Atualidades 13/03/2015

Se um mestre sustenta um mau discípulo, ambos cairão no inferno. 
(Nitiren Daishonin).



O Globo
Manchete : Crime organizado tinha dinheiro na Suíça
STJ abre inquérito sobre Pezão e Cabral
Deputados tentam pôr Janot no alvo da CPI
Governo emperra lei das domésticas
Dilma : ‘País esgotou todos os recursos’
Governo pode rever alta de imposto
PF volta a prender Cesare Battisti
Casos de dengue crescem 162%
Stédile usa termos militares
Juiz do caso Eike desviou R$ 830 mil
Novo código vai agilizar processos
Ilimar Franco - Suspense
Merval Pereira - Congresso contra Executivo
Míriam Leitão - A confusão do dólar
Editoriais - É prioritária a defesa das instituições
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete : Dois governadores na lista da Lava-Jato
Recursos anticrise se esgotaram, diz Dilma (Notícias | 8)
Dia de protestos
Aumento do Fies pode ficara acima de 6,4%
Mais direitos para travestis e transexuais
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete : Nos estados, ajuste fiscal já passa por corte de despesas e de pessoal
Tudo pelo crescimento e emprego
Lava Jato : Investigação chega a governadores
Desemprego - PNAD mensal aponta para aceleração
CPI alivia Cunha em depoimento 
Mosaico Político = EM BUSCA DE PAUTAS POSITIVAS
Sintonia Fina - RAIOS DE MANOBRA
O mercado como ele é... - JURO SOBE EM REJEIÇÃO A ATA
Ponto Final - APENAS COXINHAS X PETISTAS?
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Cuba ameaça profissionais do programa Mais Médicos
BNDES empurra resgate da Sete Brasil para bancos
Movimentos ligados ao PT vão protestar contra Dilma
Terrorista italiano Cesare Battisti é detido em SP
3 dias por uma senha
Cunha é aplaudido por deputados na CPI da Petrobras
Pessimismo do BC com inflação indica nova alta de juros
Petrobras negocia com credores adiar prazo para balanço
Luiz Fernando Vianna
Editoriais
------------------------------------------------------------------------------------
O Globo

Manchete : Crime organizado tinha dinheiro na Suíça
Bicheiro Capitão Guimarães e traficante estão entre os correntistas

Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo diz que espera receber lista de clientes do HSBC ‘em alguns dias’ para investigar os 8.667 brasileiros donos de contas numeradas no paraíso fiscal

Dinheiro do crime organizado também circulou pelas contas bancárias atribuídas a brasileiros no HSBC da Suíça. Na lista de 8.667 correntistas residentes no Brasil, obtida pelo GLOBO e pelo portal UOL, estão o bicheiro Capitão Guimarães, apontado como chefe da máfia dos caça-níqueis no país, e o traficante internacional Gustavo Durán Bautista, que, apesar de colombiano, era radicado no Brasil. Ambos dizem desconhecer as contas . O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que espera ter a lista em “alguns dias” da França, país que recebeu os documentos do ex-funcionário do banco suíço que vazou os dados. A relação será investigada pela PF, pela Receita e por uma CPI na Câmara. (Págs. 3 e 4)
STJ abre inquérito sobre Pezão e Cabral
Delator diz que ex-governador pediu verba para caixa dois dentro do palácio

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu ontem inquérito para investigar denúncias de envolvimento dos governadores do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do Acre, Tião Viana (PT), no esquema de corrupção na Petrobras. A investigação sobre Pezão inclui o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e o ex-secretário da Casa Civil Régis Fichtner. Ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa acusa Cabral de ter pedido, dentro de um dos palácios do governo do estado, R$ 30 milhões para caixa dois na campanha de 2010. Pezão, Cabral e Tião Viana negam as acusações. (Pág. 6)
Deputados tentam pôr Janot no alvo da CPI
Num esforço para proteger o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), das investigações de denúncias contra ele na CPI da Petrobras, um grupo de deputados do baixo clero propôs requerimentos para que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, seja chamado a depor na comissão. Cunha prestou depoimento ontem à CPI, mas foi incensado por parlamentares de diversos partidos, que, como ele, também atacaram o procurador . (Pág. 9)

Governo emperra lei das domésticas
Para não perder R$ 700 milhões em arrecadação, o governo recuou de acordo feito no Senado e conseguiu aprovar na Câmara relatório alternativo para regulamentar os direitos das domésticas, mantendo em 12% a contribuição dos empregadores para a Previdência. O texto aprovado antes no Senado previa a redução da alíquota para 8%, para compensar os patrões por gastos com os novos direitos dos empregados. Com a manobra, o texto terá que ser novamente apreciado pelos senadores, atrasando a entrada em vigor de benefícios como FGTS e seguro-desemprego para domésticas. (Pág. 25)
Dilma : ‘País esgotou todos os recursos’
Ao defender o ajuste fiscal, a presidente disse que as medidas contra a crise de 2009 tiveram impacto nas contas públicas. Ela afirmou que o crescimento é sua “obsessão”. (Pág. 28)
Governo pode rever alta de imposto
Após Senado devolver a MP do governo, a equipe econômica negocia excluir alguns setores da alta de até 150% na contribuição previdenciária. (Pág. 28)
PF volta a prender Cesare Battisti
O ex-ativista condenado na Itália foi preso ontem, em Embu das Artes (SP), onde vive, por força de mandado de prisão para fins de deportação. Battisti teve extradição determinada pelo STF em 2011, mas o governo Lula decidiu mantê-lo no Brasil. A Justiça Federal do DF agora ordenou sua deportação. (Pág. 13)
Casos de dengue crescem 162%
O número de casos de dengue este ano cresceu 162% em comparação com o mesmo período de 2014. Houve, porém, queda de 32% nas mortes causadas pela doença. (Pág. 30)
Stédile usa termos militares
Após Lula afirmar que conta com o “exército” de Stédile, o líder do MST, em ato no Sul, conclamou militantes: “Engraxem botas e chuteiras” para sair às ruas. (Pág. 10)
Juiz do caso Eike desviou R$ 830 mil
O juiz Flávio Roberto de Souza confessou ter desviado R$ 830 mil de outro processo. Ele é investigado por peculato e lavagem de dinheiro. (Pág. 29)
Novo código vai agilizar processos
Para o ministro Luiz Fux, que conduziu a reformulação do novo Código de Processo Civil, a lei a ser sancionada simplificará processos. (Pág. 12)
Ilimar Franco
Suspense

O governo Dilma vai segurar a respiração no dia de hoje. É grande a preocupação com eventual radicalização do protesto, liderado pela CUT e pelo MST, em defesa da Petrobras e contra as MPs do ajuste fiscal. O temor é que excessos ocorram e que estes acabem servindo de exemplo, ou estimulando o ato contra a presidente Dilma, que está sendo organizado nas redes sociais para o domingo. (Pág. 2)
Merval Pereira
Congresso contra Executivo

As ameaças que os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, estão fazendo ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, são repetições da estratégia que já foi adotada pelo senador Fernando Collor, que também está na lista de investigados, contra o antecessor de Janot, Roberto Gurgel. (Pág. 4)
Míriam Leitão
A confusão do dólar

Maxidesvalorização. O especialista em câmbio e sócio da Tendências Consultoria Nathan Blanche já usa essa palavra para definir o que aconteceu com o real. A moeda brasileira perdeu 31% do seu valor desde o primeiro turno das eleições, saindo de R$ 2,40 para R$ 3,16. A alta tem dois efeitos colaterais imediatos: mais pressão sobre a inflação e crescimento da dívida da Petrobras. E deixa um risco fiscal no colo do Banco Central. (Pág. 26)

Editoriais
É prioritária a defesa das instituições

Quando parece começar novo ciclo de manifestações de rua, com a atuação de radicais, lembre-se que a garantia da estabilidade está no respeito à Constituição (Pág. 22)

A guerra bolivariana contra a imprensa profissional

Relatório da SIP detalha atos de repressão contra os meios de comunicação e revela padrão comum em países como Venezuela e Equador (Pág. 22)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete : Dois governadores na lista da Lava-Jato
STJ autorizou a investigação do atual governador do Rio, Pezão (PMDB), de seu antecessor, Sérgio Cabral, e de Tião Viana (PT), do Acre. Agora, são 55 os políticos sob suspeita.

Depoimento à CPI

Para Gabrielli, corrupção não é sistêmica; Cunha é aplaudido por colegas

Relato de Youssef

Doleiro preso afirma que José Otávio Germano (PP) era de "grupo hegemônico"

(Notícias | 6 e 7)
Recursos anticrise se esgotaram, diz Dilma (Notícias | 8)

Dia de protestos
Com reivindicações variadas, entre as quais a defesa da Petrobras e a oposição ao impeachment, manifestantes (como militantes do MST) ocuparam ruas da Capital. (Notícias | 10)
Aumento do Fies pode ficara acima de 6,4%
Justiça autorizou reajuste maior do que definido pelo MEC às instituições de Ensino Superior. (Sua Vida | 35)
Mais direitos para travestis e transexuais
Resolução sugere uso de nome social na chamada e escolha no acesso a banheiros e vestiários. (Sua Vida | 36)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete : Nos estados, ajuste fiscal já passa por corte de despesas e de pessoal
Pelo menos 15 governadores começaram a implantar medidas para enxugar a máquina administrativa. Os primeiros afetados foram os cargos comissionados. Além disso, há renegociação de contratos de prestação de serviços e até utilização de estádio para economizar com aluguel. (Págs. 4 e 5)
Tudo pelo crescimento e emprego
A presidenta Dilma voltou a defender o ajuste e sua política econômica, em evento no Rio. “Nós trouxemos para as contas públicas os problemas que recairiam sobre a sociedade e os trabalhadores”, disse, ao justificar medidas do passado. (Pág. 3)
Lava Jato : Investigação chega a governadores
O STJ abriu inquérito contra os governadores Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ) e Tião Vianna (PT-AC). O processo corre sem segredo de Justiça. Também serão investigados o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e seu ex-chefe da Casa Civil Regis Fichtner. (Pág. 9)
Desemprego - PNAD mensal aponta para aceleração
Ao acrescentar dados do primeiro mês de 2015, a pesquisa revelou que a taxa de desocupação do trimestre novembro dezembro-janeiro subiu para 6,8%, maior do que a observada no trimestre móvel anterior, finalizado em outubro, quando atingira 6,6%. (Pág. 6)
CPI alivia Cunha em depoimento 
Presidente da Câmara ganha a solidariedade de deputados, inclusive do Líder do PT na Casa, numa reação à investigação da Operação Lava Jato contra parlamentares. (Pág. 8)
Mosaico Político
Leonardo Fuhrmann

EM BUSCA DE PAUTAS POSITIVAS

Em meio a boatos sobre a possibilidade de ser demitido, o ministro das Relações Institucionais, Pepe Vargas, se reuniu ontem com os líderes dos partidos que apoiam o governo. Aparentando tranquilidade, ele discutiu a criação de pautas positivas em conjunto com os aliados. (Pág. 2)
Sintonia Fina
Julio Gomes de Almeida

RAIOS DE MANOBRA

É natural que o governo, tendo estabelecido como espinha dorsal de sua atuação o ajuste da economia, veja em tudo um meio de obtê-lo. Mas, nesse processo, pode ser que esteja perdendo raios de atuação em certos campos, os quais poderão se revelar muito custosos, inclusive ao próprio ajuste. (Pág. 7)
O mercado como ele é...
Luiz Sérgio Guimarães

JURO SOBE EM REJEIÇÃO A ATA

A ata do Copom endureceu a política monetária ao anular os sinais anteriores de que poderia, em breve, encerrar o ciclo de alta da Selic com um ajuste final de 0,25 ponto, congelando a taxa em 13% por alguns meses e iniciando movimento de queda já no final de 2015. O Banco Central deixou claro ontem que pretende manter o ritmo de alta em 0,50 ponto, com a Selic avançando para 13,25% no próximo Copom, dia 29 de abril. (Pág. 21)
Ponto Final
Octávio Costa

APENAS COXINHAS X PETISTAS?

Quando saí de casa na manhã de quinta-feira, recebi uma recomendação de minha filha caçula: "Pai, não escreva nada sobre essas manifestações marcadas para o domingo. É coisa de coxinha, gente de direita, a favor de um golpe contra a Dilma". (Pág. 32)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Cuba ameaça profissionais do programa Mais Médicos
Governo da ilha diz que irá repatriar aqueles que vivem com parentes no Brasil

Cuba pressiona profissionais do programa Mais Médicos, vitrine da gestão Dilma Rousseff (PT), para que seus parentes que estejam no Brasil voltem à ilha. Se isso não ocorrer, ameaça trocá-los por outros médicos, relata Cláudia Collucci. O principal argumento para a ameaça de repatriamento é que o contrato entre governo cubano e médicos permite visitas de cônjuge e filhos no Brasil, mas a falta de restrições para essas viagens não pode abrir brecha para uma migração temporária. A vice-ministra da Saúde de Cuba, Estela Cristina Morales, tem visitado cidades para dar o aviso. Há relutância. Uma das médicas diz que o marido está empregado há meses, com carteira assinada. Outra tem o filho matriculado em uma escola. O governo brasileiro, que dá aos parentes dos médicos visto de permanência de três anos, diz não poder interferir nessa questão. Até dezembro, 11.429 dos 14.462 profissionais atuando no Mais Médicos eram cubanos (79% do total). (Cotidiano C1)


BNDES empurra resgate da Sete Brasil para bancos
O BNDES não quer mais financiar a Sete Brasil, maior parceira da Petrobras no pré-sal. O risco da operação deve ser repassado para os cinco bancos que já emprestaram R$ 12 bilhões à companhia. Em vez de emprestar à Sete R$ 28 bilhões, como prometeu, o BNDES quer transferir o montante aos bancos para que eles financiem a empresa. O projeto desagrada às instituições. (Mercado B1)
Movimentos ligados ao PT vão protestar contra Dilma
Sindicatos e movimentos sociais alinhados ao governo federal que organizam atos nesta sexta (13) em 24 capitais aumentaram a pressão sobre a presidente Dilma ao incluir entre as reivindicações críticas à condução da economia e ao ajuste fiscal. Em Porto Alegre, entidades ligadas à CUT defenderam a Petrobras, e sindicatos associados à CSP protestaram contra Dilma. (Poder a4)
Terrorista italiano Cesare Battisti é detido em SP
O italiano Cesare Battisti foi detido nesta quinta (12) pela Polícia Federal em Embu das Artes ( SP). No último dia 26, a juíza da 20ª Vara Federal de Brasília Adverci Rates determinou a deportação do terrorista, que teve extradição negada por Lula em 2010. Cabem recursos contra a decisão. (Poder a11)
3 dias por uma senha
Aluna de economia da FMU, em São Paulo, Raphaela Melo, 19, levou “vários dias” para se cadastrar no si te do Fies, programa federal de crédito estudantil. Havia a segunda etapa: a inscrição na escola. Na terceira tentativa, passou a madrugada na fila e conseguiu uma senha para voltar noutro dia. “Tive frio e medo”, disse. (Cotidiano C4)
Cunha é aplaudido por deputados na CPI da Petrobras
Deputados transformaram a CPI da Petrobras em ato de desagravo, com direito a aplausos ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). Mesmo sem ser convocado, ele deu explicações sobre as acusações e recebeu elogios. O STJ acatou pedido do Ministério Público e abriu investigação sobre os governadores do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do Acre, Tião Viana (PT). (Poder a8 e a9)
Pessimismo do BC com inflação indica nova alta de juros
Com o tarifaço e a alta do dólar, o Banco Central adotou tom mais pessimista sobre a inflação, na ata do Copom, e sinalizou que elevará a taxa de juros se os preços continuarem aumentando. O dólar voltou a subir e fechou a R$ 3,16. (Mercado B4 e B7)
Petrobras negocia com credores adiar prazo para balanço
A Petrobras negocia com credores o adiamento por seis meses do prazo para a entrega de balanços de 2014. A estatal quer se blindar caso não consiga apresentá-los até 31 de maio — o que permitiria a cobrança antecipada da dívida. (Mercado B3)
Luiz Fernando Vianna
Redemocratização cumpre sua missão com dificuldades (Opinião A2)
Editoriais
Leia “Derrota positiva”, acerca de correção da tabela do IR, e “Brasil carbonizado”, sobre redução das emissões de gases do efeito estufa pelo país. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016