Atualidades 19 de fevereiro de 2018

Árvore (Warren Buffett) 
Alguém está sentado na sombra hoje porque alguém plantou uma árvore há muito tempo.


O Globo
Manchete : Tensão sobe em presídios do Rio, com tentativa de fuga e rebelião
Criminalidade é crítica em 17 áreas da cidade (Pág. 6)
Ricardo Rangel  - Para tirar o atraso 
Mulheres chefiam apenas 4 estatais
Um parto de imigrante a cada 4 horas
Brasil quer que Venezuela seja suspensa da OEA
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete : ‘Penduricalhos’ do passado rendem a juízes R$ 211 milhões
MPF investiga CVM e Previc por falha no rombo do Postalis
Órgãos negam responsabilidade
Após morte de líder do PCC no Ceará, Temer envia reforço
Em alerta, Rio tem motim com reféns em cadeia
'Intervenção desgastará o Exército'
Após crise hídrica, consumo continua 15% menor em SP
Cida Damasco - Intervenção no Rio será teste decisivo para as habilidades – e pretensões – de Temer. 
Lúcia Guimarães - Jovens cariocas sob fogo cruzado são vítimas da geração que não larga o osso do poder. 
Notas & Informações - A recuperação vai se consolidando 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Violência barra Correios em 44% dos locais do Rio
Gregório Duvivier - Soma de furtos no RJ não supera verba no apê do Geddel (Ilustrada C5)
MathiaS AlencaStro - Cidade não precisa de um presidente deslegitimado (Mundo A15)
‘Entrevista da 2ª - Andreas Schleicher - Brasil investe pouco e mal na área de educação 
Governadores negociaram PEC na Previdência
Forças Armadas são pressionadas para aceitar transexuais (Poder A10)
Editorial - "Desgoverno", sobre riscos e motivações da intervenção federal na segurança do Rio, e "O 'S' dos Brics", a respeito de crise política na África do Sul. (Opinião A2)


------------------------------------------------------------------------------------

19 de fevereiro de 2018
O Globo

Manchete : Tensão sobe em presídios do Rio, com tentativa de fuga e rebelião
Detentos armados fazem 17 reféns em unidade superlotada de Japeri

Administração penitenciária já havia colocado 54 cadeias do estado em alerta máximo, temendo represálias à operação federal. Ao menos dois agentes ficaram feridos, e negociações para rendição se estenderam pela noite

Os 54 presídios do Estado do Rio amanheceram ontem em alerta máximo, devido ao temor de que bandidos reagissem à intervenção na segurança. Mesmo assim, uma rebelião eclodiu na superlotada cadeia Milton Dias Moreira, em Japeri, após uma tentativa frustrada de fuga. Detentos fizeram 17 reféns, e ao menos dois agentes e cinco presos foram feridos.

Negociações para a rendição continuavam no fim da noite. No primeiro teste da operação federal no Rio, o interventor, general Braga Netto, permaneceu em Brasília, onde recebeu informes. (Págs. 5 a 7)
Criminalidade é crítica em 17 áreas da cidade (Pág. 6)

Ricardo Rangel 
Para tirar o atraso

Intervenção sinaliza mudança na atitude do governo, mas chega com 15 anos de atraso. (Pág. 2)
Mulheres chefiam apenas 4 estatais
Levantamento realizado pelo GLOBO mostra que, dos 79 presidentes de estatais, apenas quatro são mulheres. Este é o mesmo número de homens chamados Paulo e Ricardo que ocupam estes cargos nas companhias federais. (Pág. 15)
Um parto de imigrante a cada 4 horas
A onda imigratória da Venezuela para o Brasil está criando uma geração de "venezueleiros", crianças nascidas em Roraima de mães venezuelanas. Nos hospitais de Boa Vista, um filho de imigrante nasce a cada quatro horas.

Dados da Polícia Federal mostram que 180 meninos e meninas venezuelanos, de até 14 anos, cruzam a fronteira brasileira todos os dias com suas famílias. (Pág. 3)
Brasil quer que Venezuela seja suspensa da OEA
Ministro das Relações Exteriores afirma que o país vai reforçar sua atuação junto a outras nações para que venezuelanos sejam punidos na organização. (Pág. 19)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete : ‘Penduricalhos’ do passado rendem a juízes R$ 211 milhões
Em dezembro, 7 mil magistrados ganharam em média R$ 30 mil retroativos

Sete mil juízes federais e estaduais receberam R$ 211 milhões em dezembro referentes a pagamentos retroativos de benefícios e indenizações, uma média de R$ 30 mil por magistrado. Segundo cálculos feitos pelo Estadão Dados, cerca de 30% dos juízes federais e estaduais do País tiveram os vencimentos engordados por algum “penduricalho do passado”, com juros e correção monetária. Parte deles foi beneficiada por um auxílio-moradia que os deputados federais receberam entre 1992 e 1998. Após batalha dos magistrados por equiparação de privilégios, em 2000 o Supremo Tribunal Federal (STF) estendeu a eles o benefício, que na época equivalia a R$ 3 mil adicionais – ou R$ 9,2 mil em valores atualizados. Associações de classe também reivindicaram o pagamento retroativo, referente ao período em que deputados receberam auxílio e juízes, não. O passivo é pago até hoje, de forma parcelada.
(Política / Pág. A4)
MPF investiga CVM e Previc por falha no rombo do Postalis
O Ministério Público Federal (MPF) investiga se a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) falharam ao não impedir o rombo no fundo de pensão dos Correios, o Postalis, calculado em pelo menos R$ 5,6 bilhões. A CVM tem como uma das funções proteger o investidor. A Previc fiscaliza e supervisiona o mercado de Previdência complementar.
(Economia / Pág. B3)
Órgãos negam responsabilidade
A Previc defende que, sem seu trabalho, o rombo no Postalis seria maior. A CVM diz que fiscalizar fundos de pensão não é sua atribuição.
(Pág. B3)
Após morte de líder do PCC no Ceará, Temer envia reforço
Apontados como os maiores líderes do Primeiro Comando da Capital fora da prisão, Rogério de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano de Souza, o Paca, foram assassinados em emboscada dentro de reserva indígena de Aquiraz, a 30 km de Fortaleza. A principal hipótese é de rixa interna na facção. As mortes teriam acontecido na noite da quinta-feira, quando um helicóptero foi visto na região e uma sequência de disparos, relatada à polícia. Os corpos foram achados na manhã seguinte. A notícia se espalhou rapidamente entre detentos de São Paulo. O presidente Michel Temer mandou uma força-tarefa ao Ceará para combater o crime organizado.
(Metrópole / Pág. A10)
Em alerta, Rio tem motim com reféns em cadeia
Após o Rio de Janeiro antecipar “medidas de controle” em cadeias por temor de reação à intervenção federal, detentos da prisão de Japeri, na Baixada Fluminense, fizeram ontem motim com reféns. Para votar o decreto da intervenção, a base governista pediu que parlamentares voltem hoje a Brasília.
(Págs. A10 e A11)
'Intervenção desgastará o Exército'
Entrevista
Marco Aurélio Mello,
MINISTRO DO STF

Ministro diz ter “sérias dúvidas” sobre resultado da medida, que ele credita também às ausências do prefeito e do governador do Rio. “Será que o Exército solucionará a problemática da corrupção na polícia?”, questiona.
(Pág. A11)
Após crise hídrica, consumo continua 15% menor em SP
Volume de água “poupado” é suficiente para abastecer 3 milhões de pessoas por dia ou encher quase duas Guarapirangas. Na foto, obra para levar água da Bacia do Paraíba do Sul para o Cantareira.
(Metrópole / Pág. A12)
Cida Damasco
Intervenção no Rio será teste decisivo para as habilidades – e pretensões – de Temer.
(Economia / Pág. B4)
Lúcia Guimarães
Jovens cariocas sob fogo cruzado são vítimas da geração que não larga o osso do poder.
(Caderno2 / Pág. C6)
Notas & Informações 
A recuperação vai se consolidando

No Brasil, a evolução dos serviços normalmente reflete, com algum atraso, o avanço da indústria, da agropecuária e do comércio de bens.
(Pág. A3)

Chicana

Entidades alegam que o auxílio-moradia é “legal”.
(Pág. A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Violência barra Correios em 44% dos locais do Rio
Levantamento mostra restrições de entrega em 12.037 endereços da cidade


O aumento da criminalidade levou os Correios a suspender entregas em pouco menos da metade do Rio. Há algum tipo de restrição em 44% dos 27.616 endereços da cidade. Nos locais, a distribuição só é feita com aparato especial, como escolta armada, o que amplia o prazo para recebimento. Dentro do universo com restrição, não há nenhuma entrega em quase metade dos casos. O morador precisa buscar a encomenda em uma unidade dos Correios.

O levantamento foi feito pela Folha com base nos dados dos Correios. Tabulação semelhante no ano passado revelou problemas de entrega em 29% dos CEPs da cidade de São Paulo. A situação do Rio, cuja intervenção na segurança foi decretada sexta (16), é "endêmica", dizem os Correios. Para a estatal, que investiu R$ 20 milhões em escolta, rastreadores e gerenciamento de risco, o "ambiente de violência" afeta toda a cadeia produtiva. (Cotidiano B1)
Gregório Duvivier
Soma de furtos no RJ não supera verba no apê do Geddel (Ilustrada C5)
MathiaS AlencaStro
Cidade não precisa de um presidente deslegitimado (Mundo A15)
‘Entrevista da 2ª - Andreas Schleicher
Brasil investe pouco e mal na área de educação

O país está no nível mais baixo de investimentos em educação e precisa não só aumentá-los como aprender a usá-los com eficiência, diz o diretor do setor educacional da OCDE e um dos criadores do Pisa, teste global de aprendizagem aplicado pela entidade. (Pág. A16)
Governadores negociaram PEC na Previdência
Por apoio à reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ofereceu proposta de emenda constitucional (PEC) para reestruturar as previdências públicas dos Estados. Na última reunião de avaliação compareceram 17 governadores. (Mercado A21)
Forças Armadas são pressionadas para aceitar transexuais (Poder A10)

Editorial
"Desgoverno", sobre riscos e motivações da intervenção federal na segurança do Rio, e "O 'S' dos Brics", a respeito de crise política na África do Sul. (Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Redação Ti Nota 10 - Klauss

Atualidades 18/08/2020

Multimídia, Hipertexto e Hipermídia