Questões Comentadas - DC

Agradeceria imensamente se pudesse esclarecer a seguinte dúvida:
Há iniciativa reservada em sede de Emenda à CF? e quanto à Constituição Estadual?
Me surgiu essa dúvida ao verificar os julgados do STF, como por exemplo:

ADI e Regime Jurídico de Servidores Públicos Militares
Por entender usurpada a iniciativa reservada ao Chefe do Poder Executivo para instauração do processo legislativo em tema concernente à definição do regime jurídico dos servidores públicos militares (CF, art. 61, § 1º, II, f), de observância obrigatória pelos Estados-membros, o Tribunal julgou procedente pedido formulado em ação direta ajuizada pelo Governador do Estado do Rio de Janeiro para declarar a inconstitucionalidade da Emenda Constitucional 2/91, à Constituição estadual, de origem parlamentar, que, incluindo um parágrafo único no art. 92 desta, assegurou direitos aos servidores militares e estabeleceu que a sua regulamentação seria feita por lei de iniciativa do Executivo.
ADI 858/RJ, rel. Min. Ricardo Lewandowski, 13.2.2008. (ADI-858)

Segundo alguns autores não existe reserva de iniciativa em emanda à CF, nesse caso, qualquer matéria será de iniciativa concorrente em Emenda a CF.

Nesse caso, o princípio da simetria constitucional não deveria ser obrigatório??

Concordo com a tese que defende a iniciativa privativa (ou exclusiva) apenas para leis complementares e ordinárias, portanto faço coro com aqueles que defendem que não cabe iniciativa reservada para projetos de emenda à Constituição. É o meu entendimento doutrinário. Diverso, como vc ilustrou tão bem, no entanto, é o entendimento jurisprudencial do STF.
Em uma prova vc ficaria com quem? Comigo ou com o STF? Se vc respondeu que ficaria comigo precisa de urgentemente de ajudar psiquiátrica.
By Silvyo Mota
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos