Atualidades 21 de novembro de 2016






O Globo
Manchete : Esquema de Cabral teve propina paga no exterior
Os investigadores da Lava-Jato acreditam que mais provas e novos personagens surgirão das delações. (Pág.3)
Força Nacional para Cidade de Deus
BB vai fechar 402 agências
Garotinho é operado e recebe stent. (Pág. 3)
Avaliação ética de Geddel deve ser rápida
Sarkozy perde prévia e fica fora da eleição francesa
Por repudiar o Acordo de Paris, Trump ameaça a humanidade. (Segundo Caderno)
Os vários modelos de ensino médio pelo mundo. (Pág. 25)
Promessas de Crivella vão custar R$ 8,6 bi
Projetos podem elevar gastos com funcionários
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete : Banco do Brasil quer aposentar 18 mil e fechar 402 agências
MPF deve denunciar cartel de trens em SP
Prédio de Geddel na BA tem pedido de embargo
7 são mortos na Cidade de Deus após queda de aeronave da PM
Maioria em comissão apoia punição a juízes (Política A8)
Europa barra dez brasileiros por dia (Metrópole A12)
Supersalários - É hora de o interesse público, enfim, se sobrepor aos interesses corporativos (A3)
Sinal fechado (A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Banco do Brasil anuncia o fim de 14% das agências
Temer tentou esvaziar órgão que autoriza construções
0 escorpião ferroa mesmo quando o tempo pede recato
Disputas vão ser entre a direita e a extrema direita

Ex-governador do Rio negociou venda de empresa suspeita. (Poder A5)
Congelar tarifa é a medida de maior impacto social. (Cotidiano B2)
Distribuidor não repassa preço menor aos postos
“Socorro irresponsável”, acerca de auxílio do governo federal aos Estados, e “Desigualdade perene”, a respeito de pesquisa sobre escolaridade e renda. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

21 de novembro de 2016
O Globo

Manchete : Esquema de Cabral teve propina paga no exterior
Delação da Odebrecht vai revelar depósitos constantes

Novo conjunto de colaborações na Lava-Jato deverá ampliar as provas e comprometer mais envolvidos

As delações de dois ex-executivos da Odebrecht, Benedicto Júnior e Leandro Andrade Azevedo, vão revelar as contas internacionais do esquema de corrupção que seria comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral, revela Chico Otávio. A Odebrecht participou de grandes obras do governo fluminense, como a reforma do Maracanã e a construção do Arco Metropolitano.

Os investigadores da Lava-Jato acreditam que mais provas e novos personagens surgirão das delações. (Pág.3)
Força Nacional para Cidade de Deus
União coloca 500 homens à disposição um dia após morte de PMs em queda de helicóptero

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse que a tropa da Força Nacional no estado, que conta com cerca de 500 homens, poderá ajudar nas operações policiais na Cidade de Deus, que está ocupada por tempo indeterminado. Ontem, sete corpos foram achados em uma região de mata da favela. Com honras militares, o velório de três dos quatro PMs mortos na queda do helicóptero, no sábado, comoveu parentes e policiais numa cerimônia com honras militares, no Batalhão de Choque, no Centro. O quarto policial foi sepultado em Resende.

Perícia preliminar não constatou marcas de tiros nos destroços da aeronave que pode ter caído por uma pane mecânica ou ter sido alvejada por traficantes em guerra com grupo de milícia em Jacarepaguá. (Págs. 8 a 12)
BB vai fechar 402 agências
O Banco do Brasil anunciou que quer dispensar 18 mil funcionários, por meio de um plano de aposentadoria incentivada. Demissões por PDV já são mais de 21 mil nas estatais federais nos últimos dois anos. (Pág. 17)
Garotinho é operado e recebe stent. (Pág. 3)

Avaliação ética de Geddel deve ser rápida
Presidente de comissão diz que casos rumorosos pedem decisões rápidas. Geddel é acusado de usar cargo em benefício próprio. (Pág. 4)
Sarkozy perde prévia e fica fora da eleição francesa
O ex-presidente Nicolas Sarkozy foi derrotado por François Fillon e por Alain Juppé, no 1° turno das primárias da direita. (Pág. 23)
José Eduardo Agualusa
Por repudiar o Acordo de Paris, Trump ameaça a humanidade. (Segundo Caderno)
Antonio Gois
Os vários modelos de ensino médio pelo mundo. (Pág. 25)
Promessas de Crivella vão custar R$ 8,6 bi
Projetos podem elevar gastos com funcionários

Levantamento do GLOBO mostra que as promessas de campanha do prefeito eleito Marcelo Crivella vão representar um gasto extra de R$ 8,6 bilhões para o município até 2020. Desse total, R$ 4,9 bilhões seriam para obras de infraestrutura, o que implicaria em novos custos com funcionários e manutenção, informa Luiz Ernesto Magalhães. Pág. 8)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete : Banco do Brasil quer aposentar 18 mil e fechar 402 agências
Plano de reestruturação ainda prevê redução de jornada de 6 mil funcionários

O Banco do Brasil anuncia hoje um programa de reestruturação que fechará 402 agências pelo País ao longo do próximo ano, transformará outras 379 em postos de atendimento (com menos funcionários e serviços) e oferecerá um plano de aposentadoria incentivada para até 18 mil funcionários – de um total de 109.159. O plano é economizar R$ 750 milhões por ano. Atualmente, o BB tem 5.430 agências e 1.791 postos de atendimento. O banco promete não fechar agência em município onde atua sozinho. Em comunicado ontem ao mercado, informou que reverá a estrutura organizacional em todos os níveis e fechará 28 superintendências regionais de varejo e três de governo, de um total de 140. Aos funcionários, o banco oferecerá um plano de incentivos que dará a quem se aposentar 12 salários, mais indenização pelo tempo de serviço. Além disso, o maior banco do País também tem a expectativa de que 6 mil funcionários troquem a jornada de oito para a de seis horas. Ao aderir, o empregado tem o tempo diário de trabalho reduzido em 25% e o salário, em 16,25%. (Economia B1)
MPF deve denunciar cartel de trens em SP
Dois anos após a Polícia Federal concluir inquérito sobre atuação de cartel em contratos do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o Ministério Público Federal informou que encerrará o caso até o fim do ano e, segundo o Estado apurou com fontes próximas à investigação, deve apresentar denúncia à Justiça. Concluído em 4 de dezembro de 2014, o inquérito indiciou 33 pessoas – nenhum político – por corrupção, formação de cartel, lavagem de dinheiro e evasão de divisas durante os governos tucanos de Mario Covas, Geraldo Alckmin e José Serra. (Política A4)
Prédio de Geddel na BA tem pedido de embargo
O empreendimento na Bahia que virou pivô da divergência entre o ministro Geddel Vieira Lima (Governo) e o ex-ministro Marcelo Calero (Cultura) é alvo de pedido de suspensão. No dia 10, o Ministério Público Federal recomendou imediata interrupção da obra e da venda de apartamentos. Calero acusa Geddel de pressioná-lo por autorização do Iphan. (Política A8)

Vera Magalhães

No Brasil pós-Lava Jato, vai-se mostrando impossível conviver com tráfico de influência explícito como o praticado por Geddel. (A6)
7 são mortos na Cidade de Deus após queda de aeronave da PM
Menos de 24 horas após quatro policiais morrerem na queda de um helicóptero da PM, sete moradores da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio, foram achados mortos. Famílias dizem que eram traficantes e foram executados depois de se renderem. Elas apontam PMs do Bope como autores dos homicídios. Ontem, o dia foi de tensão na comunidade, que tem uma Unidade de Polícia Pacificadora desde 2009, mas voltou a ser palco de confrontos entre traficantes, milicianos e policiais e foi ocupada por tempo indeterminado. (Metrópole A12 e A13)
Maioria em comissão apoia punição a juízes (Política A8)

Europa barra dez brasileiros por dia (Metrópole A12)

Notas&Informações
Supersalários - É hora de o interesse público, enfim, se sobrepor aos interesses corporativos (A3)

Sinal fechado (A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Banco do Brasil anuncia o fim de 14% das agências
Instituição pretende economizar R$ 750 mi com plano de reestruturação e também incentivará aposentadorias

0 Banco do Brasil anunciou uma reestruturação com a finalidade de equiparar sua estrutura à de concorrentes privados, como Bradesco, Itaú e Santander.0 plano inclui acabar com 402 das 5.430 agências no país. Outras 379 se tornarão postos de atendimento, gerando menos custos. Além disso, 31 superintendências regionais serão enxugadas e três diretorias, extintas.

Com a reformulação, o BB quer poupar R$ 750 milhões.O banco, hoje com 109 mil funcionários, pretende reduzir o quadro para menos de 100 mil. Para isso, um programa de incentivo à aposentadoria será aberto.

De acordo com o BB, a rede de atendimento será reorganizada para adequá-la “ao novo perfil e comportamento dos clientes” e a medida não vai comprometer a presença da instituição nos municípios em que atua. As mudanças ocorrerão ao longo de 2017. (Mercado A1)
Temer tentou esvaziar órgão que autoriza construções
0 presidente Michel Temer (PMDB) quis criar a Secretaria Nacional de Patrimônio Histórico, que tiraria do Iphan a responsabilidade pelo licenciamento de obras.

Comprador de imóvel em edifício em área de proteção histórica, o ministro Geddel Vieira Lima (Governo) planejava emplacar colega na nova secretaria, em caso que motivou a renúncia do ministro da Cultura. (Poder A4)
Vinícius Mota
0 escorpião ferroa mesmo quando o tempo pede recato

0 ministro Geddel Vieira Lima acha normal ter uma conversinha sobre imóvel de seu interesse, encrencado no patrimônio histórico, com 0 colega da Cultura. Os tempos sugerem recato aos poderosos, em nome da própria sobrevivência, mas ainda assim 0 escorpião ferroa. (Opinião A2)
Disputas vão ser entre a direita e a extrema direita
Entrevista da 2a : Fernando Haddad

Derrotado por João Doria (PSDB) ao tentar a reeleição, 0 prefeito de SP, Fernando Haddad, diz a Mônica Ber-gamo que a esquerda nunca viveu situação tão adversa no país. “A tendência é que direita e extrema direita sejam 0 polo das próximas disputas”, afirmou o petista, para quem a crise “severa” do PT determinou seu fracasso nas umas. (Pág. A14)
Ex-governador do Rio negociou venda de empresa suspeita. (Poder A5)

Leão Serva
Congelar tarifa é a medida de maior impacto social. (Cotidiano B2)
Distribuidor não repassa preço menor aos postos
Apesar de estarem pagando menos à Petrobras para comprar gasolina e diesel, após dois cortes nos preços promovidos pela estatal, as distribuidoras não têm repassado o ganho aos postos, segundo informações da ANP. Depois das reduções promovidas em 14 de outubro e em 8 de novembro, a Petrobras estimou uma queda de R$ 0,10 por litro nas bombas no caso da gasolina, que, entretanto, subiu R$ 0,02 desde 0 mês passado. (Mercado A17)
Editoriais
“Socorro irresponsável”, acerca de auxílio do governo federal aos Estados, e “Desigualdade perene”, a respeito de pesquisa sobre escolaridade e renda. (Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos