Atualidades 24/02/3015

Um indivíduo que escala uma montanha eventualmente terá que descer. Uma pessoa que insulta a outra, será desprezada. Alguém que deprecia o belo, nascerá feio. Quem rouba o alimento e roupa de outros, nascerá no mundo da fome... Esta é a Lei de Causa e Efeito.  (Nitiren Daishonin).




O Globo
Manchete : Dilma recorre ao PMDB para sair do isolamento
Escorregadinha de 6,7% do PIB
Protesto nas estradas afeta até exportação
Acordo com empreiteiras divide especialistas
PT recorre e PSDB ataca Dilma
Despesa médica na mira do Fisco
Olimpíadas-2016 - Atletas atacam poluição da Baía
Repressão na Venezuela - Partido opositor sofre invasão
Ilimar Franco - Ressentimento
Merval Pereira - Sem efeito
Míriam Leitão - Além da escorregadinha
Editoriais - Manipulação política em torno da Petrobras
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete : Produção de grãos deve injetar R$ 122 bilhões na economia gaúcha
Contra alta do diesel, caminhões parados
Ministro propõe novo cálculo para aposentadoria
Receita aperta controle sobre despesa médica
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico
Manchete : Escândalo encolhe HSBC, que tem prejuízo no Brasil 
Crédito financeiro com PIS e Cofins
Telecomunicação - Impacto de tarifas será de até R$ 1 bi
A redução dos preços para ligações (locais e interurbanas) de fixo para móvel, a vigorar a partir de hoje, vai afetar a receita das empresas, mas aumentará a competitividade dos serviços de telefonia fixa. (Pág. 11)
Confiança na economia em queda livre
Governo escala até Lula para força-tarefa 
Mosaico Político - VITÓRIA DO "APERTA E AFROUXA"
Relatório D.C. - CONFIANÇA E VISÃO DE LONGO PRAZO
O mercado como ele é... - LEVY DESOPRIME DÓLAR
Ponto Final - O ESCORREGÃO DE LEVY
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Caminhoneiros travam rodovias em sete estados
Collor levou R$ 3 mi em propina, afirma delator
Presidente do DEM nega ter pedido dinheiro a empresário (Poder A7)
Bacias do Cantareira têm média menor de cobertura florestal
Grupo invade sede de partido oposicionista na Venezuela
Governo reabre inscrições no Fies com novas normas (Cotidiano C5)
Editoriais Leia “Pacote grego”, acerca de prorrogação de programa de socorro à Grécia, e “Pergunte mais a ela”, a respeito de sexismo na indústria cinematográfica. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
24 de fevereiro de 2015
O Globo

Manchete : Dilma recorre ao PMDB para sair do isolamento
Também por medo de derrota, Planalto faz ofensiva para tentar aprovar ajuste

Ministros mais próximos à presidente passaram o dia de ontem, e farão o mesmo hoje, conversando com líderes da base aliada na Câmara : PMDB quer que PT também faça discurso em favor do controle fiscal

A sucessão de derrotas no Congresso e a proximidade da votação das medidas provisórias que mudam benefícios trabalhistas e previdenciários levaram a presidente Dilma a tentar sair do isolamento, deflagrando ofensiva para atrair de volta o PMDB rebelado. As MPs do ajuste fiscal começam a ser votadas esta semana. O Planalto passou o dia ontem fazendo afagos no PMDB. Os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Pepe Vargas (Relações Institucionais) e a equipe econômica tiveram uma série de encontros com os principais dirigentes do partido. Uma das exigências do PMDB é que o PT, que fez duras críticas ao ajuste, também defenda o projeto. (Pág. 3)

Escorregadinha de 6,7% do PIB
Ao defender o ajuste, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse que houve “uma escorregadinha” nas contas públicas e que o déficit fiscal de 2014 “não é muito sustentável”. Na verdade, o déficit nominal do Brasil é de 6,7% do PIB, o quarto maior entre 42 países. Na posse de Miriam Belchior na CEF, Levy ouviu gritos da plateia contra o ajuste. (Pág. 18 e Míriam Leitão)
Protesto nas estradas afeta até exportação
Greve de caminhoneiros em 7 estados paralisa abate de aves e suínos no Sul. Falta óleo diesel em cidades do MT

Iniciado quarta-feira em Santa Catarina, o protesto de caminhoneiros ganhou adesões e, ontem, interrompia o tráfego em rodovias de sete estados. Frigoríficos do Sul paralisaram o abate de aves e suínos por falta de ração. Ao menos cem contêineres de carne , que seriam exportados por Itajaí, ficaram presos nas estradas. Laticínios também foram afetados, e não há óleo diesel para máquinas agrícolas em cidades do Mato Grosso, prejudicando a colheita de soja. Os caminhoneiros protestam contra o reajuste do diesel, o valor do pedágio e o preço do frete. A AGU ajuizou ações pedindo a liberação das pistas e a fixação de multa de R$ 100 mil por cada hora em que o tráfego continuar fechado por manifestantes. (Pág. 17)

Acordo com empreiteiras divide especialistas
Defendido pela AGU e pela CGU, órgãos do governo, o acordo de leniência com empreiteiras acusadas na Lava- Jato é bombardeado por procuradores e divide especialistas. O advogado-geral da União disse que os acertos interromperiam apenas ações de cartel junto ao Cade. (Pág. 6)
PT recorre e PSDB ataca Dilma
PT pediu apuração de denúncia de Barusco . Para tucanos, Dilma é “mãe do petrolão". (Pág. 4)
Despesa médica na mira do Fisco
Médicos e profissionais liberais terão que informar todos os meses CPF e valor recebido de cada cliente. Medida dificultará que contribuinte inclua no IR despesa não paga. (Pág. 19)
Olimpíadas-2016 - Atletas atacam poluição da Baía
O índice de 49% alcançado na despoluição da Baía de Guanabara, anunciado pelo governador Pezão, provocou críticas de velejadoras. A meta olímpica é de 80%. (Pág. 25)
Repressão na Venezuela - Partido opositor sofre invasão
Homens armados ocuparam 12 escritórios do Copei, que aderiu ontem ao plano de transição democrática do prefeito de Caracas, visto como golpista pelo governo Maduro. (Pág. 23)
Ilimar Franco
Ressentimento

O vice Michel Temer está bastante decepcionado com o núcleo duro do Planalto. Os petistas o atacam por ele não ter controlado a eleição para a presidência da Câmara. Nem os afagos da presidente Dilma amenizaram. Nos bastidores, lembra a condução da negociação para alterar a meta de superávit primário. E desabafa: “Vamos começar a dizer o que fizemos pelo governo”. (Pág. 2)

Merval Pereira
Sem efeito

A manobra da Controladoria-Geral da União (CGU) para fazer acordos de leniência com empreiteiras envolvidas na Operação Lava-Jato não ter á nenhum efeito legal na opinião do jurista Fábio Medina Osório , para quem uma das principais consequências do que classifica de “omissão governamental”, em relação à Lei Anti corrupção, é a inviabilização de qualquer iniciativa da CGU . (Pág. 4)

Míriam Leitão
Além da escorregadinha

O ministro Joaquim Levy não conseguirá passar para a base política do governo o grau de urgência nas contas públicas se continuar chamando de “escorregadinha” o que aconteceu na área fiscal. Isso serve para se falar em Nova York. Aqui, para ser sincero, terá que ir além do gráfico. Os superávits primários dos três anos anteriores não aguentam um processo de verificação. (Pág. 18)

Editoriais
Manipulação política em torno da Petrobras

PT ressuscita discurso da década de 50, quando o petróleo era ‘nosso’, mas continuava debaixo da terra. Agora, sem mudança de modelo, ele ficará no fundo do mar (Pág. 14)

Brasil mantém silêncio conivente sobre Venezuela

A falta de condenação explícita da escalada da repressão do regime de Nicolás Maduro pelo governo Dilma denuncia dois pesos e duas medidas na diplomacia brasileira (Pág. 14)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora

Manchete : Produção de grãos deve injetar R$ 122 bilhões na economia gaúcha
Valor 12,1% superior ao do ano passado pode levar o Estado a ter PIB maior do que o do país, que enfrenta risco de recessão (Campo e Lavoura e Notícias | 14 e 15)
Contra alta do diesel, caminhões parados
No RS, houve bloqueios em pelo menos 25 estradas estaduais e federais, como na ERS-344, em Giruá (Notícias | 6 e 7 Sua Vida) | 23

Ministro propõe novo cálculo para aposentadoria
Fórmula 85/95 defendida por Carlos Gabas, que soma idade e tempo, divide especialistas (Notícias | 6 e 7)

Receita aperta controle sobre despesa médica
CPF de pacientes terá de ser informado por profissionais mensalmente a partir deste ano (Sua Vida | 23)
------------------------------------------------------------------------------------
Brasil Econômico

Manchete : Escândalo encolhe HSBC, que tem prejuízo no Brasil 
O banco britânico registrou, no ano passado, queda de 17,2% no seu lucro global, para US$ 18,7 bilhões. O executivo-chefe Stuart Gulliver disse, em comunicado, que o quarto trimestre ofuscou os resultados dos meses anteriores, devido ao aumento de provisões para cobrir os efeitos das operações investigadas. No Brasil, o banco teve prejuízo de US$ 247 milhões, atribuído ao mau desempenho da economia, e fechou 21 agências. (Pág. 19)
Crédito financeiro com PIS e Cofins
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse que o governo estuda uma proposta de lei para adotar o mecanismo, assim como reformular o ICMS. Em palestra para empresários em São Paulo, ele afirmou que, no ano passado, houve “uma escorregadinha” na responsabilidade fiscal. (Pág. 6)
Telecomunicação - Impacto de tarifas será de até R$ 1 bi
A redução dos preços para ligações (locais e interurbanas) de fixo para móvel, a vigorar a partir de hoje, vai afetar a receita das empresas, mas aumentará a competitividade dos serviços de telefonia fixa. (Pág. 11)
Confiança na economia em queda livre
Temor de racionamento e redução do consumo abalam o ânimo da indústria, que atinge o pior nível em sondagens. O Índice de Confiança das Famílias da CNC foi o menor desde janeiro de 2010. (Págs. 4 e 5)
Governo escala até Lula para força-tarefa 
Articulações pela aprovação das MPs da minirreforma começaram ontem. Planalto e base têm uma série de encontros e atuação de ex-presidente começa em jantar amanhã. (Pág. 3)
Mosaico Político
Gilberto Nascimento

VITÓRIA DO "APERTA E AFROUXA"

Forças contrárias a Dilma no Congresso começam a admitir que uma derrota do governo nem sempre significa uma vitória para a oposição. A conclusão vem de duas semanas de trabalho na Câmara após a ascensão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à Presidência da Casa e os posteriores sinais de reaproximação entre peemedebistas e a equipe de articulação da presidenta. (Pág. 2)

Relatório D.C.
Rogerio Studart

CONFIANÇA E VISÃO DE LONGO PRAZO

No complexo momento que se vive no Brasil, toda vez que se fala em crescimento se repete o mantra da necessidade de aumentar a "confiança do mercado". O que significa isso depende do analista e do interlocutor. (Pág. 7)

O mercado como ele é...
Luiz Sérgio Guimarães

LEVY DESOPRIME DÓLAR

Os mercados financeiros locais conseguiram evitar a maior parte do contágio negativo vindo de fora graças à maneira firme e segura com a qual o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu ontem em evento em São Paulo as pilastras de sustentação de sua política econômica e a sua visão positiva para 2016. (Pág. 20)

Ponto Final
Octávio Costa

O ESCORREGÃO DE LEVY

Em evento promovido pelo vice-presidente Michel Temer, a cúpula do PMDB jantou ontem com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. O objetivo foi deixar claro o apoio às medidas de ajuste fiscal. Ao contrário do PT, o PMDB, com Temer à frente, não tem dúvidas sobre a necessidade de apertar o cinto para repor a economia nos eixos, mesmo a custa de medidas impopulares. (Pág. 32)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Caminhoneiros travam rodovias em sete estados
Protesto contra aumento de custos e queda do frete já afeta abastecimento de combustíveis e alimentos no Sul

Caminhoneiros paralisaram trechos de rodovias em sete Estados em protesto contra o aumento do custo e a queda no preço dos fretes. Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais tiveram estradas bloqueadas, prejudicando empresas e moradores. Grandes produtores de aves e suínos, como BRF e Aurora, interromperam a produção em dois Estados. Moradores já sentem os efeitos da greve. No Paraná, a falta de combustível impede a circulação de ônibus escolar e de caminhões de limpeza urbana. Em Santa Catarina, faltam frutas e legumes. As principais queixas dos grevistas são a alta do diesel e do pedágio. Além disso, os preços dos produtos agrícolas estão em queda e dificultam negociações para elevar o valor do frete. (Mercado B1)

VINICIUS TORRES FREIRE

Em outros tempos, os caminhoneiros já quase pararam o país, que ora anda congestionado por maus humores. (B4)

Collor levou R$ 3 mi em propina, afirma delator
Em delação premiada, o doleiro Alberto Youssef afirmou que o ex-presidente Fernando Collor recebeu propina de R$ 3 milhões em negócio da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. A intermediação, diz Youssef, foi de um amigo do hoje senador pelo PTB-AL. Collor não se pronunciou. (Poder a4)

Painel

Procurador-geral da República decide arquivar investigação contra ex-presidente da Câmara. (A4)

Presidente do DEM nega ter pedido dinheiro a empresário (Poder A7)

Bacias do Cantareira têm média menor de cobertura florestal
Com 26,9% de matas nativas, as principais represas do sistema Cantareira, Jaguari e Jacareí, têm a menor taxa de cobertura florestal em suas bacias de captação. A média da região é de 34%. Iniciativas ambientais da Sabesp não chegam a 10% do total de árvores necessárias (35 milhões) para garantir a infiltração da água até os lençóis freáticos. (Cotidiano C1)
Grupo invade sede de partido oposicionista na Venezuela
Um grupo de 30 pessoas invadiu em Caracas uma sede do Copei, partido de oposição ao presidente Nicolás Maduro. Segundo líder da sigla, a ação foi apoiada por forças chavistas, que também entraram ontem (23) no local e apreenderam papéis. O Copei aderiu a apelo por transição no país assinado por Antonio Ledezma, prefeito preso sob a acusação de conspiração. (Mundo A9)
Governo reabre inscrições no Fies com novas normas (Cotidiano C5)

Clóvis Rossi
Se há golpe no país de Chávez, ele é do governo (Mundo A10)
Editoriais
Leia “Pacote grego”, acerca de prorrogação de programa de socorro à Grécia, e “Pergunte mais a ela”, a respeito de sexismo na indústria cinematográfica. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016