Atualidades 11 de maio de 2018



O Globo
Manchete: Vereador, PM e ex-PM são investigados, diz ministro
Documento da CIA indica que Geisel autorizou execuções
Maioria do PMDB não quer apoio a Alckmin
Liminar devolve direitos a Paes
Míriam Leitão - Petrobras volta ao topo da Bolsa brasileira 
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Receita cria grupo para investigar 800 agentes públicos
Geisel deu aval à execução de opositores do regime, diz CIA
Educação avalia dar ‘voucher’ a pais
Tesouro tem R$ 647 bi em reservas para enfrentar crise
MP denuncia ex-vereador do PT
Vereador é investigado pela morte de Marielle (METRÓPOLE / PÁG. A18)
Haddad é denunciado por caixa 2 de R$ 2,6 bi (POLÍTICA / PÁG. A6)
Colunistas  - Eliane Cantanhêde  - Há mobilização para limitar o foro privilegiado também para o Executivo e o Judiciário. Resta ver se vai andar mesmo. (POLÍTICA / PÁG. A6)
Celso Ming - Cesta de consumo para cálculo do IPCA está desatualizada em 9 anos. A diferença anual é de cerca de 0,5 ponto. (ECONOMIA / PÁG. B2)
Notas & Informações - A previdência nos Estados 
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: SP tem 25 mil edifícios fora de regra mais dura antifogo
Geisel avalizou execuções na ditadura, diz documento
Governador de SP acelera medidas visando eleições
Parcerias com setor privado ameaçam caixa de governos
Nelson Barbosa - Eleições precisam incluir discussões sobre Orçamento 
Notas & Informações - Mais Bolsa Família 
------------------------------------------------------------------------------------


11 de maio de 2018
O Globo

Manchete: Vereador, PM e ex-PM são investigados, diz ministro
Jungmann afirma que apuração está chegando à ‘etapa final’

Polícia isola local do crime para reconstituição; um dos suspeitos, o ex-PM Orlando Araújo nega participação

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, confirmou que o vereador Marcello Siciliano (PHS), um policial militar e um ex-PM citados por testemunha-chave como envolvidos na morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) estão sendo investigados pelo crime. O teor dos depoimentos da testemunha, que está sob proteção da Polícia Civil, foi revelado pelo GLOBO. Jungmann disse que a apuração do assassinato está chegando ao fim. O ex-PM Orlando Oliveira de Araújo, um dos suspeitos, preso em Bangu 9, negou participação. Ontem, policiais isolaram o local do crime, no Estácio, para uma reconstituição. (PÁGINA 9)
Documento da CIA indica que Geisel autorizou execuções
Memorando da agência americana para Kissinger diz que assassinato de opositores era política de Estado

Documento de um ex-diretor da CIA para o então secretário de Estado dos EUA Henry Kissinger, de 11 de abril de 1974, afirma que o então presidente Ernesto Geisel sabia da execução de 104 opositores da ditadura militar durante o governo Médici. O texto afirma que ele autorizou que as execuções continuassem, como política de Estado, com apoio do general João Figueiredo, então chefe do SNI, que o sucederia na Presidência, em 1979. O memorando foi encontrado pelo pesquisador Matias Spektor, da Fundação Getulio Vargas, que o classificou como “o documento mais perturbador” que leu em 20 anos de pesquisa. Em nota, o Exército informou que os documentos relativos ao período foram destruídos. (PÁGINA 3)

BERNARDO MELLO FRANCO

IMAGEM DESMANCHADA

Relatório da CIA mostra que Geisel deu sinal verde à barbárie. (PÁGINA 2)
Maioria do PMDB não quer apoio a Alckmin
Levantamento do Palácio do Planalto, obtido pelo GLOBO, mostra que eventual apoio ao tucano Geraldo Alckmin na disputa presidencial é rejeitado por 20 dos 27 diretórios estaduais do PMDB. Se a convenção nacional fosse hoje, 508 dos 629 delegados votariam contra a possível aliança. (PÁGINA 4)
Liminar devolve direitos a Paes
O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, concedeu liminar devolvendo direitos políticos ao ex-prefeito Eduardo Paes e ao ex-secretário Pedro Paulo. (PÁGINA 8)
Míriam Leitão
Petrobras volta ao topo da Bolsa brasileira

Empresa petroleira pagou 70% a mais em participações governamentais. (PÁGINA 20)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Receita cria grupo para investigar 800 agentes públicos
Objetivo é identificar lavagem de dinheiro, corrupção e ocultação de bens

A Receita Federal montou grupo com auditores fiscais especializados para investigar cerca de 800 agentes públicos de Legislativo, Executivo e Judiciário suspeitos de ter cometido fraudes tributárias, informam Adriana Fernandes e Fabio Serapião. O objetivo é mapear até o fim do mês cerca de 50 agentes públicos – como parlamentares, chefes de governo, juízes, procuradores – como alvos de novas investigações de possíveis crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e ocultação de bens. Em vez de atuar a pedido de outras instituições, a Receita vai fazer suas próprias apurações. Caso encontre indícios de crime fora do campo tributário, encaminhará o caso para o Ministério Público e a Polícia Federal. Segundo o subsecretário de Fiscalização da Receita, Iágaro Jung Martins, o objetivo é utilizar a experiência acumulada na atuação conjunta com a PF e MPF em grandes operações para fortalecer o trabalho de fiscalização. (POLÍTICA / PÁG. A4)
Geisel deu aval à execução de opositores do regime, diz CIA
Documento escrito pelo diretor da CIA em 1974, William Colby, afirma que o presidente Ernesto Geisel autorizou a continuidade da política de “execução sumária” de opositores do regime feita pelo antecessor, Emílio Garrastazu Médici. Segundo o memorando, os assassinatos deveriam receber autorização do Planalto, mediante consulta ao general João Figueiredo, então diretor do SNI. (POLÍTICA / PÁG. A10)
Educação avalia dar ‘voucher’ a pais
João Cury Neto, secretário estadual da Educação empossado há 15 dias, avalia dar dinheiro para famílias escolherem o transporte escolar e a merenda dos filhos. (METRÓPOLE / PÁG. A16)
Tesouro tem R$ 647 bi em reservas para enfrentar crise
Apesar da crise fiscal, o Brasil está, hoje, mais preparado para enfrentar as turbulências de mercado. O volume de recursos do Tesouro para bancar o pagamento de títulos públicos triplicou em cinco anos e chegou a R$ 647,4 bilhões. As reservas internacionais são de US$ 381,6 bilhões. (ECONOMIA / PÁG. B1)
MP denuncia ex-vereador do PT
O ex-vereador Maninho do PT e seu filho foram denunciados por tentativa de homicídio contra o empresário Carlos Alberto Bettoni, na frente do Instituto Lula. (POLÍTICA / PÁG. A6)
Vereador é investigado pela morte de Marielle (METRÓPOLE / PÁG. A18)

Haddad é denunciado por caixa 2 de R$ 2,6 bi (POLÍTICA / PÁG. A6)

Colunistas 
Eliane Cantanhêde

Há mobilização para limitar o foro privilegiado também para o Executivo e o Judiciário. Resta ver se vai andar mesmo. (POLÍTICA / PÁG. A6)

Celso Ming

Cesta de consumo para cálculo do IPCA está desatualizada em 9 anos. A diferença anual é de cerca de 0,5 ponto. (ECONOMIA / PÁG. B2)
Notas & Informações 
A previdência nos Estados

Números e circunstâncias mostram a premência de uma ampla reforma da aposentadoria dos funcionários públicos para a busca do equilíbrio fiscal. (PÁG. A3)

Inflação, juros e crescimento

Inflação baixa é o maior benefício possível para famílias com o desemprego elevado. (PÁG. A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: SP tem 25 mil edifícios fora de regra mais dura antifogo
Quase metade dos prédios da cidade foi construída antes de incêndio no Joelma
(1974), que levou a mudança nas normas

De todos os prédios de São Paulo, 47% foram construídos quando precisavam ter pouco mais que extintores e hidrantes como itens de prevenção e combate a incêndios, de acordo com dados tabulados pela Folha. Segundo a base de informações do IPTU de 2017, da prefeitura, a capital paulista tem 53 mil prédios. Destes, 24,7 mil foram construídos antes de 1974, quando um incêndio no edifício Joelma, na região central da cidade, deixou 189 mortos. À tragédia se seguiram amplas alterações nas normas de prevenção afogo. Até então, o tema era regulado pelo Código de Obras de 1929. Uma especificação do Corpo de Bombeiros exigia somente hidrantes e extintores sinalizados. Uma semana depois do fogo no Joelma, a prefeitura publicou decreto com conjunto mais extenso de normas. Os prédios erguidos antes da entrada em vigor dessas regras têm estruturas antifogo mais frágeis em relação às construções atuais. E o caso do Wilton Paes de Almeida, de 1961, que desabou no dia 1º após incêndio, deixando cinco mortos e seis desaparecidos. (Cotidiano B1)
Geisel avalizou execuções na ditadura, diz documento
Documento de 1974 liberado pelo governo americano mostra que, segundo relato do chefe da CIA, o ex-presidente Ernesto Geisel (1974-1979) aprovou a continuidade de uma política de “execuções sumárias” de adversários da ditadura militar no Brasil. Os papéis, públicos desde 2015, foram divulgados pelo colunista da Folha Matias Spektor. (Poder A8)
Governador de SP acelera medidas visando eleições
Em dois decretos de abril, Márcio França (PSB) encurtou caminho para a transferência de recursos do estado a municípios. França, que substituiu Geraldo Alckmin (PSDB), tenta crescer nas pesquisas eleitorais para governador — no Datafolha de abril, teve 8%. (Poder A4)
Parcerias com setor privado ameaçam caixa de governos
Levantamento feito pela Folha mostra que 53 estados e prefeituras têm parcerias público-privadas, mas 80% deles não acompanham o impacto fiscal de longo prazo desses contratos — que implicarão pagamentos mensais por até 35 anos. (Mercado A17)
Nelson Barbosa
Eleições precisam incluir discussões sobre Orçamento

Reformar o Orçamento público é inevitável, e isso tem de ser debatido durante as eleições, se não pelos partidos políticos, ao menos pelos economistas. Quem não reformar não governa. (Mercado A22)
Notas & Informações 
Mais Bolsa Família

Sobre alta dos benefícios e uso político do programa.

Equívoco sem partido

Acerca de projeto que proíbe doutrinação na escola. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Redação Ti Nota 10 - Klauss

Atualidades 18/08/2020

Multimídia, Hipertexto e Hipermídia