Atualidades 06 de junho de 2017


Agora, neste instante, você tem tudo que você precisa para ser feliz: Ar nos seus pulmões, sangue em suas veias, e os lábios para sorrir.




O Globo
Manchete : A crise Temer 
MP investiga repasse para Lula e Dilma
Violência, a tragédia dos jovens brasileiros
Tiroteio interrompe o VLT pela 12a. vez
Países vizinhos boicotam Qatar
Governo tenta apressar reforma
Petrobras vai sair da Braskem
Merval Pereira - Pedido de vista neste caso seria vergonhoso. (Pág. 4)
Ancelmo Gois - Pai de Loures tentou vaga no Conselho de Itaipu. (Pág. 10)
Miriam Leitão - Crise política continua em qualquer cenário. (Pág. 18)
José Casado -  Julgamento é chance de o TSE se refundar. (Pág. 15)
Carlos Andreazza - Diretas já corrompem Constituição. (Pág. 15)
Mais espaço para o verde - Chapada dos Veadeiros tem área triplicada. (Pág. 23)
Febre amarela dizimou macacos em Caratinga (MG). (Pág. 23)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete : Sob clima de incerteza, TSE julga futuro de Temer
Assassinato é causa de 48% das mortes de jovens
Conspiração contra o futuro do País
PF envia 82 perguntas para o presidente
55% dos militares se aposentam antes dos 50 anos
Emílio Odebrecht diz que Lula pediu ‘contribuição’ (Política / Pág. A9)
Joesley terá de se afastar da J&F por cinco anos (Economia / Pág. B7)
Fábio Giambiagi - O cenário político pode frustrar a recém-iniciada recuperação econômica. (Espaço Aberto / Pág. A2)
Eliane Cantanhêde - Sete votos, um destino. (Pág. A6)
Marcelo de Moraes - Planalto teme que escândalo influa em votos de ministros. (Pág. A6)
NOTAS & INFORMAÇOES -O absurdo das 'diretas já' 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : PF envia a Temer 84 questões na véspera de julgamento no TSE
0 que está em questão é a própria Justiça Eleitoral
Consumo fraco torna mais difícil saída da recessão
Adesão a vacinas obrigatórias caie preocupa governo
Mortes violentas aumentam entre jovens e negros, indica pesquisa. (Cotidiano B4)
Na prisão, ex-assessor do presidente evita visitas e resiste a negociar delação premiada. (Poder A10)
Realização de eleições indiretas ou diretas em caso de saída de Temer divide leitores da Folha. (Poder A8)
Antecipação de pleito presidencial só ocorreu em transição de regime ou durante ditaduras. (Poder A8)
Editoriais - “Escalada do terror”, sobre atentado às véspera de eleição no Reino Unido, e “Empresa expressa”, acerca de programa da Prefeitura de SP. (Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------


06 de junho de 2017
O Globo

Manchete : A crise Temer 
Mesmo se TSE não cassar chapa com Dilma, presidente deve ser denunciado

Peemedebista terá de responder a 84 questões da PF sobre delação da JBS

O Tribunal Superior Eleitoral retoma hoje julgamento histórico, do pedido de cassação da chapa Dilma-Temer, mas os problemas do presidente vão além do que será decidido pela Corte. Sob o impacto da delação da JBS e da prisão do ex-deputado Rocha Loures, ministros do TSE deverão pedir vista para adiar o desfecho do caso. Mas, na semana que vem, a Procuradoria-Geral da República deve apresentar denúncia contra Temer ao STF — ontem, a PF enviou 84 perguntas ao presidente sobre a delação dos donos da JBS. (Págs. 3 a 5)
MP investiga repasse para Lula e Dilma
Procuradoria da República no Distrito Federal abriu investigação sobre o suposto repasse para contas na Suíça, via caixa dois, de US$ 80 milhões da JBS para as campanhas dos ex-presidentes Lula e Dilma. Em delação, Joesley Batista, dono da JBS, afirmou que o repasse para as contas dos petistas foi de pelo menos US$ 150 milhões. (Pág. 6)
Violência, a tragédia dos jovens brasileiros
De 2005 a 2015, 318 mil jovens (entre 15 e 29 anos) foram assassinados no Brasil, segundo o "Atlas da Violência" do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A cada três semanas, o número de homicídios no país supera o de vítimas fatais em todos os atentados terroristas ocorridos nos primeiros cinco meses deste ano. (Pág. 8)
Tiroteio interrompe o VLT pela 12a. vez
Harmonia e Providência, duas estações do VLT inauguradas domingo, estão entre as dez fechadas após tiroteio no Morro da Providência. Em um ano, o serviço parou 12 vezes. (Pág. 9)

Países vizinhos boicotam Qatar
Sete países muçulmanos cortaram relações diplomáticas com o Qatar, acusado de apoiar grupos fundamentalistas. Fronteiras e espaços aéreos foram fechados, e 76 voos, suspensos. (Págs. 19 e 22)
Governo tenta apressar reforma
Aliados do presidente Temer tentam apressar a votação da reforma trabalhista. O objetivo é votar o relatório nas comissões até semana que vem e aprovar em plenário este mês. (Pág. 18)
Petrobras vai sair da Braskem
A Petrobras informou que vai pôr à venda 30 ativos, entre eles sua participação na petroquímica Braskem, na qual é sócia da Odebrecht. (Pág. 19)
Merval Pereira
Pedido de vista neste caso seria vergonhoso. (Pág. 4)
Ancelmo Gois
Pai de Loures tentou vaga no Conselho de Itaipu. (Pág. 10)
Miriam Leitão
Crise política continua em qualquer cenário. (Pág. 18)
José Casado
Julgamento é chance de o TSE se refundar. (Pág. 15)
Carlos Andreazza
Diretas já corrompem Constituição. (Pág. 15)
Mais espaço para o verde
Chapada dos Veadeiros tem área triplicada. (Pág. 23)
Febre amarela dizimou macacos em Caratinga (MG). (Pág. 23)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete : Sob clima de incerteza, TSE julga futuro de Temer
Tribunal retoma análise da ação que pode cassar chapa; crise pulveriza suposta vantagem do Planalto na Corte

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma hoje, às 19 horas, o julgamento que pode cassar a chapa Dilma Rousseff-Michel Temer e afastar o presidente da República. Pela primeira vez, a Corte Eleitoral julga a cassação de uma chapa presidencial. O cenário político de agora é diverso do identificado há pouco menos de um mês, quando o governo confiava em uma vitória.

A delação de acionistas e executivos do Grupo J&F revestiu de incertezas o julgamento no TSE – considerado sem precedentes na história do tribunal – e deixou o presidente acossado por uma investigação criminal, na qual é suspeito dos crimes de corrupção passiva, obstrução da Justiça e participação em organização criminosa. Na semana passada, uma sondagem informal do governo detectou vantagem para a tese da defesa de Temer. Mas a percepção é de que há grande volatilidade nas intenções de voto dos ministros da Corte Eleitoral. (Política / Pág. A4)
Assassinato é causa de 48% das mortes de jovens
Quase metade – ou 47,8% – dos jovens de 15 a 29 anos mortos no Brasil entre 2005 e 2015 foi assassinada. São 318 mil vítimas de homicídio nessa faixa etária no período, de acordo com o Atlas da Violência 2017, divulgado ontem. Só em 2015, foram assassinados 31,2 mil jovens – de um total de 59 mil homicídios no País – e a taxa de assassinatos por 100 mil para essa parcela da população cresceu 17,2% na última década. O cenário é classificado por especialistas como "uma tragédia diária de contornos inimagináveis".

No geral, os negros ainda são os mais afetados pela violência: a cada 100 assassinatos cometidos no Brasil, 71 são de negros, população cuja taxa de homicídios subiu 18,2%. Ainda de acordo com o relatório, 10% das cidades brasileiras concentram 76,5% do total de mortes. O Rio Grande do Norte viu seus números aumentarem 292,3% na última década. (Metrópole / Pág. A12)
Conspiração contra o futuro do País
ANÁLISE: Daniel Cerqueira

Se juventude é futuro, estamos conspirando contra o nosso ao condenar jovens a uma vida de restrições. (Pág. A12)
PF envia 82 perguntas para o presidente
A Polícia Federal enviou 82 perguntas ao presidente Michel Temer no inquérito da Operação Patmos, que investiga o caso JBS. Na semana passada, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, deu 24 horas para Temer responder às indagações dos investigadores. As perguntas foram entregues a um advogado do peemedebista. (Política / Pág. A8)
55% dos militares se aposentam antes dos 50 anos
O Tribunal de Contas da União identificou que 55% dos militares federais do País se aposentam entre os 45 anos e os 50 anos. Embora a necessidade de tratamento diferenciado seja reconhecida por causa da natureza da atividade, críticos apontam problemas como contabilização de tempo fictício (não efetivamente trabalhado) e pagamento de benefício integral. (Economia / Pág. B3)
Emílio Odebrecht diz que Lula pediu ‘contribuição’ (Política / Pág. A9)

Joesley terá de se afastar da J&F por cinco anos (Economia / Pág. B7)

Fábio Giambiagi
O cenário político pode frustrar a recém-iniciada recuperação econômica. (Espaço Aberto / Pág. A2)
Eliane Cantanhêde
Sete votos, um destino. (Pág. A6)
Marcelo de Moraes
Planalto teme que escândalo influa em votos de ministros. (Pág. A6)
NOTAS & INFORMAÇOES
O absurdo das 'diretas já'

O descomunal esforço necessário para satisfazer esse desejo seria inútil porque logo em seguida seria necessário escolher o sucessor do eleito. (Pág. A3)

Com crise ou sem crise

O País parece condenado, com ou sem troca de governo, a um crescimento medíocre. Pág. A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : PF envia a Temer 84 questões na véspera de julgamento no TSE
Defesa do presidente vê tentativa de constranger a corte, que decidirá sobre processo que pode resultar em cassação

O rumo da crise instaurada no governo Michel Temer começa a ser definido nesta terça-feira (6), quando o Tribunal Superior Eleitoral retoma o julgamento que pode cassar o peemedebista.

Os sete ministros da corte decidirão se houve abuso de poder político e econômico pela chapa formada por Dilma Rousseff (PT) e o presidente na eleição de 2014. A decisão do TSE ê vista como uma etapa crucial do processo de instabilidade iniciado com a delação da JBS. Os depoimentos implicam Temer e levaram à abertura de inquérito no Supremo contra ele, sob suspeita de corrupção, obstrução de justiça e formação de quadrilha.

Ontem, a Polícia Federal enviou a Temer 84 perguntas sobre a investigação. Ele tem 24 horas para responder, atê as 16h30 de hoje. Para a defesa, a proximidade do prazo com o julgamento do TSE ê tentativa da Procuradoria de constranger o tribunal a condená-lo. Se houver decisão pela cassação, que pode sair atê quinta (8), ainda caberá recurso. (Poder A4)
0 que está em questão é a própria Justiça Eleitoral
ANALISE

DIOGO RAIS

Alguns parecem esperar que o julgamento resolva a Lava Jato; outros, que o TSE julgue o desempenho econômico e político de Temer. Parece que o que está em julgamento ê a própria Justiça Eleitoral. Mas o que será posto em juízo deve ser o direito e seu processo,nada mais. (Poder A6)
Consumo fraco torna mais difícil saída da recessão
Diferentes pesquisas mostram que o humor do consumidor brasileiro, que já não vinha bem, sofreu novo baque com a crise política. Para economistas, em um cenário de desemprego e endividamento altos, nem a inflação mais baixa ou os saques do FGTS têm sido suficientes para melhorar o ânimo das famílias. (Mercado A15)
Adesão a vacinas obrigatórias caie preocupa governo
A adesão a vacinas, algumas obrigatórias para crianças e disponíveis no SUS, caiu no país. Em 2016, quase 25% não foram aos postos se prevenir contra sarampo, caxumba, rubêola e catapora. Para o governo, há descaso da população em relação à dose de reforço. (Cotidiano B1)
Mortes violentas aumentam entre jovens e negros, indica pesquisa. (Cotidiano B4)

Na prisão, ex-assessor do presidente evita visitas e resiste a negociar delação premiada. (Poder A10)

Realização de eleições indiretas ou diretas em caso de saída de Temer divide leitores da Folha. (Poder A8)

Antecipação de pleito presidencial só ocorreu em transição de regime ou durante ditaduras. (Poder A8)

Editoriais 
“Escalada do terror”, sobre atentado às véspera de eleição no Reino Unido, e “Empresa expressa”, acerca de programa da Prefeitura de SP. (Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos