Atualidades 02 de agosto de 2017

“If you believe very strongly in something, stand up and fight for it.” 
― Roy T. Bennett, The Light in the Heart



O Globo
Manchete: Temer vai ao limite
MÍRIAM LEITÃO  - Temer prolonga a crise fiscal. (Pág. 18)
ELIO GASPARI  - Maioria regressista apoia Temer. (Pág. 14)
ANCELMO GOIS  - Lava-Jato vai tomar rumo diferente no Rio. (Pág. 10)
LYDIA MEDEIROS  - Até filho de Dirceu foi ao Planalto. (Pág. 2)
ZUENIR VENTURA -  Agosto é ruim para políticos. (Pág. 15)

Lula é réu no caso do sítio de Atibaia
ONU e países reagem a Maduro
Meta de 2018 pode ser revista
Juízes pedem reajuste de 16,4%
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Temer faz corpo a corpo em busca de ‘indefinidos’
Lula vira réu pela 6ª vez, agora no caso do sítio de Atibaia
Gilmar ataca Janot e pede ‘decência’ à PGR
Governo abre mão de R$ 5,4 bilhões com ‘Refis rural’
Opositores voltam para a prisão na Venezuela (Internacional / Pág. A12)
Antonio Herman Benjamin - Parlamentares-juízes 
Notas & Informações  - Os desafios de uma nova meta 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Em ofensiva, Temer afaga ruralistas e o ‘baixo clero’
A Câmara deve autorizar a investigação do Presidente ?
Chavismo volta a prender rivais do governo Maduro
Fazenda já admite déficit maior, mas defende aumento abaixo de R$ 10 bi (Mercado A17
Lula se torna réu pela 6-vez, agora no caso do sítio em SP
Justiça condena à prisão braço direito de Abilio Diniz
Editoriais - “Rota suicida”, sobre escalada autoritária na Venezuela, e “Aceleração eletrizante”, acerca de mudanças na energia propulsora de automóveis. (Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------

02 de agosto de 2017
O Globo

Manchete: Temer vai ao limite
Ruralistas, a maior bancada, recebem agrado

Onze ministros devem se licenciar para votar

Deputados fizeram fila para negociar favores

O presidente Temer não economizou recursos públicos para tentar votar e rejeitar hoje a denúncia por corrupção passiva contra ele. É a primeira vez na História que um presidente é denunciado no cargo. Em um mês, desde que a denúncia foi protocolada na Câmara, Temer já recebeu pelo menos 117 deputados em audiências. Só ontem foram mais de 30, sem contar reuniões com bancadas e eventos nos palácios. Além da enxurrada de emendas liberadas nos últimos dias, editou MP para parcelar dívidas no campo, o que atende à bancada ruralista, a maior e mais poderosa, com 230 deputados. A sessão que decidirá o futuro de Temer está marcada para as 9h de hoje. Para que haja votação, será preciso quorum mínimo de 342 deputados, mesmo número necessário para aprovar o envio da investigação ao STF. (Págs. 3 e 4)

EDITORIAL

‘Aprovar processo contra Temer é a melhor alternativa’ (Pág. 14)

MÍRIAM LEITÃO

Temer prolonga a crise fiscal. (Pág. 18)

ELIO GASPARI

Maioria regressista apoia Temer. (Pág. 14)

ANCELMO GOIS

Lava-Jato vai tomar rumo diferente no Rio. (Pág. 10)

LYDIA MEDEIROS

Até filho de Dirceu foi ao Planalto. (Pág. 2)

ZUENIR VENTURA

Agosto é ruim para políticos. (Pág. 15)
Lula é réu no caso do sítio de Atibaia
Moro entende que ex-presidente é o real proprietário e aceita denúncia por corrupção e lavagem de dinheiro; é o 6º processo contra o petista, que já foi condenado em 1ª instância pelo tríplex (Pág. 5 e Merval Pereira)
ONU e países reagem a Maduro
Às vésperas da instalação da Constituinte, a prisão dos opositores Leopoldo López e Antonio Ledezma, ontem de madrugada, provocou onda de repúdio internacional ao governo Maduro, da Venezuela. Os dois estavam em regime domiciliar e foram acusados de planejar fugir. López confirmou que a mulher, Lilian Tintori, está grávida. (Págs. 23 e 24)
Meta de 2018 pode ser revista
Além de rever a meta fiscal de 2017, que deve passar de déficit de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões, o governo estuda mudar o resultado de 2018. A avaliação é que, para manter o déficit em R$ 129 bilhões para o ano que vem, será preciso elevar impostos. (Pág. 18)
Juízes pedem reajuste de 16,4%
Apesar da crise, presidentes de três associações de juízes pediram reajuste de 16,38%, mesmo percentual que fora reivindicado pelo MPF. A verba precisa ser incluída pelo STF na previsão orçamentária, mas entre os ministros da Corte há resistências ao aumento. (Pág. 6)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Temer faz corpo a corpo em busca de ‘indefinidos’
Presidente se diz confiante, mas 213 deputados ainda são incógnita, mostra Placar do ‘Estado’

Articulações incluíram agrado a ruralistas

Governo quer obter vantagem expressiva na Câmara para mostrar força

A Câmara poderá analisar hoje a denúncia por corrupção passiva contra Michel Temer, primeiro presidente da República a ser alvo de acusação formal por crime comum durante o exercício do mandato. Se houver quórum (342 presentes), os deputados votam por aceitar ou rejeitar o prosseguimento da denúncia. Para o STF julgar a acusação da Procuradoria- Geral da República, é necessário aval da Câmara. Em caso de aceitação da acusação pela Corte, o presidente é afastado por até 180 dias. Temer precisa de pelo menos 172 votos. Articulações incluíram atendimento de reivindicações de ruralistas e distribuição de cargos e verbas. O placar da votação pode indicar o fôlego futuro do governo. A decisão está entre os 213 deputados que não declararam voto, segundo o Placar do Estado. (POLÍTICA / PÁGS. A4 a A8)

Análises

Vera Magalhães

Falta bambu

Se enterrada a denúncia, Janot não terá elementos nem ímpeto para disparar novas flechas na direção de Temer. Acabou o bambu. (PÁG. A6)

João Domingos

Placar expressivo

Vitória, de fato, para Temer será se obtiver mais de 320 votos. Sem isso, vai enfrentar enormes dificuldades para tocar as reformas. (PÁG. A6)
Lula vira réu pela 6ª vez, agora no caso do sítio de Atibaia
O ex-presidente Lula virou réu ontem em mais uma ação na Lava Jato, desta vez no caso do sítio de Atibaia. O juiz Sérgio Moro aceitou denúncia do MPF contra o petista por corrupção e lavagem de dinheiro. Segundo a acusação, as empreiteiras Odebrecht, OAS e Schahin gastaram R$ 1,02 milhão no sítio em troca de contratos com a Petrobrás. É a sexta ação penal a que Lula responde, a terceira com Moro. A defesa alega inocência. (POLÍTICA / PÁG. A11)
Gilmar ataca Janot e pede ‘decência’ à PGR
Após a Procuradoria-Geral da República pedir pela 3.ª vez a prisão do senador Aécio Neves, o ministro Gilmar Mendes, do STF, disse que a Corte inventa um “Direito criado na malandragem” e ficou “a reboque das loucuras do procurador”, a quem pediu “decência”. A PGR e o ministro Edson Fachin não comentaram. (POLÍTICA / PÁG. A10)
Governo abre mão de R$ 5,4 bilhões com ‘Refis rural’
O governo publicou ontem medida provisória com o novo Refis para parcelamento de dívidas de produtores rurais com o Funrural. Também foi reduzida a alíquota de contribuição de 2% para 1,2%. A renúncia prevista é de R$ 5,4 bilhões até 2020. (ECONOMIA / PÁG. B1)
Opositores voltam para a prisão na Venezuela (Internacional / Pág. A12)

Antonio Herman Benjamin
Parlamentares-juízes

Ao deliberar sobre denúncia por crime, deputado tem assegurada independência da magistratura. (ESPAÇO ABERTO / PÁG. A2)
Notas & Informações 
Os desafios de uma nova meta

Se o governo renunciar a um déficit primário igual ou inferior a R$ 139 bilhões, deverá pelo menos buscar um resultado melhor que o buraco de R$ 159,5 bilhões de 2016. (PÁG. A3)

Um pedido incompreensível

Não é por falta de trabalho que Rodrigo Janot se dedica a reiterar pela terceira vez o pedido de prisão de Aécio Neves. (PÁG. A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Em ofensiva, Temer afaga ruralistas e o ‘baixo clero’
Câmara decide hoje se manda para o STF a denúncia contra o presidente

O governo tenta hoje enterrar, no plenário da Câmara, denúncia da Procuradoria contra Michel Temer. O presidente ê acusado de corrupção passiva por ser o suposto destinatário de R$ 500 mil entregues pela JBS a Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

Primeiro presidente denunciado no exercício do cargo, Temer almoçou ontem com 58 ruralistas, a quem acenou com socorro ao setor, e foi a jantar para o qual foram chamados cem membros do “baixo clero”, congressistas de menor expressão.

Nos últimos dois meses, Temer distribuiu cargos e destinou R$ 2,3 bilhões a emendas. Para que a acusação chegue ao STF, ê necessário o apoio de 342 dos 513 deputados. Se a corte aceitar a denúncia, o presidente será afastado por atê 180 dias.

O Planalto aposta na vitória e atua para garantir quorum na votação prevista para esta quarta na Câmara. Segundo levantamento da Folha, há 105 deputados pró-governo e 195 contra — 209 não se posicionaram e quatro não votarão. (Poder A4)
A Câmara deve autorizar a investigação do Presidente ?
SIM

JULIO DELGADO (PSB-MG)

Peemedebista perdeu todas as condições de governar o país

NÃO

BETOMANSUR (PRB-SP)

Michel Temer sairá fortalecido e aprovará reformas essenciais (Poder A6)
Chavismo volta a prender rivais do governo Maduro
Dois políticos rivais do governo Maduro que cumpriam prisão domiciliar voltaram à cadeia. Segundo a Justiça venezuelana, dominada por chavistas, eles planejavam fuga do país e violaram regras ao apoiarem protestos. A medida causou revolta da oposição. (Mundo A12)
Fazenda já admite déficit maior, mas defende aumento abaixo de R$ 10 bi (Mercado A17

Lula se torna réu pela 6-vez, agora no caso do sítio em SP
O juiz Sergio Moro aceitou denúncia contra Lula relativa ao sítio de Atibaia (SP). O petista, alvo da sexta ação por suspeita de corrupção, ê acusado de ter sido beneficiado com obras no imóvel freqüentado por ele e sua família.

A Folha revelou em 2016 que a Odebrecht pagou por benfeitorias no local. A defesa de Lula disse que a denúncia ê “esdrúxula”. (Poder A10)
Justiça condena à prisão braço direito de Abilio Diniz
A Justiça mandou prender o executivo José Roberto Pernomian, o JR, principal aliado de Abilio Diniz na BRF, por fraude na importação de computadores — ainda cabe recurso. A ação pressiona Abilio, que preside o conselho da BRF. Os dois não se pronunciaram. (Mercado A20)
Editoriais
“Rota suicida”, sobre escalada autoritária na Venezuela, e “Aceleração eletrizante”, acerca de mudanças na energia propulsora de automóveis. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016