Atualidades 13 de março de 2017

FAÇA EXERCÍCIOS FÍSICOS
Além de cuidar do seu corpo e eliminar o sedentarismo, as atividades físicas proporcionam benefícios para sua saúde mental, contribuindo para a diminuição da ansiedade, depressão, melhorando a memória, qualidade do sono e de vida. Dessa maneira, você tem maior fluidez de raciocínio e de bons pensamentos.

O Globo
Manchete: Lista de Janot aumenta tensão no Planalto
Caixa 2, 3, 4 ou 5 é crime, sujeito aos rigores da lei. (Pág. 2)
Disputa judicial suspende repasses a credores da Delta
Regra muda, preço do bilhete, não
Secretário pede calma à população
BR-101 terá ‘bichoduto’
Servidor sem regra especial
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete : Disputa por aeroportos do País deve atrair novos grupos
Estabilidade política terá peso no julgamento de Dilma-Temer
‘Mínimo’ do cartão deve ficar mais alto
Foto-legenda : Eleitor, eu quero ser Doria
Alunos trocam faculdades públicas por particulares
Brasil quer acolher 3 mil refugiados sírios (Internacional a11)
Emílio Odebrecht depõe para Moro (Política a6)
Fóruns do Estadão - Reforma da Previdência
Coluna do Estadão - A Anatel prepara projeto para reduzir drasticamente o valor das multas devidas pelas empresas de telefonia (Política A4)
Revigorar os partidos - Partidos deveriam ser, de fato, agrupamentos de pessoas unidas em torno de princípios e ideais. (A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Temer eleva gastos em projetos da área militar
Tensão nos partidos cresce com 80 pedidos de inquérito
Atoleiro para caminhões em rodovia e atrasa venda da safra
Entrevistas da 2ª - Jair Bolsonaro
‘Imprensa e STF não falarão o que é limite para mim’

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), 61, atribui os 9% de intenções de voto para a Presidência, no Datafolha, à defesa da violência para combater a violência. Ele promete nomear militares em metade do seu ministério caso seja eleito em 2018 e diz que a imprensa e o Supremo não lhe dirão o que são limites: “Vão catar coquinho”. (Pág. A16)

Editoriais
Leia “Reduzir os juros”, sobre oportunidade aberta pela queda da inflação, e “Pouco estudo”, acerca de dados da avaliação do ensino superior no país.(Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------

13 de março de 2017
O Globo

Manchete: Lista de Janot aumenta tensão no Planalto
Aliados de Temer acreditam que até 400 políticos podem ser citados

Procurador-geral da República enviará hoje ou amanhã ao Supremo pedido de abertura de cerca de 80 inquéritos a partir da análise de depoimentos de 78 executivos da Odebrecht. Presidente não será investigado

A entrega da segunda lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, no âmbito das investigações da Lava-Jato, aumentou a tensão no Palácio do Planalto no fim de semana. Janot pedirá a abertura de cerca de 80 inquéritos, que atingem a cúpula do governo, o PMDB e aliados de peso no Congresso. A preocupação do presidente Michel Temer, segundo interlocutores, não é só a inclusão de ministros, mas o alcance das investigações, que podem atingir 400 políticos listados por 78 executivos da Odebrecht em delação premiada. Temer deverá ser mencionado, mas não será investigado, pois os episódios nos quais aparece são anteriores a seu mandato. (Págs. 3 e 4)

RICARDO NOBLAT

Caixa 2, 3, 4 ou 5 é crime, sujeito aos rigores da lei. (Pág. 2)
Disputa judicial suspende repasses a credores da Delta
Decisões divergentes, conta CHICO OTAVIO, levaram à suspensão do pagamento a credores da Delta, envolvida na Lava-Jato. (Pág. 5)
Regra muda, preço do bilhete, não
Alvo de questionamentos na Justiça, as novas regras de transporte de bagagem em voos devem entrar em vigor amanhã. Na estreia, apenas a Azul terá desconto para quem não despachar mala. A Gol promete reduzir tarifa em abril. A queda de preço era uma justificativa para a mudança. (Pág. 17)
Secretário pede calma à população
O secretário municipal de Saúde, Carlos Eduardo de Mattos, disse que a vacinação contra a febre amarela será feita durante o ano inteiro e que não há razão para correria. (Pág. 7)
BR-101 terá ‘bichoduto’
A BR-101 Norte ganhará um viaduto para travessia de animais em extinção. Obra inédita no país, ela será feita na altura da reserva de Poço das Antas. (Pág. 6)
Servidor sem regra especial
Reformas em vários países eliminaram diferenças entre setor público e privado na aposentadoria, diz estudo do Ipea. Só 4 membros da OCDE têm regra especial. (Pág. 21)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete : Disputa por aeroportos do País deve atrair novos grupos
Com as grandes empreiteiras em dificuldades, licitação deve atrair operadoras estrangeiras e fundos de investimento

O primeiro leilão de concessão da era Temer deve ser bem diferente das disputas verificadas nos governos Lula e Dilma Rousseff. Com as grandes construtoras enfrentando problemas na Lava Jato e sem a presença da Infraero, a licitação dos aeroportos de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) e Florianópolis (SC), quinta-feira, tende a ser protagonizada pelas companhias internacionais e fundos de investimentos. A lista de candidatos às concessões é ampla. Entre as operadoras estrangeiras de aeroportos estão as espanholas AviAlliance,Aena e OHL, a suíça Zurich, a argentina Corporación América, aalemã Fraport e a francesa Vinci. Do lado brasileiro estão fundos como Pátria e Vinci Partners, a empresa de infraestrutura CCR e algumas construtoras, como a CRAlmeida. De acordo com o edital, os quatro aeroportos vão exigir investimentos de R$ 6,61 bilhões. (Economia B4)
Estabilidade política terá peso no julgamento de Dilma-Temer
Os depoimentos de delatores da Odebrecht colhidos pelo TSE na ação contra a chapa Dilma-Temer ampliaram a gravidade do caso, na avaliação de ministros da corte. Nos bastidores, a maioria do tribunal, no entanto, discute que ainda é preciso considerar a estabilidade política do País no julgamento. O Estado ouviu cinco dos sete ministros do TSE. O posicionamento deles indica que, hoje, o mandato de Temer seria mantido. (Política A4)
‘Mínimo’ do cartão deve ficar mais alto
Com as novas regras para uso do cartão de crédito, o pagamento mínimo poderá incluir parte ou todo o saldo do rotativo. A medida entrará em vigor no dia 3 de abril. (Economia B12)
Foto-legenda : Eleitor, eu quero ser Doria
João Doria (PSDB) posa para foto com a vereadora Rute Costa (PSD) e o presidente da Assembleia Legislativa de SP, deputado Fernando Capez (PSDB) (de camiseta branca, atrás), em Parelheiros. A popularidade do prefeito de SP tem provocado um fenômeno novo entre políticos: para mostrar trabalho, todos querem colar sua imagem à de Doria e divulgar as imagens aos eleitores nas redes sociais. (Metrópole A13)
Alunos trocam faculdades públicas por particulares
Por medo de encontrar estruturas precárias, falta de professores e corte de recursos em projetos e programas educacionais, muitos estudantes aprovados em universidades públicas estão optando por instituições privadas. Esses alunos, que pertencem à classe média alta, preferem pagar para ter acesso ao ensino superior em faculdades particulares de ponta, com mensalidade de mais de R$ 3 mil. (Metrópole a12)
Brasil quer acolher 3 mil refugiados sírios (Internacional a11)

Emílio Odebrecht depõe para Moro (Política a6)

Fóruns do Estadão - Reforma da Previdência
As mudanças na Previdência nos termos propostos pelo governo foram defendidas com ênfase pelo ministro Henrique Meirelles (Fazenda) em mais um evento da série Fóruns Estadão. A importância de reformas foi reconhecida pelos de-batedores. Neste caderno, questões que envolvem o tema são abordadas por especialistas. (Caderno especial)
Coluna do Estadão
A Anatel prepara projeto para reduzir drasticamente o valor das multas devidas pelas empresas de telefonia (Política A4)
Cida Damasco
Cida Damasco

É preciso incentivar as concessões e esperar que a tempestade política não afaste investidores (Economia B6)
Notas&Informações
O verdadeiro legado de Lula - Lulopetismo deixou para o País a pior recessão econômica desde 1948, quando o PIB passou a ser calculado pelo IBGE, e uma rede de corrupção sem precedentes. (A3)

Revigorar os partidos - Partidos deveriam ser, de fato, agrupamentos de pessoas unidas em torno de princípios e ideais. (A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: Temer eleva gastos em projetos da área militar
Após corte, investimentos voltam a subir e passam dos R$ 9 bi em 2016

Depois de sofrerem corte severo em razão do ajuste orçamentário iniciado pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), os investimentos da área militar voltaram a ganhar impulso no governo Michel Temer (PMDB). Em 2015, essa modalidade de gasto caiu para R$ 6,7 bilhões, ante R$ 12,1 bilhões no ano anterior, em valores corrigidos pela inflação. Em 2016, os desembolsos elevaram- se em 36% e ultrapassaram os R$ 9 bilhões. Entre os principais programas, a Aeronáutica compra caças e encomenda cargueiro e avião-tanque à Embraer, a Marinha desenvolve submarinos, e o Exército troca a frota de blindados. A pasta da Defesa dispõe da segunda maior verba para investimentos no Executivo federal. Está atrás dos Transportes, onde as despesas também aumentaram no ano passado. Já a Educação, terceira colocada, manteve-se no patamar pós-corte. O ministro Raul Jungmann disse à Folha que as Forças ainda estão distantes do nível adequado de aquisição de equipamentos. Os recursos programados para este ano, de R$ 9,7 bilhões, estão sujeitos a cortes. Composto majoritariamente por encargos com pessoal, o gasto total da Defesa, equivalente a 1,4% do PIB, é modesto para padrões internacionais. (Poder A4)
Tensão nos partidos cresce com 80 pedidos de inquérito
O Supremo Tribunal Federal vai deliberar sobre cerca de 80 pedidos de inquérito para investigar políticos citados em delações de ex-dirigentes da Odebrecht. A lista, que inclui deputados, senadores e ministros do governo Michel Temer (PMDB), aumenta as tensões entre os partidos. Aliados ao Planalto, tucanos e peemedebistas buscam se diferenciar do PT, o mais atingido até agora pela Lava Jato. Avalia-se que a descrença geral nos políticos favorece o ex-presidente Lula. (Poder A10 e Painel)

Segundo delator, consultor da CUT ajudou a Odebrecht a obter investimentos do FI-FGTS. (Poder A7)
Atoleiro para caminhões em rodovia e atrasa venda da safra
A rodovia BR-163, que liga Mato Grosso a terminais portuários no Pará, ainda tem 189 km não asfaltados e custará mais de R$ 2 bilhões, informa Dimmi Amora. No caminho para Miritituba (PA), atoleiros pararam quase 5.000 caminhões por 20 dias, deixando cidades sem comida e água. Empresas evitam a rota e 11 navios já deixaram de embarcar soja no porto, provocando perdas milionárias. (Mercado A17)
Entrevistas da 2ª - Jair Bolsonaro
‘Imprensa e STF não falarão o que é limite para mim’

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), 61, atribui os 9% de intenções de voto para a Presidência, no Datafolha, à defesa da violência para combater a violência. Ele promete nomear militares em metade do seu ministério caso seja eleito em 2018 e diz que a imprensa e o Supremo não lhe dirão o que são limites: “Vão catar coquinho”. (Pág. A16)
Editoriais
Leia “Reduzir os juros”, sobre oportunidade aberta pela queda da inflação, e “Pouco estudo”, acerca de dados da avaliação do ensino superior no país.(Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016