienaurna
------------------------------------------------------------------------------------
06 de outubro de 2014
O Globo

Manchete : Aécio enfrentará Dilma; Marina sinaliza apoio ao tucano
Senador surpreende e chega a 33,6% dos votos
Presidente teve 41,6%, menos que em 2010
Campanha recomeça hoje com busca de alianças

Numa reviravolta às vésperas da eleição, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, deixou Marina Silva (PSB) para trás e surpreendeu, chegando ao segundo turno com 33,6% dos votos, mais do que teve o também tucano José Serra em 2010 (32,6%). A presidente Dilma Rousseff (PT) conseguiu 41,6%, menos do que tivera na sua primeira eleição (46,9%). Marina, que virou um fenômeno logo após ser confirmada no lugar de Eduardo Campos, morto tragicamente em 13 de agosto, chegou menor às urnas: no início de setembro, ela registrava 34% das intenções de voto. Ontem, após ser alvo de intensos ataques especialmente do PT, sua votação foi de 21,3%. Ontem, mesmo avisando que a Rede e o PSB ainda vão se reunir para anunciar uma decisão, Marina deu sinais de que apoiará Aécio e descartou aliança com Dilma: “O Brasil sinalizou que não concorda com esse projeto que aí está e que quer uma mudança qualificada.” (Págs. 3 a 10 e Ricardo Noblat)

Rio terá Pezão e Crivella; Garotinho fica de fora
Candidato do PRB supera o ex-governador por apenas 43 mil votos, ou 0,5% do total. Para o Senado, Romário derrota Cesar Maia

Depois de liderar a disputa por semanas seguidas, o candidato do PR, Anthony Garotinho, está for a do segundo turno no Rio. Por diferença de apenas 43 mil votos, ou 0,5% do eleitorado fluminense, o senador Marcelo Crivella (PRB) superou Garotinho e será o adversário do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) no segundo turno. Pezão teve 41% dos votos, contra 20,3% de Crivella. O candidato do PR teve apenas 19,7%. Na capital, Pezão também ganhou, seguido de Crivella, mas o terceiro colocado foi Tarcísio Motta (PSOL), com 15%. Na disputa pelo Senado, Romário (PSB) conquistou 63% dos votos e derrotou Cesar Maia (DEM). Págs. 19 a 21 e 32)

Em 13 estados, governadores já foram eleitos; quatro são do PMDB (Pág. 18)


Alckmin vence, e PSDB completará 24 anos no poder em SP (Pág. 22)


Pimentel (PT) é eleito e impõe derrota a Aécio em Minas (Pág. 23)


Sartori (PMDB) vira e chega na frente de Tarso (PT) no RS (Pág. 25)


Serra tira Suplicy do Senado; Álvaro Dias é campeão de votos (Págs. 31 e 32)


Bolsonaro e Freixo são os mais votados para deputado no Rio (Págs. 33 a 36)


------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Liderança do candidato do PMDB foi a grande surpresa das urnas
Surpreende

40,40% dos votos válidos levam José Ivo Sartori ao 2° turno na luta pelo Piratini.

Recomeça

Com 32,57%, Tarso Genro tentará a reeleição contra o candidato peemedebista.

PT e PSDB partem para o sexto duelo pela Presidência da República
Confirma

Líder durante a campanha, Dilma Rousseff tentará um novo mandato.

Reage

De azarão a finalista, Aécio Neves está no 2° turno para o Planalto.

As opções das derrotadas
Ana Amélia deve ir com Sartori; Marina analisa apoio a Aécio.
Dois campeões das urnas
Heinze: 162 mil votos à Câmara; Manuela: 222 mil à Assembleia.
O panorama nos Estados
Treze das 27 unidades já conhecem seus governadores eleitos.
Senador - Vitória de um estreante
Lasier Martins conquista vaga com 37% do eleitorado.
Rosane de Oliveira
"Uma eleição de surpresas".
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete : PT e PSDB disputam a Presidência pela 6ª vez consecutiva
A votação do primeiro turno da eleição presidencial confirmou a polarização da política brasileira dos últimos 20 anos. A presidenta Dilma Rousseff vai enfrentar o tucano Aécio Neves em 26 de outubro. A grande incógnita agora é sobre o destino dos mais de 21 milhões de votos de Marina Silva, que ficou em terceiro lugar. Ontem 15 estados decidiram o pleito, com PT e PMDB elegendo quatro governadores cada. PSDB e PSB ficaram com dois e PDT, PCdoB e PSD, um. (Págs. 3 a 11)
PSB decide seu voto no segundo turno até quarta-feira
A dúvida é saber se Marina Silva apoiará alguém. Em 2010, ela optou pela neutralidade. (Pág. 4)
Alckmin é reeleito com 57,3%
Serra surpreende ao vencer a disputa pelo Senado com 58,52% dos votos válidos, tirando a vaga de Suplicy (PT). (Pág. 5)
Crivella surpreende e vai ao 2º turno com Pezão
Garotinho fica de fora da disputa no RJ. Romário é eleito Senador com mais de 63% dos votos. (Pág. 5)
No primeiro turno, PT vence em MG pela primeira vez
Fernando Pimentel teve 52,97% dos votos válidos, contra 41,9% de Pimenta da Veiga. Na disputa pelo Senado, Anastasia saiu vencedor. (Pág. 7)
Rollemberg e Frejat vão a 2º turno no DF
Apoio do PT não foi suficiente para guindar governador, Agnelo Queiroz ao 2º turno. (Pág. 7)
No PR, PSDB ganha para o governo e para o Senado
Beto Richa venceu Requião em primeiro turno, com 55,6% dos votos válidos. (Pág. 10)
Rui Costa derrota pesquisa e vence de surpresa na BA
Até a véspera, petista era apontado pelo Ibope como empatado com o Paulo Souto, do DEM. Ganhou com 54,3% dos votos. (Pág. 11)
Mosaico Político
Gilberto Nascimento

DILMA SUBIU COM APROVAÇÃO

A primeira colocação da presidenta Dilma Rousseff (PT) na eleição de ontem foi alavancada pelo crescimento da aprovação ao seu governo nos últimos três meses. Assessores das campanhas oposicionistas chegaram a mostrar preocupação com essa reação. (Pág. 2)

Olhar do Planalto
Sonia Filgueiras

GASTO PRÉ E APERTO PÓS-ELEITORAL

A administração Dilma Rouseff não fugiu à regra consagrada pela teoria econômica segundo a qual os governos tendem a relaxar mais a política fiscal em anos de eleição — mesmo com amarras institucionais limitando esse movimento —, corrigindo a postura logo após a realização do pleito. (Pág. 13)

Ponto Final
Octávio Costa

A FAVORITA E O AZARÃO

A surpresa ficou para a reta final com a impressionante atropelada do tucano Aécio Neves, que livrou ampla vantagem sobre Marina Silva na fita de chegada. Ainda na linguagem do turfe, Aécio surpreendeu os favoritos ao formar a dupla com Dilma Rousseff. (Pág. 22)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Dilma lidera e enfrenta Aécio, que arranca com votos de SP
Com 42%, petista tem pior marca de um líder no 1° turno desde 1989
Tucano fica com 34%, impulsionado pelos eleitores paulistas
Com 21%, Marina sinaliza apoio ao PSDB

A presidente Dilma Rousseff (PT), 66, e o senador Aécio Neves (PSDB), 54, se enfrentarão no segundo turno da disputa pelo planalto, na sexta polarização consecutiva entre os dois partidos. A petista ficou na frente, com 42% dos votos válidos, mas obteve o pior desempenho de um líder no primeiro turno desde 1989 — o índice só supera os 31 % de Fernando Collor. O tucano, que nos últimos dias cresceu nas pesquisas, obteve 34 % dos votos válidos — impulsionado pelos eleitores paulistas, que representaram 29% de seu total. Marina Silva (PSB) atingiu 21 % e sinalizou que pretende apoiar Aécio em 26 de outubro. Segundo a mais recente pesquisa Datafolha, 59% dos que apoiavam Marina pretendiam votar em Aécio se ele chegasse ao segundo turno. Outros 24 % disseram que apoiariam Dilma. As urnas biométricas instaladas em alguns Estados acabaram causando filas e atrasaram o início da apuração dos votos. (Eleições 2014)

PT ganha no 1º turno em MG e BA
Em Minas, o PT governará pela primeira vez. Fernando Pimentel bateu o tucano Pimenta da Veiga. Na Bahia, a vitória de Rui Costa manteve o partido no poder. (Eleições 2014 Estados Págs. 9 e 10)
Alckmin estende ciclo tucano em SP
Com 57% dos votos válidos, o governador Geraldo Alckmin se reelegeu e garantiu ciclo de 24 anos ao PSDB em São Paulo. No senado, o tucano Serra venceu Suplicy (PT). (Eleições 2014 Estados pág. 1)
Foto-legenda : #selfienaurna
Eleitores fotografaram seus votos e divulgaram as imagens na internet, em uma violação da legislação eleitoral; a prática foi uma marca do 1º turno nas redes sociais .(Eleições 2014 Pág. 11)

Aécio: 34% dos votos válidos
Dilma: 42% dos votos válidos

Vinicius Mota
Eleitores dão resposta sóbria a junho de 2013 . (Opinião A2)
Ricardo Melo
PT pode comemorar, mas alarmes tocam. (Pág. 6)
Igor Gielow
Dilma precisará rever estratégia no 2º turno. (Pág. 3)
Valdo Cruz
Aécio chega com mais força do que calculava. (Pág. 4)
Marcelo Leite
Improvisação e erros derrubaram Marina. (Pág. 5)
Alan Gripp
Apesar de crises em SP, Alckmin vence fácil. (Estados Pág. 3)
Editoriais
Leia “Polarização, de novo”, sobre eleição presidencial, e “A disputa do algodão”, acerca de subsídios dos EUA. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016