Atualidades 20/02/2015

Aceite o que se tem. Goste do que faz. Viva para hoje. Escolha a felicidade. Cultive os relacionamentos com os que lhe são importantes. Mantenha-se ocupado. Não compare.  Seja você mesmo. Pare de se preocupar. Pense positivo. Dê valor à felicidade. (Dicas para 


O Globo
Manchete : Inflação alta já reduz consumo da classe C
MP vai investigar doação à Beija-Flor
Cardozo: receber advogados é dever
Estradas no carnaval - Menor número de mortes em 8 anos
Dependente no IR precisará ter CPF
Justiça inocenta filho de Eike
Prefeito opositor de Caracas é preso
Ilimar Franco - CPI divide PMDB
Merval Pereira - Tudo a ver
Míriam Leitão - Inverter o olhar
Editoriais - Erros em informatização refletem má gestão no SUS
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete : Passagem sobe para R$ 3,25 a partir de domingo na Capital
Violência no RS - 30 mil adolescentes apreendidos em 2014
Deputada quer vetar sacrifício de animais (Sua Vida | 28 e 29)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete : Brasil eleva vendas de aço com câmbio e demanda dos EUA
PT age para sair do isolamento na Câmara 
'Há um presidencialismo semiparlamentar em curso' 
Prévias da inflação mostram desaceleração 
Mosaico Político - PP EM GUERRA EM SÃO PAULO
Sintonia Fina - NÃO VOLTAR ATRÁS
O mercado como ele é... - EXPECTATIVAS EM DETERIORAÇÃO
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : SP ameaça trocar empresa de obra atrasada do metrô
Governo libera R$ 119 milhões atrasados para cursos técnicos
Em reunião com Cardozo, defesa da Odebrecht questiona prova
Empresas do Brasil financiaram desfile sobre Guiné, afirma Beija-Flor (Cotidiano C3)
Rixa de gregos e alemães cria impasse para zona do euro
Editoriais - Leia “Realismo estadual”, sobre contas públicas, e “Coincidências suspeitas”, a respeito de ação contra o deputado estadual Barros Munhoz. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
20 de fevereiro de 2015
O Globo

Manchete : Inflação alta já reduz consumo da classe C
Pesquisa mostra que 47% diminuíram as compras nos supermercados

Juros altos e perspectiva de piora no emprego podem fazer grupo encolher de tamanho

Quase metade das famílias da classe C reduziu suas compras nos supermercados nos últimos seis meses, segundo pesquisa do Instituto Data Popular, informa João Sorima Neto. A inflação alta, com elevados reajustes na conta de luz, nos aluguéis e no transporte público, que pesam mais no bolso da classe C, estão deixando as famílias com orçamento apertado. Outra pesquisa, da Nielsen, mostra que a classe média baixa gasta em média 15% mais que sua renda mensal. Segundo analistas, a situação pode se agravar ao longo do ano, com a piora no mercado de trabalho, o que levará parte dessas famílias a perder a ascensão social recém-conquistada. (Pág. 21)
MP vai investigar doação à Beija-Flor
Suspeito de lavar dinheiro, africano tem imóveis no Brasil

O Ministério Público Federal vai investigar a origem do dinheiro que financiou o desfile da Beija-Flor de Nilópolis, campeã do carnaval. A nova versão é que o patrocínio de R$ 10 milhões para o enredo sobre a Guiné Equatorial teria sido dado através de empreiteiras brasileiras ou empresas africanas (o total de doadores pode chegar a 30). Procuradores investigam crime de lavagem de dinheiro por parte do filho do ditador Teodoro Obiang, que tem carros de luxo e imóveis valiosos no Brasil. (Págs. 10 a 13)
Cardozo: receber advogados é dever
Criticado por audiência com defensores de uma empreiteira investigada na Lava-Jato, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, reiterou, em entrevista ao GLOBO, que é seu dever receber advogados. Disse que a pauta do encontro com representantes da Odebrecht foi registrada em ata e que esta foi a única empreiteira que o procurou. (Pág. 3)

Queixa sobre procuradores

A Odebrecht também procurou Cardozo para reclamar da atuação dos procuradores da Lava-Jato na Suíça. (Pág. 3)
Estradas no carnaval - Menor número de mortes em 8 anos
No período de carnaval foi registrado, segundo a Polícia Rodoviária Federal, o menor número de mortes em oito anos. A redução em relação a 2014 foi de 28%. (Pág. 6)
Dependente no IR precisará ter CPF
Filhos e outros dependentes com mais de 16 anos incluídos na declaração do IR precisarão informar o CPF. A regra vale para este ano, e o documento pode ser tirado na hora. (Pág. 22)
Justiça inocenta filho de Eike
A Justiça do Rio inocentou Thor Batista, filho do empresário Eike Batista, pelo atropelamento e morte do ciclista Wanderson dos Santos, na BR-040, em 2012. O MP ainda pode recorrer. (Pág. 16)
Prefeito opositor de Caracas é preso
Um dos principais opositores do governo Maduro, Antonio Ledezma, prefeito de Caracas, foi detido ontem em seu gabinete. Ele é acusado de participar de conspiração contra o presidente da Venezuela. (Pág. 26)
Ilimar Franco
CPI divide PMDB

A ala do PMDB que perdeu a liderança para Leonardo Picciani (RJ) quer que o partido indique o relator da CPI da Petrobras. Ela é contra apoiar um nome do PT. E decidiu enfrentar Picciani e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que preferem ficar com a presidência. Seus adversários desejam medir forças e querem o assunto decidido na bancada. E já têm um candidato: Osmar Serraglio (PR), que foi o relator da CPI do Mensalão. (Pág. 2)
Merval Pereira
Tudo a ver

O fato de “empresas (leia-se empreiteiras) brasileiras” com negócios na Guiné Equatorial terem financiado a escola de samba Beija-Flor, campeã do carnaval carioca, é apenas um dos pontos de contato entre esse escândalo e aquele outro, o petrolão. Segundo delações premiadas de dirigentes de empreiteiras presos, parte do dinheiro desviado da Petrobras voltava para o PT em forma de doações legais. (Pág. 4)
Míriam Leitão
Inverter o olhar

O ministro Joaquim Levy tem o duro trabalho de infundir confiança em investidores estrangeiros e brasileiros que olham para o Brasil e só veem problemas. Sua apresentação em Nova York seguiu esta ordem: não negar os problemas, mas mostrar os ângulos bons. Se ele contasse uma história cor-de-rosa, conseguiria o efeito contrário: reduzir ainda mais a confiança. (Pág. 22)
Editoriais
Erros em informatização refletem má gestão no SUS

Se parte da energia e do tempo gastos na mobilização por mais verbas fosse dirigida para melhorar o gerenciamento do sistema, haveria enorme avanço (pág. 18)

Marchas revelam a indignação na Argentina

Protesto silencioso pelas ruas do país cobra investigação do atentado contra a Amia e da morte do procurador Alberto Nisman e evidencia a crise institucional do país (pág. 18)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete : Passagem sobe para R$ 3,25 a partir de domingo na Capital
Aprovado por conselho, reajuste sancionado pelo prefeito é superior a 10%. Organizações civis e estudantes prometem protestos contra o aumento de R$ 0,30 na tarifa de ônibus na próxima semana. (Sua Vida | 33)
Violência no RS - 30 mil adolescentes apreendidos em 2014
A cada dia, em média, 84 se envolvem em algum tipo de ato infracional. (Notícias |20)
Deputada quer vetar sacrifício de animais (Sua Vida | 28 e 29)

------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete : Brasil eleva vendas de aço com câmbio e demanda dos EUA
A produção brasileira de aço bruto cresceu 7,7% em janeiro, na comparação com o mesmo mês de 2014, chegando a 2,96 milhões de toneladas. Enquanto o volume de vendas internas sofreu retração de 8,5% no período, as exportações apresentaram crescimento de 32,9%, puxadas principalmente pela desvalorização do real frente ao dólar, mas também pelo aumento da demanda da indústria automobilística dos Estados Unidos. (Pág.13)
PT age para sair do isolamento na Câmara 
Com dificuldade para defender matérias do governo, partido tenta recompor a base e reatar com PMDB, após um início de relações conturbadas com seus aliados. (Pág. 3)
'Há um presidencialismo semiparlamentar em curso' 
Na esteira da aprovação do Orçamento Impositivo, no Congresso Nacional, o pesquisador da Fundação Casa de Rui Barbosa, Júlio Aurélio Vianna Lopes, analisou o novo ritmo que os parlamentares, liderados pelos presidentes da Câmara e do Senado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Renan Calheiros (PMDB-AL), tentam imprimir ao Executivo. (Pág. 4)
Prévias da inflação mostram desaceleração 
IGP-M, IPC-S e IPC/Fipe revelam que os preços começam a ceder. Inflação do aluguel cai para 0,16%. (Pág. 6)
Mosaico Político
Gilberto Nascimento

PP EM GUERRA EM SÃO PAULO

O PP em São Paulo está em guerra. O deputado Paulo Maluf conseguiu retomar o comando do diretório do partido no Estado, por meio de decisão judicial, mas os ex-dirigentes, seus adversários internos, ainda tentam resistir. (Pág. 2)
Sintonia Fina
Julio Gomes de Almeida

NÃO VOLTAR ATRÁS

Já vivemos momentos em que o ajustamento das contas públicas e da inflação eram considerados suficientes para promover o desenvolvimento econômico do país. Isso levou a desajustes na economia que a fragilizaram e a deixaram próxima da estagnação. (Pág. 7)
O mercado como ele é...
Luiz Sergio Guimarães

EXPECTATIVAS EM DETERIORAÇÃO

O comportamento dos mercados de câmbio e juros revela que as expectativas persistem em deterioração. O dólar fechou ontem em alta de 0,83%, cotado a R$ 2,8657. Se o quadro interno permitisse algum alívio, o dólar não precisaria subir tanto apenas para ajustar-se às inquietações dos investidores globais. (Pág. 18)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : SP ameaça trocar empresa de obra atrasada do metrô
Governo Alckmin (PSDB) questiona ritmo de trabalhos na linha 4-amarela

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou a intenção de rescindir o contrato com o consórcio da segunda fase da linha 4-amarela do metrô de São Paulo devido à lentidão das obras. Até o momento apenas foi entregue a estação Fradique Coutinho, em novembro. Os dois lotes vencidos pelo grupo espanhol Isolux Córsan-Corviam incluem as paradas Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi, Vila Sônia e a extensão dos trilhos em direção à cidade de Taboão da Serra. O valor dos contratos é de R$ 559 milhões. Segundo o governo, faltam equipamentos e material, além de não haver funcionários em número suficiente para as obras. Se houver nova licitação, as estações Higienópolis e Oscar Freire, que têm inauguração prevista para 2015, ficarão prontas só no ano que vem. Financiador da obra, o Banco Mundial precisa aprovar a rescisão. Na próxima semana, haverá reunião de conciliação coma empresa, que recebeu duas multas e 30 notificações do governo estadual. Os espanhóis dizem que se manifestarão após o encontro. (Cotidiano C1)
Governo libera R$ 119 milhões atrasados para cursos técnicos
O Ministério da Educação informou que liberou verbas, que estavam retidas, de escolas privadas participantes do Pronatec — programa de cursos técnicos gratuitos. O anúncio foi feito após a Folha noticiar que as cerca de 500 instituições que participam não receberam pelas aulas desde outubro. O Ministério da Educação disse que foram liberados R$ 119 milhões, suficientes para regularizar todos os repasses atrasados. (Cotidiano C3)
Em reunião com Cardozo, defesa da Odebrecht questiona prova
Os advogados da Odebrecht que se reuniram com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, recorreram a ele para questionar a legalidade de documentos obtidos na Suíça pelos procuradores que investigam a corrupção na Petrobras. A meta é sustentar a tese de que papéis foram obtidos sem prévia tramitação oficial e achar irregularidades para anular provas. A Procuradoria disse que tudo foi feito dentro das normas. (Poder a4)
Empresas do Brasil financiaram desfile sobre Guiné, afirma Beija-Flor (Cotidiano C3)

Rixa de gregos e alemães cria impasse para zona do euro
A Alemanha rejeitou pedido da Grécia para estender o resgate financeiro da zona do euro ao país. A decisão criou impasse para líderes do bloco, reunidos hoje para discutir o crédito igual a R$ 560 bilhões. Eleito com discurso antiausteridade, o partido de esquerda Syriza promete evitar ações contra metas fiscais. A extensão pode ser decisiva para a permanência grega entre os 19 países com moeda única. (Mercado B1)
Editoriais
Leia “Realismo estadual”, sobre contas públicas, e “Coincidências suspeitas”, a respeito de ação contra o deputado estadual Barros Munhoz. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos