Depoimento de um Aprovado STF


Grande leoanasi. Acho que a aprovação em concurso público é a soma de tempo, disciplina, material de qualidade e estratégia. Primeiro: fazer um bom cursinho de português. Depois fazer outro de português. Outro avançado e mais um de redação. E fazer provas anteriores todo dia. E fazer o mesmo para os Direitos, principalmente Constitucional e Administrativo. Inglês não adianta: ou sabe-se ou não se sabe. Atualidades é ler boas revistas e Internet (sugiro cartacapital). Alguns se dão bem com exercícios, outros, como eu, vão melhor pela repetição. Já perdi a conta de quantas vezes li a CF/88, 8112, 8666, 9784 etc. O pessoal de TI ainda dá pouca importância à parte básica das provas. Isso é pra ser gabaritado! É ponto garantido, ao meu ver. Quanto à TI: comprei bons livros (pressman, tanenbaum, larman, sommerville, navathe etc etc). Cursinhos de TI estão bons em Brasília, vale a pena fazer. Ajuda muito. Gravei aulas, ouvi a CF no rádio do carro, comprei o superprovas, fiz cronograma de estudo, arrumei um bom ambiente de estudo, fiquei anti-social. Isso mesmo, esqueça cinema, churrasco, aniversário, mãe, todos. A recompensa será os parabéns e o reconhecimento deles. A experiência na profissão também ajuda, bem como cursos dados onde vc trabalha. Eu fiz tudo. Ajuda o fato de eu trabalhar até às 14h e não estudar à noite. Esse é o fator tempo. Tempo de sobra é ruim, pois exige mais disciplina. Pouco tempo também é ruim, pois falta tempo hábil para ler tudo e cobrir todo o edital. Cobrir todo edital: sem essa de "isso não vai cair". Se cair Turbo Pascal no edital, eu estudo. Sabe lá... Pro dia da prova, vale a estratégia e a frieza/calma. Minha estratégia era gabaritar a parte básica da prova do STF, mais inglês e raciocínio lógico (essa só sai com muito exercício). Só aí eram 90 pontos! Procurei fazer 50% da prova de TI, apesar de não ter deixado nada em branco. Deu certo. Acabei fazendo o suficiente para ficar nas vagas. Pra redação, li muito sobre os modelos de TI e PETI. Até curso de caligrafia eu fiz... O tempo de aprovação depende de cada um. Estou nisso desde 2002. Tenho um brother que passou nas vagas do TJ para TI e estudou um mês, mas com estratégia: estudar bem o edital, ver provas anteriores e estudar por fontes resumidas, claras e que vão direto ao assunto. Mesmo assim, ainda há candidatos que tiram notas maiores que a sua. Ou seja, nunca se estuda o suficiente. E cada prova é uma prova. Cada uma exige uma estratégia. Mas chega um momento, pela quantidade de estudos, que os itens começam a se repetir. Daí seu rendimento vai melhorando. Bem, bla bla bla. Acho que é abrir a mão e investir em livros e cursinhos. Criar coragem pra digerir um Pressman ou Tanenabaum e se isolar no estudo. Acho que assim fica bem.

Mas ainda há o resultado da redação... posso reprovar... heheheeeeee
AlessandroPA

Type rest of the post here
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016