Atualidades 10/10/2014

As pessoas são exatamente aquilo que pensam. Tudo o que são surge com seus pensamentos e com esses pensamentos, fazem o seu mundo. Também ao receberem e darem os seus pensamentos, as pessoas se comunicam entre si como nos beijos e abraços; portanto quem recolhe um pensamento não recebe alguma coisa, mas sim recebe alguém.



O Globo
Manchete : Delação detalha fatiamento de propinas dentro da Petrobras
Aécio sai na frente, em empate técnico com Dilma
Marina adia definição e envia a tucano propostas que deseja ver incorporadas
Arminio e Mantega divergem sobre crise (Pág. 14)
Depois do ‘mulatinho’ FH, Dilma diz ser ‘pardinha’ (Pág. 13)
PT compara governos, e PSDB destaca alianças na TV (Pág. 16)
Para FMI, Brasil está ‘ficando para trás’ (Pág. 29)
SIP: Venezuela será a ‘segunda Cuba' (Pág. 37)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete : A propina segundo seus delatores
Marina adia decisão de apoio no 2° turno (Notícias | 14)
Pesquisas dão 46% a Aécio e 44% a Dilma (Notícias | 16)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete : Pesquisas mostram empate técnico com vantagem para Aécio
Paulo Roberto expõe políticos e empreiteiras
FMI defende manutenção do programa
Mantega e Armínio se enfrentam
Cooperativas se armam para disputar com bancos
Mosaico Político - IMPACTO SOBRE TRÊS MILHÕES
Sintonia Fina - A ESTRATÉGIA DA POLÍTICA ECONÔMICA
O mercado como ele é... - NA RETRANCA, DÓLAR PARA DE CAIR
Ponto Final - ADESÕES AO SABOR DO VENTO
-----------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Tesoureiro recebia propina para o PT, dizem delatores
País se divide entre Aécio, 51%, e Dilma, 49%
Marina faz nova exigência para declarar apoio a chapa tucana
Crescimento baixo do Brasil traz receio à Bolívia, diz Evo
Anvisa equipara remédio similar a medicamento genérico no país
A partir de janeiro, remédios similares, de marca, serão vendidos como opção a medicamentos de referência, prescritos por médicos, a exemplo dos genéricos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) modificou a norma porque, a partir do fim deste ano, será obrigatório que os produtos similares passem pelos mesmos testes de equivalência dos genéricos, o que antes não ocorria. (Saúde C5)
Foto-legenda : Percussão
Gestão Haddad quer limitar shopping e condomínio grande
Gasto com roupa no exterior em 2013 foi igual a receita de um mês do setor no país (Mercado B1)
Editoriais
------------------------------------------------------------------------------------

10 de outubro de 2014
O Globo

Manchete : Delação detalha fatiamento de propinas dentro da Petrobras
PT, PMDB e PP dividiam dinheiro, dizem delatores
Esquema desviava 3% do valor dos contratos
Cartel da corrupção tinha 13 empreiteiras
Lula cedeu a pressão para nomear Costa

Gravações dos depoimentos do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, após acordo de delação premiada, re velam detalhes de como diretorias da Petrobras foram loteadas entre PT, PMDB e PP, de 2005 a 2012, nos governos Lula e Dilma, para cobrar propina de 13 empreiteiras por contratos com a estatal. Segundo os delatores, o PT ficava com a maior parte da propina: de 2% a 3% dos contratos de três diretorias exclusivas do partido, e mais participações no esquema comandado por PMDB e PP em outra. A Internacional era só do PMDB. O operador do PT, revelaram, era o tesoure ir o do partido, Vaccari Neto, e o dinheiro foi usado na campanha de 2010. Youssef disse que Lula foi pressionado a nomear Costa e cedeu. PT e empreiteiras repudiaram as acusações. (Págs. 3 a 9)

Aécio sai na frente, em empate técnico com Dilma
Ibope e Datafolha mostram tucano com 46% e petista com 44% das intenções de voto. Margem de erro é de dois pontos

As primeiras pesquisas Ibope e Datafolha realizadas no segundo turno, divulgadas ontem, mostram Aécio Neves (PSDB) com 46% das intenções de voto , dois pontos à frente da presidente Dilma Rousseff (PT). Como a margem de erro é de dois pontos percentuais em ambas as pesquisas, os dois estão tecnicamente empatados. Nas simulações feitas entre os dois candidatos ainda no primeiro turno, o tucano não havia aparecido à frente de Dilma. A pesquisa Ibope mostra também que o grau de definição é alto: apenas 11% admitem mudar de voto até o dia da eleição. A taxa de rejeição da presidente é de 41%, enquanto 33% afirmam que não votariam de jeito algum no tucano. (Pág. 10)

Marina adia definição e envia a tucano propostas que deseja ver incorporadas
A ex-senadora Marina Silva cancelou o pronunciamento que faria ontem sobre sua posição no 2º turno e enviou a Aécio lista de 20 propostas que deseja ver incorporadas pelo tucano. As mais importantes tratam das áreas ambiental e social. (Pág. 11)
Arminio e Mantega divergem sobre crise (Pág. 14)

Depois do ‘mulatinho’ FH, Dilma diz ser ‘pardinha’ (Pág. 13)

PT compara governos, e PSDB destaca alianças na TV (Pág. 16)

Para FMI, Brasil está ‘ficando para trás’ (Pág. 29)

SIP: Venezuela será a ‘segunda Cuba' (Pág. 37)

Ilimar Franco
PSDB e DEM planejam fusão. (Pág. 2)
Merval Pereira
A análise dos dados de Ibope e Datafolha (Pág. 4)
Míriam Leitão
Dois partidos, duas visões de mundo. (Pág. 30)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete : A propina segundo seus delatores
Caso Petrobras

Beneficiados com redução de pena por delatar esquema bilionário na estatal, ex-diretor e doleiro afirmam que PT, PP e PMDB eram os favorecidos e que fraude financiou campanha e políticos na eleição de 2010. (Notícias | 6 e 7)

Marina adia decisão de apoio no 2° turno (Notícias | 14)

Pesquisas dão 46% a Aécio e 44% a Dilma (Notícias | 16)

------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete : Pesquisas mostram empate técnico com vantagem para Aécio
As primeiras pesquisas para o segundo turno da eleição presidencial mostram o tucano com total de 51% dos votos válidos, segundo Ibope e Datafolha. A petista Dilma Rousseff ficou, nos dois levantamentos, com 49%. Marina Silva adiou a decisão sobre a sua atuação no segundo turno. Hoje, a Rede entrega ao PSDB um documento condicionando o seu apoio. (Págs. 3 a 6)
Paulo Roberto expõe políticos e empreiteiras
O ex-diretor da estatal acusou, em depoimento, PT, PMDB e PP de se beneficiar do esquema de propina paga por construtoras. Citados pelo executivo negam a participação e relacionam vazamento de áudio à campanha eleitoral. (Pág. 12)
FMI defende manutenção do programa
Seja quem for o presidente do Brasil em 2015, a ação de transferência de renda deve ser preservada, disse a diretora-geral do Fundo, Christine Lagarde, em debate sobre a economia global. Ela recomendou ainda mais investimentos em infraestrutura. (Pág. 7)
Mantega e Armínio se enfrentam
O ministro da Fazenda e o provável sucessor caso o PSDB vença a eleição, em debate na TV, divergiram sobre os bancos públicos. Para Mantega, os bancos quase quebraram com FHC e agora são sólidos. Armínio refutou e criticou empréstimos a empresas que podem captar no mercado. (Pág. 5)
Cooperativas se armam para disputar com bancos
As cooperativas de crédito estão a um passo de receber aprovação para emitir letras financeiras (LF), títulos de captação usados pelos bancos, informa Léo Trombka, presidente da Unicred. O Banco Central disse não comentar decisões futuras, mas tem tentado estimular o setor. (Pág. 19)
Mosaico Político
Gilberto Nascimento

IMPACTO SOBRE TRÊS MILHÕES

A Rede Sustentabilidade, grupo liderado pela ex-presidenciável Marina Silva (PSB), estima que uma declaração de apoio da ex-ministra do Meio Ambiente possa atrair cerca de 3 milhões de votos para o candidato escolhido. A informação tem como base uma pesquisa feita pela própria Rede. (Pág. 2)

Sintonia Fina
Julio Gomes de Almeida

A ESTRATÉGIA DA POLÍTICA ECONÔMICA

Vários fatores têm concorrido para o quadro econômico brasileiro, que nos últimos anos gradativamente foi migrando de uma situação de alto crescimento (2010 e início de 2011) para uma desaceleração significativa (parte de 2011, 2012 e 2013) até chegara 2014 com variação negativa ou muito próxima a zero. (Pág. 10)

O mercado como ele é...
Luiz Sérgio Guimarães

NA RETRANCA, DÓLAR PARA DE CAIR

Ao contrário da Bovespa, que, em alta, decidiu ignorar a baixa das grandes bolsas internacionais, confiante nas chances de Aécio Neves de levar o pleito, os mercados de câmbio e juros futuros operaram cautelosamente, avessos a riscos. (Pág. 20)

Ponto Final
Octávio Costa

ADESÕES AO SABOR DO VENTO

Com as notícias sobre a possibilidade real de vitória de Aécio Neves, observa-se uma curiosa guinada nos blogs e sites que vivem da publicidade do governo federal. Após contribuir para o trabalho de demolição de Marina Silva, eles já se preparavam para investir contra o candidato do PSDB. Mas, diante de pesquisas que mostram o tucano à frente da presidente Dilma Rousseff, mudaram de tom. (Pág. 32)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Tesoureiro recebia propina para o PT, dizem delatores
Costa e Youssef afirmam que dinheiro desviado da Petrobras ia para Vaccari Neto; petista nega

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef apontaram em depoimento à Justiça, após acordo de delação premiada, que o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, recebia para a sigla verbas desviadas de obras da estatal. “A ligação era diretamente com ele”, afirmou Costa. Vaccari negou e declarou que todas as doações ao PT são feitas dentro da lei. Três partidos se beneficiaram do esquema de desvio na Petrobras, segundo os depoentes: PT, PMDB e PP. Candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves disse que o PT “institucionalizou” a corrupção na Petrobras. A direção nacional do PT disse estranhar a exposição das denúncias perto da eleição. PMDB e PP não se pronunciaram. (Eleições 2014 Págs. 4 a 6)

País se divide entre Aécio, 51%, e Dilma, 49%
O segundo turno da eleição para presidente da República começa com a disputa extremamente acirrada. Pesquisa Datafolha finalizada nesta quinta (9) mostra empate técnico entre o senador Aécio Neves (PSDB) e a presidente Dilma Rousseff (PT). O tucano aparece numericamente à frente, com 51% das intenções de votos válidos. A petista alcança 49%. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. Aécio vence Dilma em três das cinco regiões ( Sudeste, Sul e Centro-Oeste). Nunca desde 1 989 um candidato que ficou em segundo lugar no primeiro turno aparecia com mais votos em um levantamento de segundo turno. (Eleições 2014 pág. 1)

ANÁLISE

Decisão caberá à classe média intermediária, escrevem Mauro Paulino e Alessandro Janoni. (Pág. 3)

Marina faz nova exigência para declarar apoio a chapa tucana
Marina Silva (PSB), terceira colocada na eleição, anunciou que sua adesão a Aécio Neves (PSDB) dependerá de ele abandonar uma de suas bandeiras de campanha: a redução de maioridade penal para crimes hediondos. O tucano disse que não abrirá mão da proposta e que buscará acordo mesmo assim. (Eleições 2014 pág. 7)

MÔNICA BERGAMO

Se decidir apoiar Aécio, ex-senadora não subirá em palanques nem irá à TV .(Ilustrada E2)


Crescimento baixo do Brasil traz receio à Bolívia, diz Evo
Favorito nas eleições deste domingo, o presidente boliviano Evo Morales afirma estar preocupado com a perspectiva de baixo crescimento do Brasil e da Argentina, seus maiores compradores de gás natural, informa Sylvia Colombo, enviada especial a La Paz. O país andino, que deve crescer 5% neste ano, busca fornecer seu principal produto de exportação a outros países da região. (Mundo A8)
Anvisa equipara remédio similar a medicamento genérico no país
A partir de janeiro, remédios similares, de marca, serão vendidos como opção a medicamentos de referência, prescritos por médicos, a exemplo dos genéricos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) modificou a norma porque, a partir do fim deste ano, será obrigatório que os produtos similares passem pelos mesmos testes de equivalência dos genéricos, o que antes não ocorria. (Saúde C5)
Foto-legenda : Percussão
Ao lado do governador eleito Rui Costa (PT), Dilma faz caminhada em Salvador; a presidente disse ser ‘meio pardinha’ e pediu vaga no Olodum (Eleições 2014 pág. 8)
Gestão Haddad quer limitar shopping e condomínio grande
Grandes shoppings e condomínios residenciais estão na mira da Prefeitura de São Paulo, que quer vetar novas obras com mais de 10 mil m². A ideia da gestão Haddad (PT), para facilitar a circulação, será debatida na Lei de Zoneamento. (Cotidiano C1)
Gasto com roupa no exterior em 2013 foi igual a receita de um mês do setor no país (Mercado B1)

Editoriais
Leia “Empatados”, sobre segundo turno da disputa presidencial, e “Ciência de boa-fé”, acerca de lista de cientistas envolvidos em má conduta científica. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos