Atualidades - 08/09/08

MANCHETES DOS JORNAIS
Folha de SP = EUA intervêm para salvar gigantes do setor imobiliário
O Globo = Candidatos prometem livrar vans da fiscalização do Detro
O Estado de SP = EUA injetam US$ 200 bi para garantir hipotecas
Jornal do Brasil = Indústria de ONGs cresce há seis anos
Correio Braziliense = Detran cancela multa em 21% dos recursos no DF
Estado de Minas = Sonho de ficar rico no exterior vira pesadelo
Valor Econômico = Nova múlti brasileira, Magnesita compra LWB
Gazeta Mercantil = Até 2012, Brasil ganha 3º lugar em celulose
Zero Hora (P.Alegre) = Justiça eleitoral rejeita 209 candidaturas no Rio Grande do Sul
A Tarde (Salvador) = Violência isola 13 áreas de Salvador
O Povo (Fortaleza) = Luizianne sobe; disputa Moroni x Patrícia se acirra
Jornal da Tarde (SP) = Metrô de São Paulo é o mais lotado do mundo
Diário Catarinense (Florianópolis) = Quase metade esqueceu em qual vereador votou nas eleições de 2004
Jornal de Brasília = Força total contra invasões
Gazeta do Povo (Curitiba) = Guerra fiscal tira 8,5 mil empregos no Paraná
Diário de S. Paulo = 3.900 multas de trânsito são anuladas por mês na capital
Jornal do Commercio (Recife) = Triplio homicídio no Espinheiro

DESTAQUES DAS REVISTAS SEMANAIS

REVISTA VEJA
Matéria de Capa: 40 PROPOSTAS PARA O BRASIL = No seminário "O Brasil que Queremos Ser", VEJA reuniu 500 das personalidades mais influentes da política, da economia e da cultura para pensar o futuro do país. O debate deu origem a 40 propostas.
1) Reação imediata contra arapongas = A decisão do governo de conter a ousadia dos espiões oficiais na Abin e na PF encheu os ouvidos do presidente Lula de desculpas esfarrapadas.
2)Entrevista: Hoje não, querida! = Terapeuta americana Michele Weiner Davis diz que a falta de desejo sexual é tão comum entre os homens quanto entre as mulheres. Elas reclamam.
3)A reação dos republicanos = Sarah Palin pode ter silhueta de bonequinha de luxo, mas, no seu primeiro discurso ao país, ela mostrou que morde feito um pit bull de batom.

REVISTA ÉPOCA
Matéria de Capa: POR DENTRO DA GRAMPOLÂNDIA = O universo clandestino dos arapongas que ameaçam juízes, empresários, políticos – e mais de 5 milhões de cidadãos brasileiros.
1) Mamãe é Down = Há no mundo cerca de 30 casos documentados de mulheres com a síndrome que deram à luz. Uma delas é Maria Gabriela, cuja filha Valentina não herdou a deficiência intelectual do pai, nem a síndrome de Down da mãe.
2) Dentro de mim mora um anjo = Márcio é pai, marido e homem de negócios. Sob a camisa, esconde o desejo de se vestir de mulher e se tornar Márcia. Como entender o mundo ambíguo de um "crossdresser"?
3) Nasce um novo islã = Sete anos depois dos ataques de 11 de setembro, os terroristas da Al Qaeda enfrentam um poderoso inimigo: o teólogo que inspirou sua "guerra santa" virou pacifista.

REVISTA ISTO É
Matéria de Capa: O ESPIÃO = Como o agente Francisco Ambrósio do Nascimento, da Abin, um ex-agente do extinto SNI, coordenou na Polícia Federal a equipe que fez a escuta de 18 senadores, 26 deputados, ministros do governo e das mais altas autoridades do Judiciário.
1) A era da idade indefinida = Numa época em que a juventude é cada vez mais valorizada, homens e mulheres custam a mostrar sinais de envelhecimento valendo-se de exercício, dieta e dos avanços da medicina estética.
2) Cidade sob a mata = Pesquisadores descobrem no Alto Xingu vestígios de antigas vilas que desapareceram há cerca de 400 anos. Essa descoberta pode dar lições para atuais práticas de sustentabilidade.
3) Ovelha negra = A economista Mariana Almeida, filha de banqueiro, quer ser vereadora em São Paulo pelo PSOL, um partido que condena os lucros dos bancos.

REVISTA EXAME
Matéria de Capa: MAIS DE 1.000.000 DE REAIS = Pesquisa Hay Group/EXAME mostra que o número de profissionais com ganho anual acima de 1 milhão de reais no Brasil dobrou nos últimos três anos. Uma ótima notícia para os executivos e um desafio para as empresas.

REVISTA CARTA CAPITAL
Matéria de Capa: O DONO DO BRASIL = Faz-se de tudo para que Daniel Dantas seja feliz... Ainda na edição, a classe média emergente faz as redes de varejo investirem e o uso do titânio em próteses que melhoram a vida de mutilados.

REVISTA ISTO É DINHEIRO
Matéria de Capa: O ENIGMA APPLE = Uma suposta doença do criador da Apple lança a dúvida: o que fará a empresa para manter sua mística de inovação sem a presença de seu líder?



08 de setembro de 2008
O Globo



Candidatos prometem livrar vans da fiscalização do Detro

Quatro candidatos a prefeito no Rio – Marcello Crivella (PRB), Jandira Feghali (PCdoB), Solange Amaral (DEM) e Paulo Ramos (PDT) – assinaram ontem documento se comprometendo a rever o convênio que transferiu para o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio (Detro) a fiscalização das vans. O acordo foi firmado entre o governo do estado e a prefeitura, mas as cooperativas de vans querem se livrar da fiscalização do Detro. (págs.1 e 3)

Governo adia o anúncio do Plano de Defesa

O governo adiou o anúncio do Plano Nacional de Defesa, previsto para ontem. O ministro Mangabeira Unger disse que o plano causará polêmica e que o presidente Lula quer ampliar o debate. Mangabeira defendeu a criação de um órgão fundiário para cuidar da Amazônia. (págs. 1 e 8)

Federais agora criam cotas para alunos de periferia

Depois das cotas para negros, índios e alunos de escolas públicas, universidades federais criaram a cota para estudantes do interior ou da periferia. A Universidade de Brasília (UnB) e a Universidade Federal de Pernambuco já implantaram o sistema, chamado de "bônus regional". O MEC não aprova. (págs. 1 e 8)

Orçamento prevê R$ 2 bi para o Rio

O Rio é o estado com maior previsão de investimentos federais em 2009: R$ 2,085 bilhões. Nem tudo, porém, pode ser liberado: este ano, até agora, só 6% de R$ 1,7 bilhão para investimentos no estado foram executados. (págs. 1 e 10)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo



EUA intervêm para salvar gigantes do setor imobiliário

O governo dos EUA anunciou ontem um pacote de até US$ 200 bilhões para salvar as empresas que dominam o crédito imobiliário do país, Fannie Mae e Freddie Mac. Ambas foram colocadas sob intervenção federal por tempo indeterminado. Após concluída, a operação deverá tornar-se a maior da história americana. (págs. 1, B1 e B4)

Discussão sobre pré-sal é ruim para a Petrobras, afirma a CVM

A presidente da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), Maria Helena Santana, diz que o Brasil precisa aprender a discutir questões que mexem com o mercado de ações. Desde a descoberta da camada pré-sal, declarações de autoridades do governo e de agências reguladoras têm provocado oscilações e prejudicando os acionistas da Petrobras. (págs. 1 e B8)

Marta Suplicy não paga taxa de lixo, e prefeitura cobra na Justiça

A prefeitura está cobrando judicialmente uma dívida de R$ 463,84 referente a parcelas não pagas da taxa do lixo de um apartamento da candidata Marta Suplicy (PT). A taxa foi criada em 2003, pela então prefeita, e extinta em 2006 por Gilberto Kassab, seu adversário de campanha. Ela diz que desconhecia o débito e promete quitá-lo hoje. (págs. 1 e A7)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo



EUA injetam US$ 200 bi para garantir hipotecas

O Departamento do Tesouro americano anunciou ontem que injetará até US$ 100 bilhões em cada uma das duas gigantes de crédito hipotecário do país, a Fannie Mae e a Freddie Mac. Ambas respondem por metade do mercado hipotecário do país, com garantias de títulos avaliadas em US$ 5,2 trilhões, e juntas vinham apresentando perdas significativas, avaliadas em US$ 14 bilhões desde o começo do ano. (págs. 1 e B1)

Petrobras agora `é nossa querida'

Pela terceira vez em duas semanas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez rasgados elogios à Petrobras. Em cadeia nacional de rádio e TV, ele chamou a estatal de "nossa querida" e disse que a descoberta do pré-sal é o "passaporte para o futuro". Já no desfile de 7 de setembro na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, o tema da vez foi o petróleo da camada pré-sal, com jovens carregando maquetes de plataformas da Petrobras e desfilando ao lado da bandeira da empresa. (págs. 1 e B5)

Alckmin ataca tucanos que apóiam Kassab

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, Geraldo Alckmin, atacou os tucanos que apóiam o prefeito Gilberto Kassab (DEM). "Essas pessoas não têm compromissos com o povo ou o partido. Eles têm compromisso com os cargos que ocupam na prefeitura", disse Alckmin, que vem perdendo pontos nas pesquisas de intenção de voto e corre risco de ficar fora do segundo turno. "Nem ele acredita no que disse", afirmou o tucano Walter Feldman, secretário de Esportes de Kassab. (págs. 1 e A4)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil



Indústria de ONGs cresce há seis anos

As irregularidades em convênios firmados por ONGs com prefeituras do interior do Rio, investigadas pelo Ministério Público e denunciadas ontem pelo JB, já tinham sido detectadas em um outro processo, de 2002. O foco da apuração, na época, era o município de Aperibé. Hoje o raio de atuação do esquema se ampliou. (págs. 1 e Eleições A7)

Briga pelo controle da Abin adia PAC militar

Divergências em torno da proposta de a Agência Brasileira de Inteligência passar para os militares levaram ao adiamento da festa pelo Dia da Independência. A idéia é defendida pelo ministro da pasta, Nelson Jobim, mas encontra resistências na cúpula do governo. (págs. 1, Tema do dia A2 e A3)

Crise castiga as empresas novatas na Bolsa de Valores

A turbulência mundial pegou em cheio o mercado brasileiro. Das 66 empresas que abriram capital desde janeiro do ano passado, 54 ficaram abaixo do Ibovespa, o principal índice do setor. Pior: as ações de oito em cada 10 companhias valem menos agora. (págs. 1 e Economia A18)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense



Detran cancela multa em 21% dos recursos no DF

As falhas técnicas na fiscalização eletrônica das vias do Distrito Federal são raras, assegura o diretor-geral do Departamento de Trânsito, Jair Tedeschi. No entanto, acontecem. E, somadas aos erros humanos nos autos de infração, provocaram a aprovação de 21% dos 12.711 recursos que o órgão recebeu nos oito primeiros meses deste ano. No total, foram expedidas 122.701 multas, mas apenas 10% dos motoristas recorreram. Deles, 2.689 anularam a cobrança na defesa prévia. Equipamentos recebem manutenção e são fiscalizados pelo Inmetro, porém especialistas são unânimes: os condutores devem ficar atentos. (págs. 1 e 19)

A pátria em festa

Shows no céu, com pára-quedistas, esquadrilha da fumaça e caças de guerra, e na terra, com desfile aberto pelo atleta César Castro e ex-pracinhas, atraíram 35 mil brasilienses à esplanada para comemorar a independência. Sem conseguir fechar o orçamento, governo adia anúncio do plano estratégico de defesa. (págs. 1, 2 a 4,15 a 17 e 22)

Nas costas dos pobres

Carga de imposto sobre o consumo pesa menos no bolso dos endinheirados (págs. 1 e 10)

Do sonho ao crime lá fora

Como 4 mil brasileiros foram parar atrás das grades em outros países. (págs. 1 e 14)

------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico



Nova múlti brasileira, Magnesita compra LWB

Seguindo a trilha de outros grupos empresariais brasileiros que estão apostando firmemente na internacionalização dos negócios, a Magnesita, maior empresa de refratários do país e a 10ª do mundo, fechou ontem a compra da companhia alemã LWB por € 657 milhões. Essa operação, que fará da Magnesita a terceira maior do mercado mundial de refratários, não esgota o interesse de seus dirigentes em crescer por meio de aquisições. (págs. 1 e B6)

FAT passará a ter déficit já em 2010

O Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) terá neste ano seu último exercício com superávit bilionário. Nas previsões do Tribunal de Contas da União, o saldo de 2009 será de apenas R$ 354 milhões e iniciará, a partir de então, uma trajetória descendente, o que levará o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a passar o governo a seu sucessor, em 2011, com um rombo de R$ 3,7 bilhões nas contas do FAT. (págs. 1 e A3)

Ações em alta de empresas em dificuldade

Em um fenômeno que pode ser considerado uma anomalia do mercado de capitais brasileiro, das 398 empresas listadas na Bovespa, 64 estão com patrimônio líquido negativo. No México, 123 empresas estão na bolsa e apenas uma está nessa situação. Nos Estados Unidos, das 1.247 empresas na bolsa, 37 (3%) têm PL negativo. (págs. 1, D1, D4 e D9)

------------------------------------------------------------------------------------
Gazeta Mercantil



Até 2012, Brasil ganha 3º lugar em celulose

A escalada nos programas de investimento em celulose, que devem ultrapassar a casa dos US$ 16 bilhões, deverá elevar o Brasil ao terceiro lugar no ranking mundial de produção de celulose até 2012, com a marca de 18 milhões de toneladas de polpa, superando a China. Ainda este ano, o País deve passar a Suécia e, em 2009, a Finlândia, dois tradicionais produtores mundiais que perdem competitividade. (págs. 1 e C1)

Empresas têm 4 meses para se adequar ao Sped

Os 14 mil estabelecimentos em todo o País terão apenas quatro meses para se adequar ao Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) Fiscal, cujo objetivo é tornar mais ágil e detalhar a fiscalização da Receita Federal e das secretarias da Fazenda estaduais e municipais por meio da prestação de informações pela internet. (págs. 1 e A9)

BNDES atrasa recursos para implementos

Até 70 dias. Este é o prazo que os fabricantes de implementos rodoviários estão sendo obrigados a esperar para receber o repasse de recursos do Finame nos contratos para financiamento de equipamentos. O prazo médio, até o final de 2007, estava ao redor de 20 dias. O BNDES, gestor dos recursos, admite que tem havido atrasos nas liberações em razão da alta demanda de financiamento. O banco informa que a situação deverá ser normalizada com aporte ao seu caixa de recursos de R$ 15 bilhões do Tesouro Nacional. (págs. 1 e C2)


EUA intervêm para salvar gigantes do setor imobiliário = EUA criam ajuda de US$ 200 bi a imobiliárias : Governo anuncia pacote para salvar as duas empresas que dominam o setor de crédito destinado à compra de imóveis; gigantes do mercado estão sob intervenção federal, por tempo indeterminado, e já funcionam como se fossem duas estatais = O governo dos Estados Unidos anunciou ontem um pacote de salvamento de até US$ 200 bilhões para as duas empresas que dominam o setor de crédito imobiliário do país, a Fannie Mae e a Freddie Mac.
Esse valor será usado para eventualmente comprar ações preferenciais das gigantes do mercado, que estão desde ontem sob intervenção federal e já funcionando como se fossem duas estatais. Ficarão nessa situação por tempo indeterminado. Depois de concluída, essa operação de resgate deve ser a maior da história dos Estados Unidos. No primeiro semestre, o recorde já tinha sido estabelecido com a participação do Federal Reserve (BC dos EUA) bancando uma operação de venda do banco de investimento Bear Stearns para o JPMorgan. Nessa ocasião, o Fed teve de empenhar US$ 29 bilhões. Ainda não está claro o custo final, para os contribuintes, do salvamento da Fannie Mae e da Freddie Mac. Pelo tamanho das empresas, estima-se que o valor final passará com folga a marca do socorro usado no caso do Bear Stearns. A Fannie Mae e a Freddie Mac são empresas que trabalham no mercado de compra e venda de títulos baseados nos empréstimos imobiliários oferecidos por todo o sistema financeiro dos Estados Unidos. Nos últimos dois anos, esse mercado começou a esfriar, com toda a economia do país. A inadimplência atingiu 9,2% dos empréstimos, segundo a Mortgage Bankers Association. Esse é o maior percentual dos últimos 39 anos, desde que o levantamento começou a ser realizado. Juntas, tiveram prejuízo de US$ 14 bilhões nos últimos 12 meses. (Folha de SP)

EUA injetam US$ 200 bi para garantir hipotecas: Bush injeta US$ 200 bilhões para conter crise: Tesouro dos EUA assume agências Fannie Mae e Freddie Mac para socorrer mercado imobiliário = O Departamento do Tesouro norte-americano anunciou neste domingo, 7, que assumiu o controle de duas gigantes hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac e pode destinar até US$ 100 bilhões a cada uma a fim de conter a crise no sistema financeiro do país. O socorro à economia visa a sustentar o mercado imobiliário à medida que muitos clientes vêm atrasando o pagamento de suas hipotecas. Segundo o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, a medida é "temporária" e foi necessária porque as empresas representam "um risco inaceitável" para a economia. "Colocar essas companhias em condições financeiras sólidas e reformar suas práticas comerciais é critico para a saúde do nosso sistema financeiro", afirmou Bush em comunicado.
As duas empresas são cruciais no mercado imobiliário americano, já que juntas são responsáveis pela metade de todas as hipotecas dos Estados Unidos e foram fortemente atingidas pela crise no setor. A Freddie Mac e a Fannie Mae anunciaram recentemente perdas de bilhões de dólares. (O Estado de SP)
Pacote jumbo nos EUA: Como era esperado, o governo americano assumiu ontem o controle da Fannie Mae e Freddie Mac, gigantes do setor de hipotecas que também vêm sendo tragadas pela crise financeira nos EUA. Ao anunciar a iniciativa, o Departamento do Tesouro sinalizou ao mercado que está disposto a injetar até US$ 200 bilhões para manter ambas as empresas em operação. Se isso for necessário, será a maior operação de resgate federal na História do país. Juntas, Fannie e Freddie têm US$ 5,2 trilhões de títulos de hipotecas, metade do mercado americano. O secretário do Tesouro, Henry Paulson, fez questão de dizer que não se tratava de uma estatização. Mas, na prática, as empresas ficarão sob controle do governo. Elas passarão a ser custodiadas, por tempo indefinido, pelo Departamento do Tesouro, ficando sob a tutela da Agência Federal de Financiamento Habitacional (FHFA, na sigla em inglês), que fora criada pelo Congresso Nacional, em julho passado, com a tarefa de monitorar ambas as empresas. (O Globo)

Candidatos prometem livrar vans da fiscalização do Detro = Sinal verde para a farra das vans no Rio: Quatro candidatos a prefeito assinam compromisso de rever decreto que regulamenta fiscalização; Cooperativas querem a saída do Detro = Quatro candidatos a prefeito do Rio - Marcello Crivella (PRB), Jandira Feghali (PCdoB), a candidata do prefeito Cesar Maia, Solange Amaral (DEM), e Paulo Ramos (PDT) - assinaram neste domingo termo de compromisso com entidades de transporte alternativo comprometendo-se a revisar o convênio assinado entre Cesar e o governador Sérgio Cabral que repassou ao Detro a fiscalização das vans no município.
Os cooperativados querem sair da alçada do Detro. Os quatro candidatos também se comprometeram a licitar o transporte especial complementar no município. Diante de um público de cerca de 600 pessoas no clube Casino Bangu, o presidente da Confederação Nacional das Cooperativas de Transportes, Aldemar Mathias, numa forma de pressão clara, conclamou a categoria a não votar nos ausentes ao debate. (O Globo)

Indústria de ONGs cresce há seis anos = Farra com as verbas públicas no interior do Rio teve início em 2002: TCE multou a Impros, antecessora da ONG denunciada ontem pelo `JB` = O processo número 241.222-5/ 02, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), já revelava, em 2002, a ponta de um novelo que se torna cada vez mais volumoso de irregularidades envolvendo contratos entre Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips) e prefeituras do Rio. Na ocasião, o alvo da inspeção foi o minúsculo município de Aperibé, até hoje um dos principais focos de corrupção no Estado.
Hoje, a suspeita de ilegalidade em contratos milionários recai, pulverizada, sobre diversas cidades investigadas pelo Ministério Público. A inspeção ordinária do TCE sobre as contas públicas de Aperibé do primeiro semestre de 2002 apontou ilegalidade nos termos de parceria da prefeitura com o Instituto para a Promoção à Saúde e Bem Estar Social – Impros. Nesta Oscip trabalhou Luís Antônio Correia, hoje membro do Instituto de Apoio à Tecnologia, Educação, Saúde, Promoção Social, Meio Ambiente e Cultura - Intesp, acusado de irregularidade em contrato de cerca de R$ 3 milhões com a prefeitura de Trajano de Moraes. (Jornal do Brasil)

Detran cancela multa em 21% dos recursos no DF = As falhas técnicas na fiscalização eletrônica das vias do Distrito Federal são raras, assegura o diretor-geral do Departamento de Trânsito, Jair Tedeschi. No entanto, acontecem. E, somadas aos erros humanos nos autos de infração, provocaram a aprovação de 21% dos 12.711 recursos que o órgão recebeu nos oito primeiros meses deste ano. No total, foram expedidas 122.701 multas, mas apenas 10% dos motoristas recorreram. Deles, 2.689 anularam a cobrança na defesa prévia. Equipamentos recebem manutenção e são fiscalizados pelo Inmetro, porém especialistas são unânimes: os condutores devem ficar atentos. (Correio Braziliense)


Sonho de ficar rico no exterior vira pesadelo = Cerca de 4 mil brasileiros estão trancados em cadeias mundo afora, muitos abandonados à própria sorte. Cerco à imigração ilegal e envolvimento em crimes, devido à dificuldade de arranjar trabalho, transformam em inferno a busca por um futuro melhor. (Estado de Minas/MG)

Lula: pré-sal ajudará erradicar pobreza: Em rede nacional, presidente volta a comemorar os novos blocos de petróleo descobertos e diz que potencial será usado em políticas sociais = presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a comemorar os novos blocos de petróleo descobertos na camada pré-sal e afirmou que o potencial de exploração da região, que deverá ser aplicado em políticas sociais e de educação, representa "a ponte entre a riqueza natural e a erradicação da pobreza". - Vamos aproveitar esta grande quantidade de recursos para pagar a imensa dívida que o nosso país tem com a educação - disse. Em cadeia de rádio e televisão, o presidente relembrou a visita que fez ao Espírito Santo na última terça-feira, quando pela primeira vez foi extraído petróleo da camada pré-sal. - O que assisti ali, e faço questão de dividir esta emoção com vocês, foi o início de um dos enlaces mais simbólicos da vida deste país. A abertura de uma ponte direta entre riqueza natural e erradicação da pobreza - disse Lula. - Vi com os meus olhos e senti nas minhas mãos, na Plataforma P-34 da nossa querida Petrobras, o petróleo que começou a ser produzido no pré-sal - completou. - Feliz é o povo que, no dia de sua Independência, pode olhar com orgulho para o passado e com esperança para o futuro. Principalmente, quando essa esperança está firmada na realidade, e não é apenas um sonho vago e distante - ressaltou o presidente no pronunciamento. e acordo com Lula, apesar de ainda não ser possível medir o real potencial de exploração do pré-sal, "com toda segurança o pré-sal colocará o Brasil entre os maiores produtores de petróleo e gás do mundo". (Jornal do Brasil)
Lula: país não pode `torrar em bobagens' pré-sal: Presidente aproveita 7 de Setembro para comemorar descobertas da Petrobras, e diz que não vai se `deslumbrar' = Em pronunciamento ontem à noite em cadeia nacional de rádio e TV, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou as comemorações do 7 de Setembro para dizer que o país vive o melhor momento econômico e social de sua História e exaltar a descoberta de grandes jazidas de petróleo na camada de pré-sal. Mas avisou: o país não não pode se deslumbrar e "torrar em bobagens" os recursos do pré-sal. Ele reforçou a promessa de investir a maior parte do lucro com as novas reservas em educação e combate à pobreza. Num discurso recheado de elogios à Petrobras, Lula evitou a polêmica sobre a eventual criação de uma nova estatal para administrar as reservas: disse apenas que, em algumas semanas, vai abrir uma discussão ampla com a sociedade sobre o destino do dinheiro. Chamando os novos megacampos de passaporte para o futuro, o presidente afirmou que não vai deixar que a promessa de lucros com o pré-sal seja usada como uma espécie de cheque em branco para gastos exorbitantes. (O Globo)

Advogados de Daniel Dantas querem anular tudo: Defesa do banqueiro irá explorar brechas abertas pela acusação de que a Abin participou ativamente de escutas na Operação Satiagraha e vai alegar a suspeição do trabalho da Polícia Federal e da Justiça = Os advogados que defendem Daniel Dantas, sócio-fundador do Banco Opportunity, planejam anular as investigações contra seu cliente realizadas na Operação Satiagraha, deflagrada pela Polícia Federal em julho. Preso duas vezes durante a operação, Daniel Dantas já virou réu por formação de quadrilha, gestão fraudulenta e corrupção ativa. A defesa de Dantas avalia que, com a confirmação de que arapongas da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) participaram da operação da PF, as chances de nulidade do processo aumentaram. "No momento oportuno, vamos precipitar questionamentos à investigação", afirmou ontem o advogado Gustavo Teixeira, um dos defensores de Dantas. Sem precisar quando, a defesa estuda entrar inicialmente com recursos no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), em São Paulo, para anular ou trancar o processo contra Dantas. Alegaria, entre outros motivos, participação ilegal de agentes da Abin na Satiagraha (inclusive para escutas clandestinas) e o fato de o juiz da causa, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, ser supostamente incompetente para julgar o assunto, uma vez que a sede do banco Opportunity, alvo da ação, localiza-se no Rio de Janeiro. (Correio Braziliense)

Governo adia o anúncio do Plano de Defesa = O governo adiou o anúncio do Plano Nacional de Defesa, previsto para ontem. O ministro Mangabeira Unger disse que o plano causará polêmica e que o presidente Lula quer ampliar o debate. Mangabeira defendeu a criação de um órgão fundiário para cuidar da Amazônia. (o Globo)
Disputa por controle da Abin atrapalha festa: Disputa foi responsável pelo adiamento da apresentação do Plano Nacional de Defesa= Prevendo críticas ao Plano Nacional de Defesa, o ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, justificou o adiamento da apresentação do plano – que era prevista para ontem – pela necessidade de maior debate sobre o projeto com o Ministério da Defesa e a sociedade. Um dos fatores que contribuíram para o atraso da apresentação do plano foi, conforme apurado pelo Jornal do Brasil, a disputa pelo controle da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que deve passar para a tutela do Ministério da Defesa, não sendo mais subordinada ao Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. Segundo fontes próximas ao gabinete presidencial, parte da cúpula do governo não apóia a remilitarização do serviço de inteligência, tese advogada pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, com apoio graduado das Forças Armadas. A idéia ganhou força desde que estourou o escândalo do grampo que captou diálogo entre o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO). (Jornal do Brasil)

Jobim decreta que polêmica sobre grampos está encerrada: Ministro dividiu palanque no 7 de Setembro com general Jorge Félix = O ministro da Defesa, Nelson Jobim, deu por encerrada neste domingo a polêmica sobre a existência ou não de aparelhos capazes de fazer escutas telefônicas na Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Ele, no entanto, não revelou se tratou do tema com o chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Armando Félix, que negou a prática de grampo na agência. Os dois dividiram o palanque de autoridades da parada do Sete de Setembro, em Brasília. - O assunto está encerrado - disse Jobim. O ministro, porém, ainda terá que prestar depoimento sobre o caso à CPI do Grampo, na quarta-feira. Jobim também não quis comentar a reportagem da revista "IstoÉ" que identifica Francisco Ambrósio do Nascimento como o suposto espião da Abin que teria grampeado o telefone do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes : - Isso é uma questão que vai se resolvida pelo inquérito aberto pela Polícia Federal. O ministro da Defesa não tem nada a dizer a respeito. Integrantes da CPI dos Grampos querem convocar Ambrósio para prestar depoimento sobre o caso na terça-feira. Neste sábado, o presidente do STF confirmou que vai à Polícia Federal na segunda-feira. Ele será ouvido como testemunha no inquérito que apura a escuta ilegal em seus telefones . (O Globo)

Rio é campeão de verbas federais para 2009: União prevê investir R$ 2,085 bilhões no estado, mas este ano apenas 6% dos recursos aprovados foram pagos = O Estado do Rio de Janeiro é a unidade da federação que tem a maior previsão de recebimento de investimentos federais em 2009. Segundo dados do Ministério do Planejamento, o projeto de lei orçamentária do próximo ano prevê a aplicação de R$ 2,085 bilhões em investimentos no estado, 35% a mais que o R$ 1,534 bilhão destinado a São Paulo, segundo colocado. Mas esta boa vontade federal pode não se transformar em realidade. Pelo menos se for considerado o cenário de 2008: até quarta-feira da semana passada, foram pagos apenas 6% do total de R$ 1,7 bilhão aprovado para investimentos no Rio na lei orçamentária deste ano, segundo o Sistema Interno de Administração Financeira (Siafi). De acordo com levantamento feito no Siafi pela assessoria de orçamento da liderança do DEM no Senado, os dados apontam que apenas R$ 109,2 milhões foram executados (pagos) até setembro, sendo que o valor empenhado (comprometido para pagamento) não atinge nem metade da dotação aprovada: R$ 813,4 milhões, ou 48,5%. (O Globo)

Forças vão ocupar "currais" com aviso prévio: Tropas, que estarão no Rio a partir do dia 11, ficarão em favelas por períodos curtos e após marcarem data = Para evitar confrontos com traficantes, as tropas das Forças Armadas, que estarão no Rio a partir do dia 11, vão ocupar com data marcada, aviso prévio e por períodos curtos as favelas e os locais identificados como "currais eleitorais". As ocupações de comunidades em tempo integral de outras ocasiões vão ser substituídas por operações pré-agendadas de dois ou três dias nas favelas com problemas para permitir circulação de candidatos. O objetivo dos avisos e das entradas e saídas relativamente rápidas é, além de alertar os candidatos, tentar evitar ao máximo tiroteios com traficantes, para permitir atividade eleitoral tranqüila. Até 12 mil militares do Exército e da Marinha se revezarão durante o período eleitoral. Por dia, porém, não deverá haver mais de mil soldados em atividade no Estado. Entre os locais previstos, estão as favelas da Rocinha, Vidigal e Carobinha (controlada por milícia). (Folha de SP)

Dirceu quer voltar à vida pública em 2009 = Principal réu do escândalo do mensalão, o ex-ministro José Dirceu disse à Folha que quer voltar à vida pública em 2009. Ele não quis dizer se existe convite antecipado para trabalhar na prefeitura com algum petista eleito, mas elogiou Marta Suplicy. "Marta governou para São Paulo. Depois do [Mário] Covas, passando por Jânio, Maluf e Pitta, só ela conseguiu recuperar as finanças e reorganizar a administração". A estratégia de Dirceu é similar a de Delúbio Soares. Ele tentará retirar seu processo da alçada do STF, pois alega não dispor de foro privilegiado já que teve seu mandato cassado em 2005. A idéia é antecipar o julgamento na Justiça comum. "Quero ser julgado para poder ser absolvido e ter anistia no Congresso. Vou fazer de tudo para o julgamento ser o mais rápido possível", afirma. (Folha de SP)

Prêmio da Mega Sena sai para Minas Gerais: Aposta feita na cidade de Lavras acertou sozinha as seis dezenas sorteadas no concurso = O prêmio de R$ 24.880.988,57 da Mega Sena vai para Minas Gerais. Uma aposta feita na cidade de Lavras acertou as seis dezenas do concurso 1002 da loteria. Segundo a Caixa Econômica Federal, 174 bilhetes acertaram cinco números e vão receber, cada um, R$ 12.267,86. Confira as dezenas sorteadas: 03 - 07 - 25 - 31 - 40 – 58.

ECONOMIA

Até 2012, Brasil ganha 3º lugar em celulose = A escalada nos programas de investimento em celulose , que devem ultrapassar a casa dos US$ 16 bilhões, deverá elevar o Brasil ao terceiro lugar no ranking mundial de produção de celulose até 2012, com a marca de 18 milhões de toneladas de polpa, superando a China. Ainda este ano, o País deve passar a Suécia e, em 2009, a Finlândia, dois tradicionais produtores mundiais que perdem competitividade. Mesmo com o enfraquecimento da demanda em importantes mercados consumidores, o Brasil deve avançar no Hemisfério Norte. O gerente de relações institucionais da Suzano, Luiz Cornacchioni, informa que a demanda mundial por celulose de eucalipto cresce 15% ao ano. (Gazeta Mercantil)

Nova múlti brasileira, Magnesita compra LWB = Seguindo a trilha de outros grupos empresariais brasileiros que estão apostando firmemente na internacionalização dos negócios, a Magnesita, maior empresa de refratários do país e a 10ª do mundo, fechou ontem a compra da companhia alemã LWB por 657 milhões de euros. (Valor Econômico)

Para CVM, discussão sobre pré-sal é ruim = Para presidente da Comissão, país precisa aprender a discutir questões delicadas que mexem com os preços do mercado - A presidente da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), Maria Helena Santana, 49, afirma que o país ainda tem muito a aprender sobre a necessidade de não discutir publicamente informações sobre as quais não há um desfecho definido. A polêmica surgiu com o debate sobre o petróleo na camada do pré-sal. Declarações de autoridades afetaram os papéis da Petrobras. A empresa tem até 1 milhão de acionistas e cotistas de fundos, que receberam informações desencontradas sobre a eventual criação de uma estatal. (Folha de SP)

Para indústria, fim da gordura trans é voltar à época da banha: Associação dos fabricantes ironiza proposta do Ministério da Saúde de eliminar esse ingrediente dos alimentos; Organização Mundial da Saúde recomenda que um adulto não consuma mais que dois gramas de gordura trans por dia = As indústrias rechaçam qualquer prazo para eliminar a gordura trans dos alimentos consumidos no país. O presidente da Abia (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação), Edmund Klotz, reage com ironia ao comentar os planos do Ministério da Saúde de ver, em pouco tempo, o Brasil livre da mais danosa das gorduras. "Se for fixado um prazo para acabar com a gordura trans, vamos ter de criar porco de novo e voltar à velha banha", afirma Klotz. "Ainda não temos nada com um resultado final parecido com o dessa gordura." Neste ano, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, convocou os fabricantes e defendeu o modelo do Canadá, que deu três anos para que o ingrediente fosse banido. "A nossa vontade é que, num curto prazo, nós possamos estar com 100% dos alimentos comercializados no Brasil sem gordura trans", afirmou. O empenho do ministro se justifica pelos gastos com o tratamento dos brasileiros que comem mal. Cerca de 168 mil pessoas foram hospitalizadas em 2007 em decorrência de acidente vascular cerebral -uma das conseqüências do colesterol alterado-, o que custou R$ 118 milhões aos cofres públicos. (Folha de SP)

FAT passará a ter déficit já em 2010 = O Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) terá neste ano seu último exercício com superávit bilionário. Nas previsões do Tribunal de Contas da União, o saldo de 2009 será de apenas R$ 354 milhões e iniciará, a partir de então, uma trajetória descendente, o que levará o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a passar o governo a seu sucessor, em 2011, com um rombo de R$ 3,7 bilhões nas contas do FAT. (Valor Econômico)

Ações em alta de empresas em dificuldade = Em um fenômeno que pode ser considerado uma anomalia do mercado de capitais brasileiro, das 398 empresas listadas na Bovespa, 64 estão com patrimônio líquido negativo. No México, 123 empresas estão na bolsa e apenas uma está nessa situação. Nos Estados Unidos, das 1.247 empresas na bolsa, 37 (3%) têm PL negativo. (Valor Econômico)

Empresas têm 4 meses para se adequar ao Sped = Os 14 mil estabelecimentos em todo o País terão apenas quatro meses para se adequar ao Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) Fiscal, cujo objetivo é tornar mais ágil e detalhar a fiscalização da Receita Federal e das secretarias da Fazenda estaduais e municipais por meio da prestação de informações pela internet. (Gazeta Mercantil)

BNDES atrasa recursos para implementos = Até 70 dias. Este é o prazo que os fabricantes de implementos rodoviários estão sendo obrigados a esperar para receber o repasse de recursos do Finame nos contratos para financiamento de equipamentos. O prazo médio, até o final de 2007, estava ao redor de 20 dias. O BNDES, gestor dos recursos, admite que tem havido atrasos nas liberações em razão da alta demanda de financiamento. O banco informa que a situação deverá ser normalizada com aporte ao seu caixa de recursos de R$ 15 bilhões do Tesouro Nacional. (Gazeta Mercantil)

INTERNACIONAIS

McCain supera Obama na pesquisa USA Today/Gallup: em pesquisa anterior McCain estava atrás de Obama por sete pontos percentuais = O candidato republicano à Casa Branca John McCain supera nas intenções de voto seu adversário democrata Barack Obama, depois de receber um forte apoio na convenção nacional de seu partido, segundo pesquisa USA Today/Gallup publicada neste domingo. A pesquisa mostra McCain na frente de Obama com 50% a 46% entre os eleitores, o que representa uma reversão de uma enquete prévia feita pelo jornal antes da convenção. Segundo o USA Today, na pesquisa anterior McCain estava atrás de Obama por sete pontos percentuais. (Folha de SP)

Furacão Ike toca terra e segue para Cuba, onde mais de meio milhão de pessoas são retiradas = O furacão Ike tocou a terra neste domingo no arquipélago de Turcos e Caicos, no Mar do Caribe, e levou autoridades de Cuba a ordenar a retirada de mais de meio milhão de pessoas de áreas de risco. Ike deve chegar à ilha esta noite com ventos de 195 km/h após cair para a categoria três na escala Saffir-Simpson, que vai até cinco. As primeiras informações indicam que o furacão atingiu 80% das casas de Turcos e Caicos, que têm cerca de 30 mil habitantes. Não há informações sobre mortos, mas os ventos fortes arrancaram os telhados da maioria das casas e as autoridades têm dificuldade para resgatar pessoas que ficaram isoladas, sem acesso aos refúgios onde parte da população se mantém. De acordo com a CNN, Ike é o furacão mais forte a passar pelo arquipélago desde que "Donna" arrasou as ilhas em 1960. (O Globo)


ESPORTES



Brasil se impõe, vence o Chile por 3 a 0, sobe para segundo lugar e dá sobrevida a Dunga: com dois gols de Luís Fabiano e um de Robinho, seleção brasileira deu "respiro" ao técnico = A ousadia do técnico Dunga surtiu efeito. Na noite deste domingo, a seleção brasileira ganhou do Chile por 3 a 0, no Estádio Nacional, em Santiago, graças ao trio ofensivo formado por Robinho, Ronaldinho Gaúcho e Luís Fabiano. Com a primeira vitória fora de casa na atual edição das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, o Brasil pula da quinta para a segunda colocação, com 12 pontos. Supera a Argentina no saldo de gols (tem um a mais). O próximo compromisso brasileiro é quarta-feira, contra a Bolívia, no Engenhão, no Rio.

Campeonato Brasileiro
Jogos no sábado fecharam a rodada:
Fluminense 0 x 0 Grêmio
Internacional 1 x 0 Portuguesa
Coritiba 0 x 1 Botafogo
Náutico 2 x 0 Ipatinga-MG

Fórmula-1


1°76Lewis Hamilton
2°74Felipe Massa
3°58Robert Kubica

Lewis Hamilton vence, mas é punido e Massa fica com a vitória na Bélgica: Segundo lugar na pista, brasileiro foi declarado vencedor porque inglês fez ultrapassagem irregular sobre Raikkonen; com reviravolta, diferença entre Hamilton e Massa cai para dois pontos = A cinco provas do fim da temporada, a disputa pelo título mundial da Fórmula 1 ficou praticamente polarizada entre o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, e o inglês Lewis Hamilton, da McLaren. Neste domingo, os dois concentraram as atenções na disputa do GP da Bélgica, em Spa Francorchamps. Vencedor na pista num final de prova sensacional, Hamilton acabou sendo punido pela FIA com a perda de 25 segundos por causa de uma ultrapassagem irregular sobre o companheiro de equipe de Massa, o finlandês Kimi Raikkonen. Assim, Massa, que terminara a prova na segunda posição, não ouviu o hino tocar, nem estourou o champagne da vitória, mas ficou com o mais importante: os 10 pontos que o colocam a apenas dois do inglês, que após a decisão no tapetão acabou ficando com a terceira posição e agora lidera o mundial com 76 pontos. Räikkönen, agora no quarto lugar, atrás ainda de Robert Kubica, estaciona nos 57 pontos e praticamente dá adeus à briga pelo bicampeonato.Esta foi a quinta vitória de Massa na temporada e a décima do piloto na carreira.


Vôlei: Brasil vence, mas perde Fofão: Seleção feminina venceu a República Dominicana no último dia da levantadora = A seleção brasileira femina de vôlei não teve dificuldades para vencer a República Dominicana na final do Torneio Final Four, por 3 sets a 0, em Fortaleza, com parciais de 25/21, 25/17 e 25/18. Este jogo marcou também a despedida da levantadora Fofão da seleção brasileira de vôlei. - Eu deixo a seleção brasileira com muita saudade. Depois de tantos anos poder jogar no Brasil, em frente a torcida, vai marcar para sempre minha vida – disse a levantadora, muito emocionada, em entrevista à TV Globo. (Jornal do Brasil)

Na preleção, Dunga ataca Lula para motivar jogadores: "Aí vem um f.d.p. e diz que falta sacrifício a vocês', disse o treinador brasileiro em Santiago" = Numa sala reservada do luxuoso Hotel Sheraton, localizada no térreo, perto da piscina, Dunga citou mais de uma vez o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para motivar os jogadores, duas horas e meia antes do início da partida contra o Chile, em Santiago. "O nosso presidente veio dizer que nossos jogadores não são homens", disse Dunga, durante parte da conversa com os atletas, ouvida com exclusividade pela Agência Estado, no início da noite deste domingo, minutos antes de a delegação seguir para o Estádio Nacional. "Vocês não precisam provar nada a ninguém, são vencedores em seus clubes e são, acima de tudo, homens que têm de ser respeitados. Podem criticar, falar tudo, mas só não podem duvidar da hombridade de cada de um de vocês", prosseguiu. "Aí vem outro f.d.p. e diz que falta sacrifício a vocês". Naquele momento, Dunga também fez menção à família e aos amigos de cada atleta para dizer com quem deveriam se preocupar. O tom das orientações de Dunga era moderado até começar a falar de Lula, com o qual o goleiro Júlio César se indispôs publicamente na sexta-feira, ainda em Teresópolis, com o respaldo do próprio Dunga. O presidente da República declarou que o Brasil precisava seguir o exemplo dos argentinos e ter mais empenho. Júlio atacou Lula na resposta. "Acho que ele deveria ir para a Argentina, virar argentino e renunciar à presidência, talvez assim o Brasil melhore". Nos instantes finais da preleção, levantou a voz ao citar Lula e criticou o presidente por ter elogiado recentemente a forma de jogar da Argentina. A preleção terminou quando Dunga perguntou se algum jogador queria se pronunciar. Como ninguém falou nada, o técnico bradou palavras de ordem: "Vamos lá, vamos ganhar!!!" (O Estado de SP)

SÃO PAULO

Moradores fecham ruas em busca de segurança = Na busca por segurança, tranqüilidade e qualidade de vida, cada vez mais os paulistanos recorrem ao conforto das ruas fechadas. A cidade de São Paulo já tem pelo menos 324 ruas fechadas com autorização da Prefeitura, sem contar as irregulares. O bairro campeão de ruas fechadas é Pinheiros, com 71 casos; seguido por Mooca, com 56; Santo Amaro, com 32; e Butantã, com 31. Na ânsia pela privacidade, muitos ignoram a lei e se portam como donos da rua. No leque de irregularidades, vale construir uma guarita no meio da rua ou indicar falsamente que a via é sem saída.




RESUMO DA ÓPERA = 08/SET
EUA criam ajuda de US$ 200 bilhões a imobiliárias : Governo anuncia pacote para salvar as duas empresas que dominam o setor de crédito destinado à compra de imóveis; gigantes do mercado estão sob intervenção federal, por tempo indeterminado, e já funcionam como se fossem duas estatais
Sinal verde para a farra das vans no Rio: Quatro candidatos a prefeito assinam compromisso de rever decreto que regulamenta fiscalização; Cooperativas querem a saída do Detro; Marcello Crivella (PRB), Jandira Feghali (PCdoB), a candidata do prefeito Cesar Maia, Solange Amaral (DEM), e Paulo Ramos (PDT)
Farra com as verbas públicas no interior do Rio teve início em 2002: TCE multou a Impros, antecessora da ONG denunciada pelo `JB`
Falhas técnicas e erros humanos em autos de infração provocam anulação de multas no DF: Detran cancelou multa em 21% dos recursos: dos 12.711 recursos recebidos nos 8 primeiros meses do ano, 2.689 anularam cobrança na defesa prévia
Corrida ao exterior em busca de sonho vira pesadelo: cerca de 4 mil brasileiros estão trancados em cadeias mundo afora, muitos abandonados à própria sorte; cerco à imigração ilegal e envolvimento em crimes, devido à dificuldade de arranjar trabalho, transformam em inferno a busca por um futuro melhor
Lula afirma em rede nacional que pré-sal ajudará erradicar pobreza: presidente volta a comemorar os novos blocos de petróleo descobertos e diz que potencial será usado em políticas sociais
Advogados de Daniel Dantas querem anular tudo: Defesa do banqueiro irá explorar brechas abertas pela acusação de que a Abin participou ativamente de escutas na Operação Satiagraha e vai alegar a suspeição do trabalho da Polícia Federal e da Justiça
Governo adia o anúncio do Plano de Defesa: governo adiou Plano Nacional de Defesa; Mangabeira defendeu criação de órgão fundiário para cuidar da Amazônia;
disputa por controle da Abin teria sido responsável pelo adiamento da apresentação
Jobim decreta que polêmica sobre grampos está encerrada: Ministro dividiu palanque no 7 de Setembro com general Jorge Félix; presidente do STF vai à PF e será ouvido como testemunha no inquérito que apura escuta ilegal em seus telefones
Rio é campeão de verbas federais para 2009: União prevê investir R$ 2,085 bilhões no estado, mas este ano apenas 6% dos recursos aprovados foram pagos
Forças vão ocupar "currais" no Rio com aviso prévio: Tropas, que estarão no Rio a partir do dia 11, ficarão em favelas por períodos curtos e após marcarem data para evitar confrontos com traficantes
Dirceu quer voltar à vida pública em 2009: principal réu do escândalo do mensalão, ele tentará retirar seu processo da alçada do STF, pois alega não dispor de foro privilegiado já que teve seu mandato cassado em 2005; idéia é antecipar julgamento na Justiça comum
Prêmio da Mega Sena sai para Minas Gerais: Aposta feita na cidade de Lavras acertou sozinha as seis dezenas sorteadas no concurso; 174 bilhetes acertaram cinco números e vão receber, cada um, R$ 12.267,86.
Para indústria, fim da gordura trans é voltar à época da banha: Associação dos fabricantes ironiza proposta do Ministério da Saúde de eliminar esse ingrediente dos alimentos; Organização Mundial da Saúde recomenda que um adulto não consuma mais que dois gramas de gordura trans por dia
McCain supera Obama na pesquisa USA Today/Gallup: em pesquisa anterior McCain estava atrás de Obama por sete pontos percentuais; pesquisa mostra McCain na frente de Obama com 50% a 46% entre os eleitores
Furacão Ike toca terra e segue para Cuba, onde mais de meio milhão de pessoas são retiradas: Ike deve chegar à ilha esta noite com ventos de 195 km/h após cair para a categoria três na escala Saffir-Simpson, que vai até cinco
Brasil se impõe, vence o Chile por 3 a 0, sobe para segundo lugar e dá sobrevida a Dunga: com dois gols de Luís Fabiano e um de Robinho, seleção brasileira deu "respiro" ao técnico
Fórmula-1 = Lewis Hamilton vence, mas é punido e Massa fica com a vitória na Bélgica: Segundo lugar na pista, brasileiro foi declarado vencedor porque inglês fez ultrapassagem irregular sobre Raikkonen; com reviravolta, diferença entre Hamilton e Massa cai para dois pontos
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016