Atualidades 21 de março de 2018

Ser generoso é uma das virtudes mais valiosas de um ser humano! Confira nossas frases, reflita e compartilhe!


O Globo
Manchete: Investigado nos EUA, Facebook perde US$ 50 bi
Polícia busca imagens na Câmara municipal
Maioria no STF quer que Cármen rediscuta segunda instância
Juízes contrariam decisão do STF e mantêm grávidas presas (PÁGINA 7)
Equipe econômica quer orçamento próprio e mais poderes para BC (PÁGINA 19)
Na França, Sarkozy é detido por suspeita de doação ilegal de Kadafi (PÁGINA 25)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Impasse sobre 2ª instância agrava crise no Supremo
BC quer ter poder de veto a dirigentes de bancos federais
Em Roraima, brasileiros expulsam venezuelanos
País ampliará vacinação contra a febre amarela
Por Marielle, ONGs protestam na ONU
Vera Magalhães - Aécio fora da eleição?
Notas & Informações - Operação sem fim 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: EUA e Europa investigam uso de dados do Facebook
Cármen Lúcia se isola no STF por prisão em 2- instância
Temer aciona AGU para dar crédito da Caixa aos estados (Mercado A21)
Ministro afirma que vetará ensino médio a distância
Caso Marielle pode não ser retaliação a ela, diz antropóloga
Foto- legenda: Forrozeiro
Editoriais - Leia “Tribulações federais”, sobre a intervenção na segurança pública
do Rio, e “Quinze anos de um erro”, acerca da invasão do Iraque pelos EUA. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

21 de março de 2018
O Globo

Manchete: Investigado nos EUA, Facebook perde US$ 50 bi
Consultoria acessou dados de usuários

Parlamentos europeu e britânico e Congresso americano pressionam Mark Zuckerberg

Desde a revelação de que a consultoria política Cambridge Analytica, que participou das campanhas de Donald Trump e do Brexit, teve acesso a dados de 50 milhões de seus usuários, o Facebook já perdeu US$ 50 bilhões e está sob intensa pressão. A amplitude do uso das informações para fins eleitorais levou a Comissão Federal de Comércio dos EUA a investigar o caso, e os parlamentos europeu e britânico e o Congresso americano a cobrar explicações de Mark Zuckerberg, fundador e CEO da rede social. No Reino Unido, a multa pode chegar a 4% dos negócios globais. (PÁGINAS 23 e 24)
Polícia busca imagens na Câmara municipal
Agentes recolhem registros das câmeras instaladas no Palácio Pedro Ernesto

Atrás de pistas que levem aos assassinos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, equipes de investigadores estiveram na Câmara municipal, onde recolheram imagens da movimentação no local gravadas pelas câmeras internas e no lado de fora do prédio. Duas hipóteses ganham força na motivação do crime: vingança de milicianos ou de alguém atingido por uma denúncia da vereadora. No Centro da cidade, milhares de pessoas caminharam da Candelária até a Cinelândia, em atos que homenagearam as duas vítimas. (PÁGINAS 8 e 9)

Tropas da intervenção deixarão Vila Kennedy para dar lugar à PM (PÁGINA 13)
Maioria no STF quer que Cármen rediscuta segunda instância
A maioria dos ministros do Supremo defende a volta da discussão sobre a prisão em 2ª instância. Para Celso de Mello, a presidente do STF, Cármen Lúcia, passará por “constrangimento inédito” por não ter pautado a discussão. (PÁGINA 3)
Juízes contrariam decisão do STF e mantêm grávidas presas (PÁGINA 7)

Equipe econômica quer orçamento próprio e mais poderes para BC (PÁGINA 19)

Na França, Sarkozy é detido por suspeita de doação ilegal de Kadafi (PÁGINA 25)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Impasse sobre 2ª instância agrava crise no Supremo
Decisão de Cármen Lúcia de não discutir assunto em plenário e reunião frustrada expõem divisão na Corte

A decisão da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, de não colocar a prisão após condenação em segunda instância em discussão em plenário e a dificuldade para realizar reunião entre os ministros para debater o tema, inicialmente marcada para ontem, expuseram o impasse dentro da Corte. O Supremo já decidiu, por 6 votos a 5, pelo cumprimento de pena após condenação em segundo grau, mas o assunto voltou a dividir os ministros com a possibilidade de prisão do ex-presidente Lula, condenado a 12 anos e 1 mês. Ontem, o decano, Celso de Mello, afirmou que faltou pouco para que algum ministro apresentasse, em sessão na semana passada, uma questão de ordem que poderia levar a novo julgamento das ações que tratam do tema, mesmo sem a iniciativa da presidente. A decisão inédita, segundo ele, seria um “constrangimento”. “Nunca aconteceu na história do Supremo”, disse. (POLÍTICA / PÁG. A4)
BC quer ter poder de veto a dirigentes de bancos federais
O Banco Central estuda pedido de mudanças na legislação para ter poder de veto sobre a nomeação de dirigentes de bancos públicos federais. A lei hoje exige autorização do BC somente para a nomeação de diretores de bancos privados e públicos estaduais. A brecha tem permitido que funcionários sem qualificação técnica assumam cargos de comando nas instituições controladas pela União. (ECONOMIA / PÁG. B1)
Em Roraima, brasileiros expulsam venezuelanos
Um grupo de 300 manifestantes brasileiros expulsou cerca de 200 venezuelanos de um abrigo de imigrantes em Mucajaí, a 50 quilômetros de Boa Vista, capital de Roraima. O conflito ocorreu na segunda-feira depois que, no domingo, uma briga deixou um brasileiro e um venezuelano mortos. Protestos contra os imigrantes foram registrados também em Pacaraima, cidade da fronteira. (INTERNACIONAL / PÁG. A11)
País ampliará vacinação contra a febre amarela
A vacinação contra a febre amarela será ampliada no País. A medida, determinada ontem pelo Ministério da Saúde, deve se prolongar até abril de 2019 e alcançar 77,5 milhões de pessoas. Desde julho, a doença já matou 300 pessoas. (METRÓPOLE / PÁG. A16)
Por Marielle, ONGs protestam na ONU
Cem ONGs e entidades internacionais se uniram para denunciar o Brasil na ONU e pedir investigação independente sobre a morte da vereadora Marielle Franco. (METRÓPOLE / PÁG. A15)
Vera Magalhães
Aécio fora da eleição?

Aécio Neves não deve ser candidato a nada em outubro. Ele acredita que o STF vai restringir em muito o foro privilegiado e, assim, perderia sentido buscar um mandato. (PÁG. A6)
Notas & Informações 
Operação sem fim

A Operação Lava Jato completou quatro anos no dia 17 com números expressivos. Foram 49 fases, com 188 pessoas condenadas por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. (PÁG. A3)

Quem paga a conta

Por que os contribuintes dos outros Estados terão que bancar a esbórnia dos administradores do Rio de Janeiro? (PÁG. A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: EUA e Europa investigam uso de dados do Facebook
Com escândalo, rede social perde US$ 50 bilhões em valor de mercado

Estados Unidos e Europa adotaram nesta terça-feira (20) as primeiras medidas em retaliação ao Facebook, em meio às denúncias de uso indevido de dados sigilosos de usuários da rede social. A Comissão de Comércio americana abriu apuração contra a empresa, que poderá ser multada em bilhões de dólares ao final do caso. Essa é a primeira consequência prática contra o Facebook após a revelação de interferência eleitoral operada pela Cambridge Analytica, que desviou dados de até 50 milhões de clientes da rede. EUA e Europa querem que o presidente e fundador da empresa, Mark Zuckerberg, dê explicações sobre o tema. Ele ainda não se manifestou sobre as convocações e as denúncias, que já levaram a uma perda de US$ 50 bilhões em valor de mercado da gigante de tecnologia. No Reino Unido, autoridades impediram a auditoria encomendada pelo Facebook no escritório da consultoria Cambridge Analytica por medo de que detalhes sobre o desvio fossem apagados. Ex-funcionário do Facebook, Sandy Parakilas afirmou ao jornal britânico The Guardian que avisou executivos da empresa sobre a proteção frouxa das informações de usuários. 0 Facebook passou a ser alvo de diversas campanhas de boicote. (Mercado A17)
Cármen Lúcia se isola no STF por prisão em 2- instância
A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, se isolou ainda mais de seus colegas ao se recusar a reabrir o debate sobre prisões após condenação em segunda instância. 0 decano da corte, Celso de Mello, propôs uma reunião entre os ministros, mas ela não ocorreu. Como consequência, Marco Aurélio deve levar o tema ao plenário hoje. (Poder A4)
Temer aciona AGU para dar crédito da Caixa aos estados (Mercado A21)

Ministro afirma que vetará ensino médio a distância
O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), disse que vetará a proposta de liberar 40% de aulas a distância no ensino médio, caso seja aprovada. 0 plano está sob análise do Conselho Nacional de Educação, ligado ao MEC. (Cotidiano B5)
Caso Marielle pode não ser retaliação a ela, diz antropóloga
A antropóloga Alba Zaluar, professora da Uerj, diz que a morte de Marielle Franco pode extrapolar a retaliação às denúncias que fazia. Para ela, há policiais interessados em sabotar a intervenção e extremistas de direita com objetivos eleitorais. (Cotidiano B6)
Foto- legenda: Forrozeiro
O governador de SP Geraldo Alckmin dança em evento sobre a água no DF;
em tom de campanha, tucano diz que vai reformar a Previdência no início de 2019 (Poder A10)
Editoriais
Leia “Tribulações federais”, sobre a intervenção na segurança pública
do Rio, e “Quinze anos de um erro”, acerca da invasão do Iraque pelos EUA. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Redação Ti Nota 10 - Klauss

Atualidades 18/08/2020

Multimídia, Hipertexto e Hipermídia