Atualidades 27 de maio de 2017

A vida é a nossa maior riqueza


O Globo
Manchete : Janot diz que Temer já fez confissão ao admitir diálogo
Maria Silvia deixa BNDES, e governo escolhe nome próximo a empresários
Em apartamento de Aécio no Rio, PF encontra papel com registro ‘CX 2’ (Pág.7)
Míriam Leitão - Maria Silvia ficou em fogo cruzado. 
Merval Pereira - Nada indica mudança de rumo no BNDES.
Jorge Bastos Moreno - Judiciário faz levante brando contra Legislativo.
Zuenir Ventura - A escassez de ética na política é recorrente.
Alan Gripp - Pilares fundamentais da Lava-Jato em risco.
Arnaldo Bloch - No Brasil, o poder a serviço do dinheiro.
Ana Maria Machado - Estamos estarrecidos com tanta desfaçatez.
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete : Economia pode perder até R$ 170 bi com a crise política
Maria Silvia sai e Paulo Rabello de Castro vai chefiar BNDES
Janot pede ao STF para ouvir o depoimento de Temer
Na Suíça, JBS e Transpetro
Saúde pode deter usuários de drogas
Congresso prepara acordão
João Domingos - Os partidos que formam o governo têm o compromisso de não agravar a crise. (Política / Pág. A6)
Adriana Fernandes - Caciques políticos já falam reservada-mente sobre a permanência de Meirelles na Fazenda. (Economia / Pág. B9)
NOTAS & INFORMAÇOES - A falácia das ‘diretas já'
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete : Janot fala em confissão de Temer e quer interrogá-lo
Maria Silvia deixa BNDES, e presidente do IBGE assume
PF diz que achou anotação ‘Cx 2’ em casa de Aécio
Joesley renuncia à presidência do conselho da JBS
Oscar Vilhena Vieira : Concertação, não acordão,é meio para sair da crise 
Governo federal prorroga vacinação contra a gripe (B6)
Editoriais - Leia “Hora de decidir”, sobre julgamento do TSE que pode cassar Temer, e “Freio à judicialização”, acerca de ações que pedem remédios ao SUS.

------------------------------------------------------------------------------------

27 de maio de 2017
O Globo

Manchete : Janot diz que Temer já fez confissão ao admitir diálogo
Presidente tenta tirar inquérito de Fachin
Gilmar Mendes propõe que acordo de delação dosdonos da JBS seja submetido ao plenário do STF

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao ministro Edson Fachin, do STF, autorização para que o presidente Temer seja interrogado no inquérito em que é investigado por corrupção, organização criminosa e obstrução à Justiça. Janot argumenta que, ao confirmar o diálogo gravado por Joesley Batista, dono da JBS, Temer fez confissão extrajudicial. Na gravação, Joesley conversa com o presidente sobre pagamento a Eduardo Cunha e cooptação de juízes e de um procurador. A defesa de Temer, por sua vez, pediu que o inquérito seja distribuído no STF, ou seja, saia das mãos de Fachin. O ministro Gilmar Mendes quer que o acordo de delação dos donos da JBS, já homologado por Fachin, seja submetido ao plenário do STF.

(Pág. 3 e 6)
Maria Silvia deixa BNDES, e governo escolhe nome próximo a empresários
A economista Maria Silvia Bastos Marques deixou ontem a presidência do BNDES após pressões de empresários, que se queixavam da política mais rigorosa de concessão de crédito sob sua gestão, e embates com o Planalto. As investigações da PF e do TCU sobre o apoio do BNDES ao grupo JBS nos governos Dilma e Lula também causaram desconforto, levando funcionários a cobrarem de Maria Silvia uma defesa mais enfática de operações que foram feitas antes do impeachment. Na conversa gravada pelo dono da JBS com o presidente Temer, Joesley reclama de ter recebido negativas do BNDES na gestão de Maria Silvia, que oficialmente saiu por motivos pessoais. O governo escolheu para o cargo Paulo Rabello de Castro, presidente do IBGE e amigo de Temer. A escolha foi elogiada por entidades empresariais.

(Pág. 21 a 23)
Em apartamento de Aécio no Rio, PF encontra papel com registro ‘CX 2’ (Pág.7)

Míriam Leitão
Maria Silvia ficou em fogo cruzado.
(Pág. 22)
Merval Pereira
Nada indica mudança de rumo no BNDES.

(Pág. 4)
Jorge Bastos Moreno
Judiciário faz levante brando contra Legislativo.

(Pág. 3)
Zuenir Ventura
A escassez de ética na política é recorrente.

(Pág. 19)
Alan Gripp
Pilares fundamentais da Lava-Jato em risco.

(Pág. 3)
Arnaldo Bloch
No Brasil, o poder a serviço do dinheiro.

(Segundo Caderno)
Ana Maria Machado
Estamos estarrecidos com tanta desfaçatez.

(Pág. 18)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete : Economia pode perder até R$ 170 bi com a crise política
Agência de risco mudou perspectiva de rating brasileiro para negativa

Analistas já cortam as projeções de crescimento da economia para este e o próximo ano, depois da crise política desencadeada pela delação de executivos da JBS e a paralisação da reforma da Previdência no Congresso. Estimativas preliminares sinalizam perdas para a atividade econômica entre R$ 25 bilhões, em um cenário mais otimista, e R$ 170 bilhões, no mais pessimista, na comparação com o que era previsto antes das denúncias, informam Altamiro Silva Junior e Márcia De Chiara.

As agências de classificação de risco também já acenderam o alerta. Ontem, a Moody^s alterou a perspectiva de rating brasileiro de “estável” para “negativa”, em uma indicação de que aumentou a possibilidade de a nota do País ser rebaixada. A Standard & Poor’s já havia colocado o País em observação para possível rebaixamento. Analistas concordam que o tamanho do estrago vai depender da duração da turbulência em Brasília. (Economia / Pág. B5)
Maria Silvia sai e Paulo Rabello de Castro vai chefiar BNDES
A economista Maria Silvia Bastos Marques deixou ontem a presidência do BNDES alegando razões “pessoais”. O pedido de demissão foi entregue em Brasília ao presidente Michel Temer, que já indicou Paulo Rabello de Castro, do IBGE, para o cargo. Pressões de empresários desgastaram Maria Silvia. A tensão aumentou com as denúncias sobre a gestão anterior no banco e pedido de CPI no Senado. (Economia / Págs. B1 a B4)
Janot pede ao STF para ouvir o depoimento de Temer
O procurador-geral Rodrigo Janot pediu ao ministro Edson Fachin, do STF, para tomar o depoimento do presidente Michel Temer no inquérito por corrupção, obstrução e organização criminosa baseado na delação da JBS. Janot diz que Temer fez “confissão espontânea” em pronunciamentos. O Planalto rebateu: “Não houve confissão. O presidente apenas confirmou um fato que ocorreu, no qual não houve qualquer ilicitude ou ilegalidade”. (Política / Pág. A4)
Na Suíça, JBS e Transpetro
Investigação na Suíça mostra que a empresa de fachada usada pela JBS para camuflar recursos aparece também em transferências para a Transpetro. (Pág. A6)
Saúde pode deter usuários de drogas
A Justiça autorizou a detenção de dependentes químicos para avaliação médica. Na Praça Princesa Isabel, volume de pessoas dobrou ontem. metrópole (Pág. A18)
Congresso prepara acordão
Estão em curso tratativas de um acordão que visa a usar eventual eleição indireta para “anistiar” parte do mundo político e colocar o Congresso como contrapeso à Lava Jato e ao MPF. Na ponta final da maquinação, está o compromisso de alterar a Constituição para garantir foro privilegiado a ex-presidentes, o que beneficiaria Lula, Sarney, Collor, Dilma e, eventualmente, Temer. (Pág. A8)
João Domingos
Os partidos que formam o governo têm o compromisso de não agravar a crise. (Política / Pág. A6)
Adriana Fernandes
Caciques políticos já falam reservada-mente sobre a permanência de Meirelles na Fazenda. (Economia / Pág. B9)
NOTAS & INFORMAÇOES
A falácia das ‘diretas já'

Aproveitar-se da convulsão política no País para promover alterações constitucionais com vista a favorecer um grupo político viola escandalosamente a democracia. (Pág. A3)

A culpa do ‘sistema'

Ao procurador Dallagnol, pouco importa o tamanho do crime, já que todos são criminosos. (Pág. A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Janot fala em confissão de Temer e quer interrogá-lo
Ao STF procurador diz que presidente admitiu conversa sobre possível corrupção

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal pedido para interrogar o presidente Michel Temer. Para ele, o peemedebista fez “confissão” sobre o conteúdo de gravação feita por Joesley Batista. No documento, enviado ao ministro Edson Fachin, Janot cita trecho do pronunciamento de Temer no sábado (20). Na fala,o presidente comentou relato do empresário da JBS sobre estar “segurando” juízes e pagando informante na Lava Jato. “Devo dizer que não acreditei na narrativa do empresário de que teria segurado juízes etc. Ele é um conhecido falastrão”, disse. Para o procurador,o discurso é confissão de que Temer e Joesley dialogaram sobre possível corrupção. Ontem, a defesa do peemedebista pediu a separação de seu inquérito da apuração de fatos ligados ao senador afastado Aécio Neves (PSDB).Comisso,espera que a parte relativa a ele seja distribuída por sorteio entre os ministros do STF.

(Poder A4)
Doria precisará de aval de juiz para internar viciado à força
A Justiça autorizou, em decisão liminar,a gestão Doria (PSDB) a recolher usuários de drogas das ruas e levá- los para avaliação médica. Um juiz decidirá, caso a acaso,os pedidos de internação. A solicitação foi feita após ações da prefeitura e do governo estadual na cracolândia, no centro de São Paulo. O Ministério Público e a Defensoria Pública vão recorrer da decisão.

(Cotidiano B1)
Maria Silvia deixa BNDES, e presidente do IBGE assume
Indicada por Michel Temer,Maria Silvia Bastos Marques pediu demissão da presidência do BNDES ontem. Ela afirmou que deixa o cargo por razões pessoais. Temer escolheu para o posto o economista Paulo Rabello de Castro, que comandava o IBGE.A Folha apurou que a decisão desagradou ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

(Mercado A25)
PF diz que achou anotação ‘Cx 2’ em casa de Aécio
A Polícia Federal divulgou a apreensão de anotação “Cx 2” no apartamento de Aécio Neves (PSDB), no Rio. A defesa do senador afastado, investigado por corrupção,obstrução da Justiça e associação criminosa, criticou o anúncio “sem contextualização”.

(Poder A10) 
Joesley renuncia à presidência do conselho da JBS
A JBS informou que Joesley Batista renunciou à presidência do conselho de administração.A empresa também divulgou a saída do irmão dele, Wesley, da vice-presidência do colegiado. Em delação, os irmãos confessaram ter pago propina a políticos.

(Mercado A29)
Oscar Vilhena Vieira : Concertação, não acordão,é meio para sair da crise 
(Cotidiano B2)
Governo federal prorroga vacinação contra a gripe (B6)

Editoriais
Leia “Hora de decidir”, sobre julgamento do TSE que pode cassar Temer, e “Freio à judicialização”, acerca de ações que pedem remédios ao SUS.

(Opinião A2)
------------------------------------------------------------------------------------
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Plural de substantivos compostos

Atualidades - 15 de agosto de 2016